Goiás

Reforma administrativa na Câmara Municipal de Goiânia vai criar mais de 120 cargos comissionados

Já lida em Plenário, uma reforma administrativa proposta deve começar a tramitar na Câmara Municipal de Goiânia a partir da semana que entra.

Por Ton Paulo
08/02/2019, 12h14

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Romário Policarpo, foi eleito com discurso de ‘reforma na Casa’, e parece já estar seguindo por esse caminho. Já lida em Plenário, uma reforma administrativa proposta deve começar a tramitar na Câmara a partir da semana que entra. Um dos pontos que mais chama a atenção na reforma, é a criação de nada menos que 121 cargos comissionados, entre assessorias, diretorias e coordenadorias.

Conforme adiantado por um jornal local, somente no quadro de assessoramento superior, a matéria prevê 56 novas assessorias, das quais 28 são para comissões permanentes e diretorias e 8 coordenadorias. Além disso, devem ser criadas 35 assessorias para cada um dos vereadores, caso a matéria venha a ser aprovada.

Nas especificações consta que o cargo de assessor deve ser ocupado, preferencialmente, por alguém formado em direito, inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O que, na realidade, torna possível o acesso de qualquer pessoa à função.

De acordo com o presidente da Casa, a medida, inclusive, foi uma recomendação da OAB. “A recomendação da OAB, aliás, era pra criar 70 cargos de assessor jurídico”, ressalta.

O projeto cria também 9 chefias de Divisão e 13 chefias de Núcleo a serem ocupadas por servidores municipais e ainda abastece a Mesa Diretora com mais 61 novos cargos comissionados.

Reforma administrativa na Câmara Municipal de Goiânia terá impacto milionário com criação de cargos comissionados

Ainda segundo informações adiantadas pelo jornal local, levando em conta o pagamento de 13 salários por ano dos novos cargos, o impacto calculado será de R$ 5,45 milhões, na ordem de 3,46%. De acordo com Policarpo em entrevista, não haverá aumento para a Prefeitura. Segundo ele, o dinheiro já ira para a Câmara (que recebe o duodécimo). Ele conta ainda que, como serão feitos cortes em combustível e impressão por parte da Câmara, o valor deve cair um pouco.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Jovem vai à polícia pedir para assumir pontos da CNH do padrasto e é preso, em Rio Verde

O rapaz ficou surpreso ao descobrir que o ato que ele tentava praticar era crime. Policiais custaram a acreditar no que o rapaz pedia.

Por Ton Paulo
08/02/2019, 13h31

Um caso inusitado chamou a atenção dos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) lotados no posto policial de Rio Verde, sudoeste de Goiás, na manhã desta sexta-feira (8/2). Um jovem de 25 anos acabou preso após procurar a unidade operacional da PRF e tentar transferir a pontuação das infrações de trânsito de seu padrasto para a sua própria Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Segundo um inspetor da PRF, o rapaz chegou a alegar que seu padrasto “já tinha muitos pontos na carteira e ia acabar perdendo o documento”.

Conforme contou o Inspetor Newton Morais, da PRF, o rapaz foi até o posto policial com o formulário de identificação de condutor preenchido com as informações pessoais dele, solicitando que o Órgão o identificasse como sendo o motorista que cometeu a infração de excesso de velocidade, que gerou quatro pontos.

Entretanto, em conversa com o policial, o jovem afirmou que quem cometeu a infração foi, de fato, o padrasto, mas que assumiria a pontuação em função do padrasto já estar no limite, não podendo receber mais nenhum ponto na CNH senão ela seria suspensa. “Ele chegou no policial e disse que queria passar os pontos do padrasto para ele, porque o homem já estava com muitos pontos na carteira e já estava quase perdendo ela”, conta o inspetor.

O jovem, aparentemente, não sabia que seu ato era ilegal, mas ficou sabendo da pior – e mais educativa – maneira possível.

Diante da afirmativa do rapaz, o agente da PRF o informou que ele estava cometendo um crime, inserindo dados falsos em um documento público. Ele foi preso e encaminhado à delegacia de Polícia Federal em Jataí, onde deverá responder pelo crime do artigo 299 do Código Penal, com pena de 1 a 5 anos de reclusão.

Assumir pontos da CNH de outrem constitui-se crime

Conforme o artigo 299 do Código Penal, o ato cometido pelo rapaz, aparentemente na inocência, é crime passível 5 anos de reclusão.

“Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante:

Pena – reclusão, de um a cinco anos, e multa, se o documento é público, e reclusão de um a três anos, e multa, de quinhentos mil réis a cinco contos de réis, se o documento é particular.”

Veja o momento em que o rapaz é preso no posto policial de Rio Verde

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Incêndio destrói depósito no Cais do Jardim Guanabara, em Goiânia

Apesar do incêndio, a estrutura da unidade e os atendimentos não foram prejudicados.
08/02/2019, 13h55

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) foi chamado na noite da última quinta-feira (7/2) para controlar um incêndio em um depósito do Cais do Jardim Guanabara, em Goiânia.

Conforme as informações da corporação, o fogo começou em uma sala onde a unidade de saúde guarda móveis velhos e outros entulhos. Os Bombeiros foram chamados por volta das 21h54 e três viaturas trabalharam para apagar as chamas.

O CBMGO afirmou que para controlar o fogo, os brigadistas abriram o telhado da sala e entraram para apagar as chamas. Foram gastos durante a operação 10.000 litros de água e 11 bombeiros trabalharam para evitar que o incêndio se alastrasse para outras áreas da unidade.

Segundo a corporação, não há registros de feridos durante o incêndio que atingiu o Cais do Jardim Guanabara.

Incêndio começou na sala do arquivo morto do Cais do Jardim Guanabara

Portal Dia Online entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) em busca de um posicionamento sobre o incêndio no depósito da unidade de Saúde. Por meio de nota enviada à reportagem, a SMS afirmou que o incêndio aconteceu na sala de arquivo morto da unidade e não houve vítimas.

Apesar do incêndio, os atendimentos no Cais e a estrutura interna da unidade não foram afetados. A SMS informou também que técnicos e peritos vão avaliar as condições da sala para determinar o que causou o incêndio, e que os atendimentos aos pacientes são feitos normalmente nesta sexta-feira (8/2).

Veja o vídeo do momento que os bombeiros combatem o incêndio:

Confira a nota

“A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia informa que o incêndio no Cais Jardim Guanabara aconteceu na noite de quinta-feira, 07, por volta das 21 horas, na sala de arquivo morto da unidade. Informa ainda que minutos após o ocorrido, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estiveram no local e foi registrado um Boletim de Ocorrência (B.O).

A SMS esclarece que a sala de arquivo morto fica na parte externa do Cais, portanto, o atendimento aos pacientes e a estrutura interna não foram afetados e, não há vítimas. O trabalho de rescaldo está sendo realizado pelos bombeiros, e em seguida,  técnicos e peritos vão avaliar as condições da sala para tentar determinar a causa do incêndio.O atendimento no Cais Jardim Guanabara é realizado normalmente nesta sexta-feira.”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Fim de semana em Goiânia tem Thiaguinho e Vintage Culture

O fim de semana em Goiânia tem atrações para todos os gostos!
08/02/2019, 14h05

Depois de contar os dias, finalmente chegou o fim de semana em Goiânia! E se você não quer ficar parado entre os dias 08 a 10 de fevereiro, já pode dar uma conferida na agenda da capital e ficar por dentro dos principais eventos que vão rolar!

Para quem curte um bom rock, o Bolshoi leva ao palco a grande banda Venosa, para o segundo show do ano na casa. Também vão rolar peças teatrais e uma feirinha, mas sem dúvida, os destaques são os shows do cantor Thiaguinho e do DJ Vintage Culture! Confira abaixo os detalhes!

O que fazer neste fim de semana em Goiânia?

1 – Ir ao show da band Venosa, no Bolshoi Pub

fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

Se seu fim de semana em Goiânia começa hoje, se liga nessa! O segundo show de 2019 nos palcos do Bolshoi Pub será comandado por ninguém menos que a banda Venosa, que retorna à casa para deixar a noite dos rockeiros da cidade ainda mais agitada! O show está previsto para acontecer hoje (sexta-feira), a partir das 00h.

É o momento perfeito para curtir o que há de melhor do pop rock e do rock nacional e internacional. O melhor é que ainda vai rolar um esquenta com o DJ Lincoln Turini!

Para conferir detalhes e garantir seu ingresso, acesse o evento em nossa agenda cultural!

2 – Ir ao espetáculo João e Maria, no Teatro Sesc Centro

fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

Pensada para o público infantil, a peça começa nos dias atuais. João e Maria adoram brincar, mas um dia, desobedecendo sua mãe, resolvem brincar no porão de sua casa. Quando eles abrem o baú de velharias, a aventura começa. Agora, no mundo da imaginação, eles vão viver uma aventura emocionante, divertida e educativa que vai encantar a todos. Vale a pena levar seu pequeno para assistir!

