Goiás

Goiás registra 15 mil casos de dengue, mas número é menor em comparação com o ano passado

Goiânia é a cidade com o maior número de casos notificados.
25/02/2019, 16h31

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou nesta segunda-feira (25/2) o boletim epidemiológico dos casos de dengue registrados no estado durante o ano até o momento. Conforme o boletim, durante 2019 foram registrados em Goiás 15 mil casos da doença. Os dados divulgados foram contabilizados até o dia 16 de fevereiro deste ano. E conforme as informações do boletim, cerca de 16 mortes supostamente provocadas pela doença são investigadas.

Conforme os dados divulgados pela SES, o número de notificação é 9,3% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado. Goiânia por sua vez é o município com o maior número de registros, com 2.546, seguido por Aparecida de Goiânia com 1.638, Anápolis com 960, Posse com 809 e Rio Verde com 426 casos da doença.

A cidade de Goiânia também lidera com o maior número de mortes apuradas em virtude da doença, com seis. Posse vem logo em seguida com três, e Caldas Novas, Morro Agudo de Goiás, Rio Verde, São Luiz do Norte, Senador Canedo, Silvania e Turvânia com uma morte cada.

Casos de dengue diminuíram no Estado em comparação com o ano passado

O boletim referente às quatro primeiras semanas do ano, que levanta os dados desde o dia 30 de dezembro de 2018 a 26 de janeiro de 2019, mostra uma queda de 19,76% em comparação com o mesmo período do ano passado. No ano passado foram 8.152 notificações contra 6.541 deste ano.

Em relação ao mês de fevereiro, os dados divulgados pela secretaria mostram que até o dia (9/2) foram notificados 3.753 casos da doença. Conforme a secretaria, os números levantados registraram uma queda de 17,62% em comparação com o ano passado, que registrou 11.549 casos.

Por meio de nota, a SES afirmou que desenvolve a Operação Goiás contra o Aedes e conta com uma parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO). Além da parceria, a secretaria informou que tem mobilizado os municípios para o combate do mosquito.

Confira a nota

“A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) desenvolve a Operação Goiás contra o Aedes que, em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar, mobiliza os municípios para combater o mosquito. O objetivo é percorrer cada imóvel de cada cidade para eliminar focos do Aedes. A eliminação mecânica dos criadouros do Aedes é a forma mais eficaz de combate as doenças transmitidas pelo Aedes. No site da SES você pode acompanhar quantas visitas são feitas mensalmente pela Operação, nos municípios.”

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Suspeito de matar Echiely Vitória e deixar irmão da menina paraplégico em Formosa vai a júri popular

Echiely Vitória e o irmão mais velho estavam a caminho da escola quando foram baleados durante a troca de tiros entre os suspeitos.
25/02/2019, 16h43

Preso desde o dia 7 de maio de 2018, Jailton Alves dos Santos, vai ser julgado por um júri popular na manhã da próxima quinta-feira (28/2) suspeito de matar a pequena Echiely Vitória, de oito anos e deixar o irmão da menina Wender Cauã, de 11, paraplégico após uma briga de trânsito em 2015, quando os dois irmão estavam a caminho da escola, em Formosa no Entorno do Distrito Federal (DF).

Conforme as informações publicadas pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), no dia do crime, Jailton e um outro suspeito acabaram em uma confusão, após um desentendimento em um posto de combustível, na Avenida Maestro João Luiz do Espírito Santo.

O TJGO afirmou que a confusão começou por conta de uma vaga em uma bomba de abastecimento do posto de gasolina. A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) concluiu durante as investigações, que um dos suspeitos atirou contra o veículo do outro envolvido na confusão ao estacionar. Conforme as informação da polícia, os dois suspeitos entraram nos veículos, cada um com um acompanhante na época.

Echiely Vitória foi morta no caminho para a escola

De acordo com a polícia, os quatro envolvidos deixaram o posto de gasolina e em seguida houve uma perseguição e troca de tiros entre os suspeitos. A polícia afirmou que Echiely e o irmão estavam a caminho da escola, quando foram baleadas durante a troca de tiros dos suspeitos.

Os suspeitos foram presos em seguida pela polícia, mas Jailton fugiu da prisão em 2016 e foi recapturado, em maio de 2018 pela PCGO. De acordo com as informações do TJGO, dois envolvidos na ação que terminou com a morte da menina e com o irmão dela paraplégico foram condenados pelo crime. Fernando Alves Martins que conduzia o carro e fez os disparos foi condenado pela justiça a 43 anos e nove meses de prisão.

