Goiás

Casal de idosos morre carbonizado na GO-330, em Petrolina de Goiás

O casal de idosos voltava da igreja quando colidiu com o caminhão.
10/02/2019, 17h23

Uma colisão entre um carro de passeio e um caminhão na tarde do último sábado (9/2) na GO-330, no trecho entre Petrolina de Goiás e Outro Verde, terminou com a morte de um casal de idosos.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) atendeu a ocorrência e identificou as vítimas como Valdomiro de Sousa Silva, de 68 anos, Maria de Fátima Evarista da Silva, que não teve a idade divulgada.

Conforme as informações da PM, o casal estava em um fusca e voltava da igreja no sentido Petrolina a Ouro Verde. No quilômetro 10 da rodovia, o casal tentou entrar no Distrito de Venianópolis, e um caminhão que trafegava pelo sentido oposto atingiu o carro do casal.

Casal de idosos ficou preso às ferragens

A polícia afirmou que após a colisão, o motorista do caminhão informou aos policiais que o veículo com o Valdomiro e Maria de Fátima rodou na pista, capotou e voltou para o centro da rodovia.

Conforme o relato do caminhoneiro aos policiais, após parar novamente no centro da via, o carro no qual os idosos estavam pegou fogo, e por estar presos às ferragens eles não conseguiram deixar o veículo e morreram carbonizados.

Conforme as informações da polícia, o motorista do caminhão teve apenas ferimentos leves durante o acidente. O veículo conduzido por ele e o carro carbonizado foram levado para perícia.

Corpo carbonizado é encontrado dentro de carro na BR-153, em Morrinhos

Na noite do dia 24 de janeiro de 2019, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi chamada para atender uma ocorrência de acidente com saída de pista na BR-153, em Morrinhos.

Conforme as informações da PRF, o veículo do modelo VW/Gol de cor Branca, foi encontrado fora da via e em chamas. Os agentes da PRF, conseguiram retirar a placa do carro e identificar que o veículo era de Morrinhos e viajava no sentido a Goiatuba.

Dentro do carro a polícia encontrou um corpo carbonizado, que ao ser removido do veículo os policiais constataram ser um homem. O cadáver foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para fazer o exame cadavérico e identificar a vítima.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Confira as principais atrações da Campus Party Brasil 12

Ela espera atrair, em cinco dias de duração, mais de 120 mil visitantes e cerca de 8 mil acampados.
10/02/2019, 17h48

A Campus Party Brasil 12, tradicional feira que reúne atrações de tecnologia, games e música, começa no dia 12 de fevereiro, na Expo Center Norte, em São Paulo. Dividida em duas áreas – a Arena, setor destino ao público pagante e ao acampamento de participantes – e a Open Campus – aberta ao público em geral -, ela espera atrair, em cinco dias de duração, mais de 120 mil visitantes e cerca de 8 mil acampados. Serão mil horas de programação e mais de 900 palestras.

Conheça as atrações nas diferentes áreas:

Arena Campus

Campus Job – A área, que estreia na Campus, será destinada para palestras que tenham como objetivo a orientação de carreira, não só para quem deseja empreender, mas também para quem deseja fazer carreira em empresas do setor de inovação.

CyberSecurity e GDPR (Global Data Protection) – O espaço, que funcionará no dia 13, abordará, principalmente, temas relacionados à segurança de dados para as empresas.

Include – Palestra que vai abordar os resultados e os próximos passos do projeto promovido pelo Instituto Campus Party na criação e montagem de laboratórios de robóticas em comunidades carentes.

RobotiCampus – Parceria com o Centro Paula Souza (autarquia do Governo do Estado de São Paulo que administra 223 Escolas Técnicas (Etecs) e 72 Faculdades de Tecnologia (Fatecs)) com um espaço dedicado à robótica com modalidades de competição, workshops e mostra de projetos tecnológicos e científicos. É nesse espaço que acontecerá a batalha de robôs.

Open Campus

Campus Music – Uma verdadeira maratona de bandas amadoras com curadoria da Campus Party e da HabroMusic, distribuidora de instrumentos e acessórios musicais, além de palestras com foco no tema.

