Goiás

Família procura por jovem que desapareceu após chamar Uber para ir ao supermercado, em Goiânia

Último contato da jovem com os familiares foi na noite da última quarta-feira.
28/02/2019, 19h10

A jovem Jayne Vieira, de 21 anos, está desaparecida desde a noite da última quarta-feira (27/2), de acordo com os parentes da moça, ela mora sozinha no setor norte ferroviário de Goiânia. A família da jovem que é de Maripotaba, a 98 quilômetros, não tem notícias de Jayne desde a noite de ontem.

Portal Dia Online entrou em contato com a mãe de Jayne e conseguiu falar por alguns instantes com ela. No curto período que a reportagem falou com a mãe da moça, ela afirmou que a filha nunca viajou sem falar com ela.

“A última vez que conversei com ela foi ontem por volta das 18h38 e ela disse que ia lavar as vasilhas, inclusive estou na casa dela e as vasilhas estão todas na pia”, contou a mãe da moça.

Além da jovem não ter dado mais notícias aos familiares desde a noite de ontem, o último contato dela segundo os parentes foi com uma amiga por volta das 19h. “Uma amiga dela depois falou com ela por volta das sete e pouco, ela disse que ia o supermercado e chamou um Uber para ir, desde então não tivemos mais notícias dela”, afirma a mãe da moça.

Os parentes de Jayne afirmam que o Boletim de Ocorrência foi registrados na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC). As investigações sobre o paradeiro de Jayne estão em andamento e correm em sigilo conforme o plantão da DEIC.

Quem viu a jovem pode ajudar a encontrar a moça

A família de Jayne tem buscado todos os meios para encontrar a jovem, com publicações nas redes sociais e conversando com amigos para determinar onde a moça possa estar. Caso alguém tenha visto a moça em algum lugar da capital, os familiares pedem que entre em contato  pelos telefones (62) 99213-8088, 992789717 ou 99119-0060 pois estão desesperados em busca da jovem. Ou pode ligar para o disque denúncia da Polícia Civil 197 ou na própria DEIC pelo número 3201-1140

Em nota a Uber afirmou que está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações

Confira a nota

“A Uber está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações sobre o desaparecimento, na forma da lei.”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Estelionatários que se passavam por funcionários públicos são presos, em Goiânia

O trio afirmava ser funcionários públicos e marcava os encontros perto dos órgãos que supostamente trabalhavam.
28/02/2019, 20h11

Três homens que vieram do Mato Grosso e Mato Grosso do sul foram presos em flagrante nesta quinta-feira (28/2), suspeitos de estelionato. Em três golpes que os estelionatários aplicaram o valor do prejuízo causado chega a R$ 140 mil reais.

O delegado da 4ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) Carlos Caetano, o grupo vinha sendo investigado pela polícia há algum tempo. “Eles aplicaram um golpes em Itumbiara, Rio Verde e Jataí vendendo pneus e cerveja, acontece que esses produtos nunca existiram”, conta o delegado.

De acordo com o delegado o grupo que vinha sendo monitorado tentou fazer mais uma vítima, mas os golpista não contavam que ele era conhecido de uma das vítimas que caíram no golpe dos estelionatários.

“A pessoa conversou com uma das vítimas e afirmou que o mesmo grupo estava querendo aplicar o golpe nele, as informações foram repassadas a polícia e começamos a monitorar a ação”, explica Carlos Caetano.

Estelionatários fingiam ser funcionários públicos, em Goiânia

Carlos Caetano afirmou que diante do monitoramento, pediu para vítima marca o encontro com os suspeitos. Conforme o delegado, os três homens foram presos em locais diferentes da capital. Um foi preso no estacionamento do Paço Municipal de Goiânia, o outro no Palácio Pedro Ludovico Teixeira e o terceiro em frente a uma empresa em Campinas.

“Eles se passavam por servidores públicos e chamavam as vítimas para se encontrar com eles próximo aos órgão públicos, alegando que estavam saindo do trabalho, mas eles não tem nenhuma relação com os órgãos”, explica o delegado.

O delegado afirmou que no depoimento, os suspeitos afirmaram que escolhiam os órgão como local do encontro pelo grande movimento, pois assim ninguém iria desconfiar do crime. Com o grupo foram apreendidos R$ 2.020, celulares e um papel timbrado da união para aplicar o golpe.