O sobrinho dele Douglas Martins, que estava no banco no passageiro foi condenado a nove anos e 11 meses de prisão. O julgamento de Jailton está marcado para às 8h da manhã de quinta-feira e vai ser presidido pela juíza Crhistiana Aparecida Nassar Saad, da Primeira Vara Criminal.

Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Maia admite que CCJ deve ficar para depois do carnaval

O colegiado é a porta de entrada da maioria dos projetos que passa pelo Congresso, inclusive a proposta de reforma da Previdência.
25/02/2019, 16h59

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), admitiu que a instalação da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) deve acontecer apenas depois do Carnaval. O colegiado é a porta de entrada da maioria dos projetos que passa pelo Congresso, inclusive a proposta de reforma da Previdência. É nesta instância que os deputados avaliam se o projeto é constitucional ou não.

Havia uma perspectiva de que a CCJ fosse instalada na terça-feira, 26. No entanto, Maia disse que ainda precisa conversar com o PT para fechar o desenho das comissões permanentes da Casa. A CCJ será presidida pelo PSL e o partido ainda discute quem será o presidente indicado.

Maia negou que irá aguardar o envio do projeto de lei que definirá as regras para a aposentadoria dos militares para que seja a instalada a CCJ, mas admitiu que há apreensão, por parte do parlamento, para o envio do PL.

“Avisei Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil que havia incômodo em relação ao PL dos militares. Falei que governo tinha minha palavra de que o PL dos militares será votado logo após a votação da emenda constitucional da Previdência”, disse Maia a jornalistas ao chegar na Câmara, no período da tarde, para a reunião de líderes.

Maia afirmou que não acredita que instalar a CCJ após o Carnaval atrase a tramitação da Previdência. “Será só mais uma sessão”, comentou.

Ele disse também que isso pode dar mais tempo ao governo organizar sua base. “Organização do governo ainda está lenta”, comentou. Há uma série de críticas entre parlamentares sobre a falta de diálogo entre o governo Bolsonaro e a Casa. “Não dá pra votar (admissibilidade) de qualquer jeito, porque hoje há o risco de ter um resultado não favorável para a emenda constitucional.”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia

Porque o fim de semana já começa na sexta!
25/02/2019, 17h54

Durante a semana é comum que fiquemos tão atarefados ao ponto de não sobrar o mínimo tempo para alguma atividade de lazer. É exatamente por isso que muita gente por aí fica ansiosa para que o fim de semana chegue logo, para conseguir ter aqueles tão merecidos dias de descanso. E se você faz parte do grupo que já começa a aproveitar desde as noites de sexta em Goiânia, nós aqui do Portal Dia Online preparamos uma listinha com os melhores lugares para frequentar.

Felizmente a capital conta com lugares para todos os gostos, estilos e bolsos, fazendo com que você sempre possa encontrar aquele lugarzinho que é a sua cara. Abaixo separamos alguns bares, hamburguerias e baladas que são perfeitas para frequentar em uma sexta. Confira!

Procurando o que fazer nas noites de sexta em Goiânia?

Hamburguerias

1 – Cão Véio

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

Para curtir uma sexta em Goiânia, nada melhor que ir até um dos lugarzinhos mais conceituais da cidade. O Cão Véio é uma hamburgueria relativamente nova na capital, mas que já conquistou o coração de muitos por aí.

Conhecido por estar sob o comando do chef Henrique Fogaça, um dos jurados do programa MasterChef, o ambiente oferece um cardápio com diversos hambúrgueres artesanais, com opções para todos os gostos.

Destaque também para as cervejas, já que é possível encontrar uma carta seleta e com diferentes estilos. A decoração do ambiente também é um detalhe à parte, com artigos excêntricos e que garantem um requinte diferente de tudo que já estamos acostumados. Vale a pena conhecer!

Horário de atendimento geral: terça a domingo, das 18h às 00h

Telefone: (62) 3434-7727

Endereço: Rua 9, 2316 – St. Marista, Goiânia – GO, 74150-130

2 – Bulls Hamburgueria

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

Esta é uma hamburgueria artesanal, perfeita para fazer uma visitinha durante uma sexta em Goiânia. Com decoração rústica baseada em madeira, os clientes podem encontrar variadas opções de sanduíches, servidos sempre com carnes de excelente qualidade.