Simuladores – Sucesso garantido todos os anos, a área terá como destaque o simulador “MotionSphere”, que gera sensações de acelerações, frenagens, curvas e impactos de até 7G.

eSports – A feira realizará a primeira estapa de sua liga amadora com os jogos ‘DOTA2’ e ‘Counter-Strike: Global Offensive’. O vencedor será classificado para disputar a final mundial na Campus Party Estados Unidos.

Arena de Drones – Além de palestras e e workshops, haverá mais uma etapa do campeonato brasileiro com pilotos profissionais e a esperada batalha de drones.

Campus Future – Os curadores da feira selecionaram 41 projetos acadêmicos que foram inscritos por universitários brasileiros. Em um mostra, os visitantes terão a oportunidade de conhecer e interagir com essas “invenções”.

Espaço Fazedores – Espaço destinado à cultura maker com equipamentos eletrônicos, interação com ferramentas e plataformas de prototipação, workshops e área para livre prototipação.

Serviço: Campus Party Brasil 12 – Expo Center Norte. R. José Bernardo Pinto, 333,V. Guilherme, 2224-5959. Arena e Camping: 3ª (12), 12h, até 17/2, 2h. 24h. R$ 350/R$ 430. Open Campus: 4ª (13) a 15/2, 10h/20h; 16/2, 10h/16h. Grátis. Inf: brasil.campus-party.org

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Incêndio em ônibus escolares e ambulância de Aragarças foi motivado por 'vingança'

Cinco suspeitos foram presos na tarde de domingo (10/2).
11/02/2019, 07h58

Cinco pessoas, que se dizem integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV), foram presas na tarde deste domingo (10/2) suspeitas de incendiar sete ônibus escolares, uma ambulância e uma viatura do Instituto Médico Legal (IML), em Aragarças. Os veículos estavam estacionados no pátio da Secretaria de Obras da cidade.

O incêndio criminoso foi motivado por vingança, em represália à morte de um homem identificado como Jefinho em um confronto com a Polícia Militar, em Bom Jardim de Goiás. As prisões foram realizadas pelas Polícias Militar e Civil de Goiás, juntamente com o Grupo Patrulhamento Tático (GPT) e a PM de Mato Grosso.

Os envolvidos, que não tiveram os nomes divulgados, têm idades entre 18 e 29 anos. Após a prisão, eles disseram aos policiais que o incêndio em veículos públicos foi em ‘protesto’ à morte de Jeferson Alves Martins, conhecido como Jefinho, de 25 anos. O homem era suspeito de roubar gado nas fazendas da região.

Incêndio criminoso em ônibus escolares de Aragarças

Segundo a Prefeitura da cidade, um dos vigilantes que fazia a guarda percebeu o momento em que o fogo começou no “rabecão” do IML e logo se alastrou pelos outros veículos. O Corpo de Bombeiros de Barra do Garças/MT, cidade vizinha, foi acionado para atender o caso.

“Ao chegarmos ao local e nos dirigirmos na direção dos veículos observamos que o local já estava tomando pelo fogo e que as chamas se espalharam rapidamente por isso, realizamos apenas o rescaldo, infelizmente, não tivemos como evitar o pior”, explicou o Sargento Vinicius.

Ainda de acordo com a gestão municipal de Aragarças, a frota escolar da cidade é composta por nove veículos, sendo que sete deles foram incendiados. “É muito triste, bem no começo do ano levito a gente ver virar cinzas sete ônibus escolares, alguns praticamente zero quilometro e outros bem conservados, mais o rabecão do IML e uma das ambulâncias que servia para transporte de pacientes até Goiânia”, declarou o prefeito José Elias.

As aulas foram suspensas nesta segunda e terça-feira (11 e 12/2). Ainda de acordo com o prefeito da cidade, uma perícia no local foi recomendada pela equipe do Corpo de Bombeiro e deve ser feita pela Policia Civil para investigar as causas do incêndio. Uma equipe de peritos de Goiânia deve seguir ainda na manhã de hoje para Aragarças. Apesar do estrago, ninguém ficou ferido.

Imagens: Araguaia Notícia 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Homem invade festa e atira em mulher grávida de 8 meses, em chácara de Anápolis

A grávida foi levada para o hospital da região, enquanto outra vítima, um homem, não resistiu aos ferimentos por bala e morreu no local.