Carlos Caetano afirmou que os três suspeitos vão responder por estelionato e por associação criminosa, a pena em caso de condenação pelos crimes pode ultrapassar os 10 anos de reclusão.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Após sanções americanas, petróleo venezuelano lota navios por falta de comprador

A alternativa encontrada foi armazenar o petróleo em navios em alto mar, algo feito pelo Irã durante as sanções dos EUA contra seu programa nuclear.
28/02/2019, 20h36

O governo da Venezuela está ficando sem espaço para armazenar o petróleo afetado por sanções americanas que poucos clientes no mundo ousam comprar. Com isso, a estatal PDVSA se viu forçada a reduzir a produção em um momento no qual a demanda pelo petróleo sulfuroso e pesado – abundante no país – aumentou, diz a Fortune.

Argueiros com 8,36 milhões de barris de petróleo venezuelano, cujo preço estimado é de US$ 500 milhões, estão ancorados na costa do país, enquanto Caracas busca compradores depois que as sanções do governo americano entraram em vigor, em janeiro. São 16 navios que pertencem à PDVSA, à Chevron e à russa Rosneft.

Refinarias que costumam processar o petróleo venezuelano diminuíram o fluxo de produção nas últimas semanas porque ficaram sem espaço para processar os barris que chegam sem compradores. A alternativa encontrada foi armazenar o petróleo em navios em alto mar, algo feito pelo Irã durante as sanções dos EUA contra seu programa nuclear.

Essas dificuldades evidenciam o impacto que as sanções americanas tiveram na PDVSA. As vendas de petróleo para os EUA, principal cliente da empresa, secaram. Sem acesso ao sistema financeiro americano, usado por refinarias e seguradoras para fazer negócios, a empresa estatal tem dificuldades para encontrar novos clientes. As exceções são Índia e China, a quem os venezuelanos já deviam petróleo por acordos de empréstimo feitos nos governos de Hugo Chávez e Nicolás Maduro.

A Petromonagas, joint venture da PDVSA com a Rosneft, já não tem espaço para armazenar petróleo. A Petropiar, parceria com a Chevron, vai no mesmo caminho, assim como a Equinor, sociedade com a Total. Além disso, o veto à venda de vendas de diluentes tornaram difícil o transporte de petróleo dos oleodutos para as refinarias. Com isso, a procura pelo petróleo colombiano, que disputa mercado com o venezuelano, aumentou. O barril local subiu US$ 4 nas últimas semanas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Veja o horário de funcionamento do comércio e serviços durante o carnaval em Goiás

Programe-se e aproveite com tranquilidade os dias de carnaval!
01/03/2019, 08h01

O feriado de carnaval, que ocorre na próxima terça-feira (5/3), provocará alteração no horário de funcionamento do comércio e serviços privados e públicos em Goiás. Algumas mudanças de horário começam dias antes, principalmente em órgãos estaduais. Confira abaixo os horários e programe-se!

Funcionamento de serviços durante o carnaval em Goiás

  • Bancos

De acordo com a Associação de Bancos (Asban), as agências bancárias não funcionarão na segunda (4/3) e terça-feira (5) de carnaval. Na quarta-feira de cinzas (6/3), os bancos funcionarão a partir do meio-dia. Já os caixas eletrônicos de autoatendimento e correspondentes para o pagamento de contas estarão disponíveis durante todo o período.

Os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos podem ser pagos via DDA (débito direto autorizado) e as contas de água, energia, telefone, etc. e carnês que vencem em 4 ou 5 de março podem ser pagas, sem acréscimo, na quarta-feira (6/3).

  • Correios

As agências dos Correios em Goiás que funcionam aos sábados abrirão normalmente durante o sábado de carnaval. Na segunda (4/3) e na terça-feira (5/) as agências não funcionarão. Na quarta-feira de cinzas (6/3), os Correios voltam ao serviço às 9h.

  • Vapt Vupt

Conforme a Secretaria de Estado da Administração (Sead), as unidades do Vapt Vupt de Goiânia e do interior funcionarão meio período, em regime de escala, nesta segunda-feira (4/3). Nenhuma unidade abrirá na terça-feira (5/3). Na quarta-feira (6/3), todas as unidades atendem em horário normal.

  • Transporte coletivo

Durante o carnaval, os ônibus vão circular com planilhas especiais na região metropolitana de Goiânia. A equipe de fiscalização da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) vai monitorar o serviço do transporte coletivo durante o feriado. Para atender à população neste período, a CMTC determinou que o serviço seja reforçado com viagens extras, que devem ser colocadas em circulação caso haja necessidade.

A população pode entrar em contato com a CMTC pelos telefones 0800 646 1851/ 3524-1851 (Ouvidoria) e whatsapp 9943-1620 e também na sede da companhia, na 1ª Avenida, 486, Setor Leste Universitário.

