Entretenimento

Fim de semana em Goiânia tem bloquinhos de carnaval gratuitos

O fim de semana em Goiânia conta com bloquinhos de rua gratuitos para agitar a festa dos foliões!
01/03/2019, 14h04

Finalmente chegou! O carnaval já está batendo em nossas portas e o fim de semana em Goiânia promete ser bastante agitado! Prepare sua fantasia, chame os amigos e pode abusar do glitter, pois os bloquinhos de rua chegam com tudo para garantir a folia neste comecinho de março.

Para uma cidade que praticamente não tinha nada nesta época do ano, estamos muito bem! Diversas casas noturnas comandarão a própria folia durante estes dias, mas nós aqui do Portal Dia Online preparamos uma listinha com os principais blocos de rua, sendo a maior parte gratuita para deixar a festa ainda melhor e acessível para todos! Dá uma olhada!

Confira o que fazer neste fim de semana em Goiânia:

1 – Bloco Cai na Rua

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ La Plage

Em sua terceira edição, o Bloco Cai na Rua acontece neste fim de semana em Goiânia, nos dias 2 e 3 de março (sábado e domingo). O público poderá contar com diversas atrações como Victor Basílio, Guilherme Alb, Bárbara Novais, Ruan Estrela e os DJs Raul Majadas, Eva Maruana, Bruno Caveira e muito mais.

A folia acontece na Quinta Avenida, no Setor Leste Universitário, a partir das 15 horas. A Ala Pipoca Anuros possui entrada gratuita neste sábado, enquanto no domingo a entrada custa R$ 5 ou doação de 1 kg de alimento. A Ala Open Bar Tatu Bola custa R$ 55 o dia, ou R$ 80 o passaporte para sábado e domingo. Já a Ala Backstage das Aves custa R$ 180 para os dois dias.

Para comprar seu ingresso, basta clicar aqui.

2 – Bloco dxs Borboletxs

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução / O Regional

O Mercado (Setor Central) da 74 recebe neste sábado (2/03) o Bloco dxs Borboletxs, com o lema: “vamos com todas as cores brincar de carnaval, porque aqui você é bem-vindx com a cor que quiser”. Portanto, o carnaval é feito para todos e você pode ir com a fantasia que quiser, de preferência, com muita cor e brilho pra agitar ainda mais a folia! A festa começa a partir das 14 horas e a entrada é gratuita.

3 – Bailinho de Carnaval com oficina gratuita de slime

Fim de semana em Goiânia
Foto:: Reprodução

E as crianças também podem curtir o carnaval deste fim de semana em Goiânia! Acontecerá no Lozandes Shopping (próximo ao Ministério Público Federal), no “Bailinho de Carnaval” que será promovido neste sábado (2/03), voltado para o público infantil. A programação é completamente gratuita e ainda inclui brincadeiras como pintura facial e camarim kids, sem contar que ainda terá muita música, pipoca e algodão doce para todo mundo! O melhor é que vai rolar oficina de slime (também conhecido como geleca ou amoeba) para divertir a criançada.

4 – Grito Rock 2019

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ Grito Rock

O Martim Cererê recebe neste sábado a edição 2019 do Grito Rock, com shows de bandas já populares na cena goiana, a exemplo de Hellbenders, Aurora Rules, Overfuzz, Desert Crows, Two Wolves, Guerrilha dos Coelhos Mutantes e muito mais.

O melhor é que no lado externo do Martim ainda vai rolar o Bloco Deu Sorte, com muitas batucadas brasileiras e músicas latino americanas. Acontece a partir das 16 horas e a entrada é gratuita.

5 – Bloco do Mancha

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ Bloco do Mancha

O Bloco do Mancha é um dos mais aguardados para março em Goiânia. Marcado para o dia 3 (domingo), está apenas em sua segunda edição, mas o bloco já conquistou o coração dos foliões e é garantia de muita diversão e alegria. Desta vez, não haverá abadá e nenhuma forma de divisão entre os folões, tornando a festa mais acessível e inclusiva. E claro, a entrada é gratuita!

A concentração acontece na loja da Ambiente Skate Shop, na unidade do Setor Bueno, às 12h. Vai ter muito churrasco, cerveja gelada e Pool Party no Bowl. Às 16h30, o bloco sai em trajeto pelo Bueno, Marista, Setor Sul e Centro. Serão cerca de 6 km de muita festa e brilho pelas ruas da cidade. Ah, o melhor é que ainda rola um after na Diablo Pub! Vale a pena participar!

6 –

Imagens: La Plage O Regional Veja 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

"Sem reestruturação, aumento não sai", diz Jânio Darrot sobre transporte coletivo de Goiânia

CDTC não vai se reunir para votar aumento da tarifa até que a reestruturação seja feita.
01/03/2019, 15h06

O prefeito de Trindade e atual presidente da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC), Jânio Darrot (PSDB), afirmou durante entrevista a uma rádio da capital na última quinta-feira (28/2) que a tarifa da passagem só vai ter reajuste após uma reestruturação do modelo de transporte coletivo da região metropolitana da capital.

Na entrevista, o presidente da CDTC afirmou que o modelo existente está deteriorado e precisa ser repensado antes de aumentar o valor da tarifa. Jânio Darrot garantiu que a CDTC não vai se reunir para aumentar o preço da passagem até que toda a reestruturação seja feita.

O presidente da CDTC trabalha nesse momento em uma articulação com a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) e o prefeito Iris Rezende (MDB) para que o atual modelo seja discutido com o governo do Estado.