Por Ton Paulo
11/02/2019, 08h33

Um tiroteio ocorrido na madrugada do último domingo (10/2) resultou em uma mulher grávida de 8 meses gravemente ferida e um óbito, em uma chácara de Anápolis. Um homem teria chegado ao local na madrugada, onde estava havendo uma festa, atirando contra as duas vítimas. A grávida foi levada para o hospital da região, enquanto o homem não resistiu aos ferimentos por bala e morreu no local.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o tiroteio foi registrado por volta das 1h20 de ontem numa festa na Chácara Batista, no Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA). Leandro Santos Brito, de 34 anos de idade, teria chegado ao local e disparado contra Adriano Vanderlei Machado e Glauciane Alves Madureira, grávida de 8 meses. Ainda conforme a PM, logo após ter cometido o crime Leandro fugiu em um carro prata.

Adriano, uma das vítimas, morreu ainda no local. Já Glauciane foi levada em estado grave para o Hospital de Urgências Dr. Henrique Santillo. A unidade informou a um veículo local que a paciente está bem clinicamente, com quadro estável, e não necessita de cirurgia, porém, não falou sobre a criança.

Ainda segundo a PM, a Companhia de Policiamento especializada encontrou o suspeito na BR-153, nas proximidades do Setor Lírios do Campo, próximo a um clube. Com ele também estavam Juliana de Fátima Alcântara e Jeniffer Alcântara da Silva. No carro deles, os policiais encontraram um revólver calibre 38 e seis munições escondidas próximo ao freio de mão. O homem confessou o crime, mas não revelou a motivação. F

Leandro falou ainda que as duas companheiras que estavam no veículo eram apenas amigas. Ele foi autuado em flagrante.

Homem ameaçou atirar na barriga de mulher grávida em Piracanjuba

Em agosto do ano passado, a Polícia Civil (PC) prendeu Ualisson de Assis Leite, de 20 anos, em Piracanjuba, na região sul de Goiás. De acordo com a polícia, ele era suspeito de ameaçar atirar na barriga de uma balconista grávida durante assalto a um bar na cidade há cerca de um mês. O delegado responsável pelas investigações, Leylton Barros, disse que o preso negou envolvimento no crime.

Conforme o delegado na época, a vítima do assalto estava grávida de cinco meses na época do crime. Em depoimento à Polícia Civil ela contou que o autor notou e apontou, durante todo o tempo do roubo, um revólver calibre 38 para a barriga dela.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

Obras em bueiro desmoronado deixa rua de Goiânia interditada por mais três dias

Atenção, moradores e motoristas!
11/02/2019, 09h44

A Rua MDV 35 no Setor Moinho dos Ventos, em Goiânia, deve ficar interditada por ao menos mais três dias devido as obras de reparo em um bueiro que desmoronou. O incidente foi causado pela forte chuva ocorrida na noite de sábado (9/2); o buraco que se abriu na via tem cerca de 10 m². A interdição f0i determinada pela Defesa Civil até que os reparos sejam concluídos pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra).

Ao Dia Online, o coordenador de Áreas de Risco da Defesa Civil, Cidicley Santana, informou que equipes da Seinfra já atuam no local na manhã desta segunda-feira (11/2). Primeiro será feita a recuperação do bueiro, ou seja, a tampa do caixa que armazenava os resíduos será reconstruída. Após esse serviço, deve-se esperar um dia pela cura (secagem) da massa de concreto. Por último deve ser feita a recuperação da massa asfáltica do local. Só depois desse período de obras, que deve durar mais três ou quatro dias, a rua deve ser liberada para tráfego.

Segundo Santana, demais ruas de Goiânia podem ter ou não pontos de risco como esse, por isso a população deve estar sempre em alerta. Em casos semelhantes a este, os moradores podem entrar em contato com a Defesa Civil ou Corpo de Bombeiros, para que as providências sejam tomadas.

Chuva causa estragos nas ruas de Goiânia

No último sábado (9/2), ruas de Goiânia ficaram alagadas por conta do grande volume de água. Mesmo com a chuva rápida, foram registrados alagamentos no Parque Amazônia, em várias avenidas do Setor Bueno, Jardim da Luz e na região do Centro da capital.

De acordo com previsão do site Clima Tempo, deve chover em Goiás até o próximo dia 18. As temperaturas devem seguir com mínima de 19° e máxima de 37°, sempre com sol e aumento de nuvens pela manhã e pancadas de chuva à tarde e à noite.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.