  • Prefeitura de Goiânia

Durante o feriado prolongado de carnaval, a Prefeitura de Goiânia manterá os serviços essenciais, como saúde, transporte e segurança, em regime de plantão. Devido ao ponto facultativo, o expediente dos servidores que trabalham no Paço Municipal, do Park Lozandes, será encerrado nesta sexta-feira (1/3), e retomado às 14h de quarta-feira (6/3). O Atende fácil funciona na segunda-feira (4/3), das 7h às 12h, no Paço Municipal, e das 8h às 13h no Shopping Cidade Jardim. Na quarta-feira (6/3), as unidades vão abrir às 13h.

  • Saúde

No feriado de carnaval, os casos de urgência e emergência serão atendidos nas unidades de saúde que funcionam 24 horas por dia, de acordo com classificação de risco, ou seja, com priorização das situações mais graves. Confira a lista de unidades de saúde 24 horas:

  • Cais Amendoeiras
  • Cais Bairro Goiá
  • Cais Campinas
  • Cais Cândida de Morais
  • Cais Chácara do Governador
  • Cais Deputado João Natal (Vila Nova)
  • Cais Finsocial
  • Cais Jardim Guanabara III
  • Cais Novo Mundo
  • Ciams Novo Horizonte
  • Ciams Urias Magalhães
  • Centro de Referência em Ortopedia e Fisioterapia – CROF
  • Hospital e Maternidade Dona Iris
  • Maternidade Nascer Cidadão
  • Pronto Socorro Psiquiátrico Wassily Chuc
  • Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Residencial Itaipu
  • Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região Noroeste

O Centro Municipal de Vacinação, no Setor do Pedro Ludovico, estará aberto das 8h às 18h. Já o departamento de Controle de Zoonoses poderá ser acionado pelos telefones 3524-3131 ou 3524-3130 quando presenciados casos de animais agressivos. Em caso de mordida, a pessoa ferida deve procurar com urgência a unidade de saúde mais próxima.

Para as situações de urgências e emergências em residências, locais de trabalho e vias públicas, a população deve acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) pelo número 192, que conta com Central de Regulação, profissionais e veículos de salvamento.

  • Assistência Social

As equipes do Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas) estarão nas ruas Goiânia realizando a busca ativa 24 horas por dia. Os moradores podem entrar em contato pelo telefone 3524-7389. A Central de Óbitos de Goiânia também funciona 24 horas e não é diferente durante o feriado.

  • Comurg

Mantém os trabalhos essenciais, como varrição e coleta de lixo orgânico e seletivo, além da de resíduos infectantes. Os atendimentos nos casos de queda de árvores e recolhimento de animais mortos não sofrem interrupção. Os usuários podem solicitar serviços pelo telefone (62) 3524-8555.

Funcionamento do comércio durante o carnaval em Goiás

  • Lojas

Segundo o Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas-GO), o comércio varejista terá funcionamento especial neste período de carnaval. No sábado e domingo (2 e3/3) o é funcionamento normal; segunda (4/3) e terça-feira (5/3) as lojas de rua e de shopping centers não poderão abrir. Já na quarta-feira (6/3) o funcionamento volta ao normal.

  • Estação da Moda

Local estará aberto no sábado (2/3) e domingo (3/3) de carnaval. O horário de funcionamento para as lojas será das 8h às 20h. Para a praça de alimentação, das 10h às 22h. Na quarta-feira de cinzas (6/3), o shopping volta ao funcionamento normal, das 9h às 19h, no caso das lojas; e das 10h às 22h, para a praça de alimentação.

Já o posto de vistoria credenciado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que funciona dentro do Estação da Moda, não estará aberto durante os dias de folga. O serviço voltará a atender na quarta-feira (6/3) das 7h às 17h.

  • Flamboyant Shopping Center

No sábado (2), todas as lojas abrem às 10h. Já no domingo (3), as áreas de alimentação funcionam das 12h às 22h30, enquanto as lojas realizam atendimento das 14h às 20h. Na segunda-feira (4) na e terça-feira (5), apenas as áreas de alimentação e lazer funcionam, das 12h às 22h30.

  • Goiânia Shopping

No sábado (2), o shopping funciona normalmente, das 10 às 22h. A praça de alimentação e lazer estará aberta das 10 às 22h30. No domingo (3), as lojas abrem das 14h às 20h, e a praça de alimentação e lazer, das 10 às 22h30. Já na segunda (4) e na terça-feira (5), as lojas fecham e a praça de alimentação e lazer funciona das 10 às 22h30.

  • Araguaia Shopping

O Araguaia Shopping  funcionará normalmente no sábado e domingo de carnaval  (2 e 3 de março), das 8h30 às 20h30 e das 8h30 às 16h30, respectivamente. Na segunda e terça-feira (4 e 5), as lojas estarão fechadas,  voltando a funcionar na quarta-feira de cinzas (6 de março), em seu horário normal, das 08h30 às 20h30. Já o comércio da praça de alimentação e lazer estará aberto todos os dias das 10h às 22h30.