A apresentação acontecerá amanhã (9/02) em duas sessões, uma às 15h e outra às 17h. Os ingressos variam de R$ 5 a R$ 14. Para comprar o que corresponde a sessão das 15h, clique aqui. Para o das 17h, aqui.

3 – Ir até a Feira e-cêntrica 2019, na Vila Cultural Cora Coralina

fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

O fim de semana em Goiânia também oferece uma boa opção para contemplar a cultura! Em sua segunda edição ampliada, a Feira e-cêntrica reúne em Goiânia 76 publicadores de GO, DF, MG, SP, RJ, SC e RS: autores e autoras, coletivos criativos, pequenas editoras, artistas gráficos com seus livros especiais, HQs, zines, artes gráficas em suportes diversos.

Com o apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultural, a Nega Lilu Editora e a Casa da Cultura Digital propõem uma programação gratuita de alta qualidade integrada ao evento Leitura & Resistência. O evento acontece na Vila Cultura Cora Coralina neste sábado e domingo, a partir das 10h.

4 – Ir ao show do Vintage Culture, no Music Park

fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

Estamos prestes a receber o DJ Vintage Culture em Goiânia! Um dos mais reconhecidos DJs do Brasil, tem previsão para desembarcar na capital no dia 9 de fevereiro (sábado), se apresentando pelo projeto In|Concert. O show terá início às 22 horas e será realizado no Music Park, entre o Passeio das Águas e o Atacadão.

O público poderá esperar por uma noite cheia de energia, com os maiores hits do DJ, que certamente não deixarão ninguém ficar parado. Os ingressos já estão a venda nas plataformas Bilheteria Digital e Meu Bilhete.

Para conferir detalhes e garantir seu ingresso, acesse o evento em nossa agenda cultural!

5 – Ir ao show do Thiaguinho no evento “Tardezinha”

fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

Preparado para curtir o fim de semana em Goiânia com muito pagode? Pois então, amigos,Thiaguinho em Goiânia já é algo real! O cantor já tem data marcada para nova apresentação na cidade e se você é fã, não pode perder a Tardezinha mais famosa de todo o Brasil, em uma edição especial de verão.

O evento está previsto para acontecer no dia 10 de fevereiro (domingo), a partir das 15 horas, trazendo um pouquinho do famoso fim de tarde carioca para nossa tão querida capital goiana. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site “Meu Bilhete”.

Para conferir detalhes e garantir seu ingresso, acesse o evento em nossa agenda cultural!

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Vídeo mostra o momento que jovem é executado, em Anápolis

Leonardo foi deixar a namorada em casa quando foi executado pelos suspeitos.
08/02/2019, 15h08

O jovem Leonardo Neves Rodrigues de Andrade, de 20 anos, foi executado na madrugada desta sexta-feira (8/2), no Bairro Jundiaí, um bairro nobre de Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia, enquanto deixava a namorada em casa.

O delegado Vander Coelho, titular do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis confirmou o caso ao Portal Dia Online. “Ele foi deixar a namorada em casa em um condomínio, quando foi abordado por dois suspeitos em um carro que desceram do veículo e atiraram contra a vítima”, conta o delegado.

Vander Coelho afirmou que no momento do crime, Leonardo estava acompanhado da namorada, que fugiu do local e não foi alvejada pelos suspeitos.

Conforme o titular do GIH, existe uma suspeita de quem seriam os autores do crime e uma linha de investigação definida pela polícia. O delegado alegou também que não poderia dar mais detalhes sobre o caso para não atrapalhar as investigações.

O delegado informou que Leonardo tinha uma passagem por tráfico de drogas e outras abordagens feitas pela polícia. O caso é investigado pelo GIH de Anápolis.

Veja o vídeo que mostra o momento que o jovem é executado

Circula na internet um vídeo da execução de Leonardo na madrugada desta sexta-feira. As imagens mostram o rapaz em uma moto junto com a namorada na porta do condomínio. Em seguida um carro do modelo Fiat/Siena se aproxima do casal. Os suspeitos param o veículo na rua e dois homens armados descem e começam a atirar contra o jovem.

A namorada corre para não ser baleada pelos suspeitos, enquanto Leonardo, por sua vez, tenta fugir dos tiros e corre por alguns metros. As imagens mostram o momento que o jovem cai na calçada e mesmo no chão os dois indivíduos continuam atirando e depois fogem do local do crime.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.