Horário de atendimento geral: todos os dias, das 18h às 00h

Telefone: (62) 3256-6922

Endereço: Av. T-10, 1025 – Qd 118, Lote 01E – St. Bueno, Goiânia – GO, 74223-060

3 – Studio Burguer

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução / Studio Burger

O Studio Burger é muito mais do que uma simples hamburgueria, já que o ambiente por si só é capaz de oferecer excelentes experiências para seus visitantes, cheias de arte e cultura.

No cardápio, hambúrgueres artesanais desenvolvidos de forma minuciosa, desde a escolha das melhores carnes até o molho que as acompanham. Ali as combinações são perfeitamente saborosas. Clique aqui para conferir o cardápio.

Horário de atendimento geral: segunda a quinta, das 11h às 14h30 e das 18h às 22h30 / sexta, das 11h às 14h30 e das 18h às 23h30 / sábado, das 18h às 23h30 / domingo, das 11h às 14h30 e das 17h30 às 23h

Telefone: (62) 4101-4206

Endereço: R. T-37, 3000 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74230-022

4 – Redneck Burguer

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

A sexta em Goiânia também pode ser curtida da melhor forma na Redneck Burguer! Com um climinha bem descontraído e decoração temática voltada para o rock and roll, é perfeito para os fãs do estilo musical que pretendem saborear deliciosas combinações de hambúrgueres.

É perfeito até mesmo para aqueles que não curtem muito esse tipo de música, já que os pratos são simplesmente maravilhosos e há sempre uma opção para cada gosto.

Horário de atendimento geral: terça a quinta, das 19h à 1h / sexta a domingo, das 19h às 2h

Telefone: (62) 3218-6343

Endereço: R. 83, 477 – St. Sul, Goiânia – GO, 74083-020

Bares

5 – Boteco Posto 15

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

Há quase 10 anos no mercado, o Boteco Posto 15 é um dos melhores bares para curtir durante uma sexta em Goiânia, aproveitando tudo que o happy hour da casa tem para oferecer.

Por ali é possível encontrar um cardápio para todos os gostos, passando pela cozinha brasileira, mexicana e eté mesmo japonesa! O melhor de tudo é que sempre tem uma cerveja para harmonizar, independente de sua preferência.

Horário de atendimento geral: segunda a quinta, das 17h à 1h / sexta a domingo, das 11h30 à 1h

Telefone: (62) 3931-0909

Endereço: R. 15, 1896 – St. Marista, Goiânia – GO, 74150-150

6 – Bahrem Bar

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

Para aproveitar as noites de sexta em Goiânia o Bahrem também é perfeito! Um dos mais conhecidos bares da capital, oferece um cardápio com pratos e porções variadas, sem contar que ainda é possível encontrar diversas cervejas. Confira o cardápio da casa clicando aqui.

Telefone: (62) 3645-0136

Endereço: R. 144, 716 – St. Marista, Goiânia – GO, 74170-130

7 – Alabama Bar

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

Se você é fã de sertanejo e pretende curtir sua sexta ao melhor do estilo, o Alabama é a escolha certa! O lugar é perfeito para ir com os amigos e em sua programação musical é sempre possível encontrar o que há de melhor do sertanejo.

Vale lembrar que seu cardápio de comidas e bebidas é bem variado, agradando até os mais exigentes gostos.

Horário de atendimento geral: terça a sexta, das 18h às 3h / sábado, das 12h às 3h / domingo, das 12h às 00h

Telefone: (62) 3999-0222

Endereço: Alameda Dom Emanuel Gomes, 150 – St. Marista, Goiânia – GO, 74175-040

8 – Aquarius Restaurante

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

Com um climinha bem popular, o Aquarius é um bar e restaurante que oferece mesas internas e externas, com um menu variado de pratos, petiscos e bebidas, sem falar que seus clientes ainda podem encontrar uma programação musical bem variada. Vale a pena conhecer!

Horário de atendimento geral: todos os dias, das 11h às 00h

Telefone: (62) 3278-8668

Endereço: Avenida Albert Einstein, Quadra 10, Lote 05, s/n – Jardim da Luz, Goiânia – GO, 74850-320

Baladas

9 – Roxy

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

Para curtir as noites de sexta em Goiânia, sair para dançar também é uma excelente alternativa. A Roxy é uma das melhores casas noturnas da cidade, sempre acolhendo a diversidade.