  • Passeio das Águas Shopping

Durante o feriado de Carnaval, o Passeio das Águas Shopping funcionará normalmente no sábado (2/3), e no domingo (3/3). Já nos dias 4 e 5 de fevereiro, as lojas e quiosques do centro de compras abrirão de forma facultativa. Já a praça de alimentação e lazer funcionarão na segunda, das 10h às 22h30, e na terça-feira, das 11h às 21h.

  • Buriti Shopping

Nos dias 2 e 3 de março (sábado e domingo), o shopping funcionará normalmente; no sábado das 10h às 22h, e no domingo áreas de alimentação e lazer das 11h às 22h, e demais lojas das 14h às 20h. Já nos dias 4 e 5 de março (segunda e terça-feira), as áreas de alimentação e lazer funcionarão de 11h às 22h. As demais lojas estarão fechadas. No dia 6, quarta-feira de Cinzas, o shopping volta a funcionar normalmente, de 10h às 22h.

  • Shopping Bougainville

No sábado (2/3) as lojas e a praça de alimentação abrem às 10h e fecham às 22h. No domingo (3/3), tanto lojas como praça de alimentação funcionam das 10h às 22h. Na segunda-feira e na terça-feira, a praça de alimentação funciona das 12h às 22h. As lojas estarão fechadas nesses dois dias.

  • Shopping Cerrado

Nos dias 1 e 2 de março (sexta-feira e sábado), as lojas, praça de alimentação e lazer estarão abertas das 10h às 22h; domingo (3/3), as lojas abertas das 14h às 20h, e praça de alimentação e lazer abertas das 11h às 22h; nos dias 4 e 5  (segunda e terça-feira), as lojas estarão fechadas, e praça de alimentação e lazer abertas das 11h às 22h. Já na quarta-feira (6/3), as lojas, praça de alimentação e lazer abertas das 12h às 22h.

Imagens: Zargo 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

PRF inicia hoje Operação Carnaval nas rodovias de Goiás

A ação é uma das etapas da Operação Rodovida, que começou no dia 14 de dezembro de 2018 e se encerrará no dia 09 de março de 2019.

Por Ton Paulo
01/03/2019, 08h20

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou nesta sexta-feira (1/3) a Operação Carnaval 2019 nas rodovias de Goiás, que deve durar até a próxima quarta-feira (6/3). A ação é uma das etapas da Operação Rodovida, que começou no dia 14 de dezembro de 2018 e se encerrará no dia 09 de março de 2019.

Conforme a própria PRF, o Carnaval é um dos períodos mais críticos do calendário nacional de operações da corporação, uma vez que “conta com grande fluxo de veículos nas rodovias federais e o uso abusivo de álcool é uma das principais preocupações do órgão”. A Operação Carnaval da PRF é estruturada com reforço de policiamento em trechos e horários críticos nas rodovias federais, direcionado para pontos de maior incidência de acidentes e de flagrantes de condutas irregulares.

Policiais rodoviários federais vão fiscalizar comportamentos perigosos como embriaguez, excesso de velocidade, falta de equipamentos de segurança (capacete, cinto de segurança ou cadeirinhas para crianças) e ultrapassagens indevidas, conduta que ainda ocorre com grande frequência e que pode definir a ocorrência de um dos acidentes mais letais, a colisão frontal.

A corporação ainda informa que devido aos shows artísticos com diversas personalidades da cena musical que acontecerão nos dias de feriado na cidade de Pirenópolis, vai montar esquema especial de fiscalização nos trechos de acesso e nas proximidades do município visando coibir principalmente a perigosa mistura álcool e direção.

A PRF registrou 33 acidentes de trânsito nas BRs goianas durante o carnaval 2018, que deixaram 30 pessoas feridas e três pessoas morreram.

Confira as restrições no tráfego das rodovias de Goiás neste Carnaval

Conforme a PRF, a fim de promover a fluidez do trânsito em grandes feriados, quando há maior movimentação nas estradas, haverá restrição em determinados dias e horários o trânsito de caminhões com excessos de dimensões, caminhões cegonha, caminhões bitrem e aqueles que precisam de autorização especial para transitar.

No feriado de carnaval, os dias e horários de restrição serão:

01/03/2019 sexta-feira: 16:00 às 22:00

02/03/2019 sábado: 06:00 às 12:00

05/03/2019 terça-feira: 16:00 às 22:00

06/03/2019 quarta-feira: 06:00 às 12:00.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.