Conta com um espaço alternativo, com programação que abrange desde o funk até o pop, techno, trap e hip hop. Durante a semana acontecem festas temáticas para deixar o clima ainda melhor!

Horário de funcionamento geral: quarta a domingo, das 23h às 5h

Telefone: (62) 98138-0008

Endereço: R. 87, 536 – St. Sul, Goiânia – GO, 74093-300

10 – Santafé Hall

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

Quando o assunto é curtir as noites de Goiânia, principalmente durante uma sexta, a Santafé Hall é um dos nomes mais lembrados na cidade. Voltada para o público sertanejo, conta sempre com showzinhos ao vivo de artistas locais e nacionais.

Para deixar tudo ainda melhor, também é possível encontrar no ambiente um bar com mesinhas, camarotes e mezanino.

Horário de funcionamento geral: quinta a sábado, das 22h30 às 5h

Telefone: (62) 3945-7980

Endereço: Av. 136, 222 – St. Marista, Goiânia – GO, 74180-040

11 – The Pub

Confira o que fazer nas noites de sexta em Goiânia / noites
Foto: Reprodução

The Pub é uma baladinha bastante moderna em Goiânia, com instalações amplas e confortáveis. É perfeito para quem pretende começar a curtir um fim de semana logo nas noites de sexta, aproveitando não apenas boa música, mas também deliciosos petiscos e drinques diversos.

Horário de funcionamento geral: quinta a sábado, das 23h30 às 6h

Telefone: (62) 3281-4308

Endereço: R. 52, 219 – Jardim Goiás, Goiânia – GO, 74810-200

Imagens: Pexels 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

MPGO investiga investimentos feitos com dinheiro da venda da CELG

Conforme o MPGO o valor recebido não foi efetivamente empregado nas melhorias anunciadas anteriormente.
25/02/2019, 18h35

Titular da 50ª Promotoria de Goiânia, a promotora de Justiça Leila Maria de Oliveira, determinou o adiantamento do inquérito civil público que investiga os prejuízos causados ao patrimônio público com a privatização da Companhia Energética de Goiás (CELG).

Conforme as informações do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), a investigação tem como prioridade descobrir qual o destino teve o dinheiro arrecadado com a venda da estatal. O MPGO afirmou que na época em que a CELG-D foi vendida, os veículos de comunicação de Goiás, informaram que os valores iam ser utilizados na melhoria da infraestrutura do Estado.

O MPGO levantou que no ano de 2017 quando a venda da estatal se concretizou para à empresa Enel Brasil S/A, pelo valor de R$ 2.187.000.000,00, desse total cerca de R$ 1,1 bilhão foi repassado ao Estado e o restante para Eletrobrás. De acordo com as investigações do órgão, a verba advinda da venda da CELG-D seria usado para a conclusão de obras e melhoria dos setores fundamentais para população, como saneamento básico, hospitais, estradas, escolas e o sistema prisional.

Valor recebido por Goiás pela venda da CELG-D não foi usado efetivamente nas melhorias anunciadas

Apesar do valor recebido pela venda da estatal, uma portaria da Secretaria Estadual de Economia, informou que o montante destinado ao Estado foi de R$ 800 milhões que foram recebidos, pois houve os descontos referentes aos impostos. Conforme o MPGO, esse valor não foi efetivamente empregado nas melhorias anunciadas anteriormente.

Em posse dessas informações a promotora mandou fazer algumas diligências para instruir o inquérito que investiga como o valor recebido pela venda da estatal foi utilizado. Entre as ações propostas pelo MPGO, estão uma requisição da cópia dos processos da desestatização da CELG-D, junto ao Ministério de Minas e Energia, do processo de leilão e venda  para a Enel Brasil S/A, para analisar se as cláusulas existentes no contrato foram e estão sendo cumpridas conforme o acordado entre Estado e a Enel.

O MPGO solicitou à Secretaria Estadual de Economia informações que comprovem o valor que Goiás realmente recebeu com a venda da estatal, e o levantamento para apurar qual o destino do dinheiro recebido com a venda da CELG-D.

Outra solicitação feita pela promotora foi a Federação Goiana de Municípios (FGM) para informar que o levantamento para conferir o destino do dinheiro da venda da estatal esta sendo feita e os valores sendo conferidos.

Via: MPGO 
Imagens: MPGO 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.