Em planilha da CMTC, valor da tarifa do transporte coletivo passa de R$ 4 reais para R$ 4,30

Conforme a publicação, o valor do reajuste já foi definido pela Companhia Metropolitana do Transporte Coletivo (CMTC), com um aumento de R$ 0,30 centavos na tarifa. A passagem que atualmente custa R$ 4,00 passaria a ter o valor de R$ 4,30. Antes de ser votada pela Câmara, o projeto do reajuste da tarifa vai ser analisado pela Agência Goiana de Regulação (AGR).

Vale lembrar que a CDTC se reune uma vez por ano para votar o aumento, que é previsto no contrato com as operadoras. Darrot afirmou que existem duas alternativas para a Câmara que são elas: aprovar o reajuste e assumir o desgate com a população ou rejeitar o aumento e enfrentar problemas com as empresas do transporte coletivo.

“Os prefeitos precisam se envolver mais nessa questão, pois a maioria está à margem dessa discussão”, salientou Darrot. Outro ponto importante citado pelo prefeito de Trindade, é o projeto de lei do governo estadual para que a AGR não tenha a obrigatoriedade de compor a CDTC.

Diante da proposta do Estado, Darrot tem conversado com o presidente da Alego, Lissauer Vieira (PSB), para segurar a proposta do governo e propor uma discussão sobre o tema.

Via: Sagres Online 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Mãe que matou filha a marretadas e colocou fogo no corpo é indiciada, em Goiânia

Crime foi registrado no dia 21 de fevereiro deste ano.
01/03/2019, 15h30

Mãe suspeita de matar a filha de um ano e oito meses a marretadas e colocar fogo no corpo da criança para esconder o crime, Alessandra Fiuza, de 33 anos, foi indiciada pela Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), pelos crimes de homicídio e tentativa de omissão de cadáver. Alessandra foi presa no dia 21 de fevereiro após o crime, no Parque Santa Rita, em Goiânia.

O inquérito foi encerrado na última quinta-feira (28/2) e entregue ao poder judiciário. Alessandra passou pela audiência de custódia no dia 22 de fevereiro, mas o juiz Eduardo Pio Mascarenhas determinou pela prisão preventiva da mulher.

Após a decisão do magistrado, Alessandra voltou para Casa de Prisão Provisória (CPP) em Aparecida de Goiânia, onde está detida.Durante a audiência de custódia, Alessandra negou ter matado a filha.

Mãe matou filha a marretadas e colocou fogo no corpo

No dia do crime o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) foi chamado para atender uma ocorrência de incêndio na Rua SR1 no Parque Santa Rita, em Goiânia. Mas no meio do caminho a equipe foi informada que o incêndio tinha sido controlado e que tinha uma vítima.

Minutos depois a corporação foi informada que o incêndio na verdade não passava da tentativa de uma mulher colocar fogo em um monte de entulho no quintal. Além do CBMGO, a Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) esteve no local, e afirmou que a própria mãe matou a filha de apenas um ano e oito meses com golpes de marreta e ainda colocou fogo no corpo da criança.

A polícia afirmou que Alessandra Fiuza usou uma marreta e quebrou o crânio, pernas e braços da filha. Depois de matar a menina, Alessandra jogou o corpo no monte de entulho no quintal da residência e colocou fogo. A mãe da menina foi presa em flagrante por homicídio e tentativa de omissão de cadáver.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Iris Rezende assina contrato que confirma Villa Mix por mais 5 anos em Goiânia

Além disso, Iris também assinou uma emenda que prevê redução do Imposto Sobre Serviços (ISS) às empresas que realizam eventos na capital.

Por Ton Paulo
01/03/2019, 15h30

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, assinou ontem (28/2) um contrato com os representantes do mega evento Villa Mix, que agora está confirmado para ocorrer por mais cinco anos na capital. O evento, que reúne milhares de pessoas durante um fim de semana inteiro e traz artistas de diversos ritmos e gêneros musicais – sobretudo sertanejo, já é tradição em Goiás e atrai pessoas de todos os cantos do Brasil.

Além disso, Iris também assinou uma emenda ao Projeto de Lei que dispõe sobre Código Tributário do Município e que prevê redução do Imposto Sobre Serviços (ISS) às empresas que realizam eventos na capital de 5% para 2%.

Segundo o prefeito, “esses eventos movimentam a economia local, aquecem o comércio, a rede hoteleira, geram empregos e disponibilizam diversão ao goianiense e aos turistas”. Iris ressaltou também que nos últimos anos Goiânia ganhou, sistematicamente, grande espaços no cenário cultural do Brasil. “Aqui ocorrem diversos eventos e estamos sensíveis para que eles continuem aqui”, frisou o prefeito ao lembrar do Villa Mix, Bananada, Vaca Amarela, Goiânia Noise, dentre outros.

O secretário de Finanças, Alessandro Melo, declarou à assessoria da Prefeitura de Goiânia que o prefeito discutiu o assunto “com muita responsabilidade com os produtores de eventos em Goiânia e que essa redução do ISS é ideal para todos os envolvidos”. Segundo o secretário, a cidade ganha “porque a empresa se responsabiliza em continuar na capital e administração municipal adequa os tributos de forma justa”, disse.

A assinatura do documento que prevê emenda ao Código Tributário foi realizada no 6º andar do Paço Municipal. A proposta será enviada para apreciação da Câmara Municipal de Goiânia.

Villa Mix tem o maior palco do mundo, segundo Guiness Book

O festival Villa Mix teve sua primeira edição realizada em 2011 no estádio Serra Dourada, em Goiânia, e impressiona por suas proporções majestosas.

Reunindo artistas de diversos gêneros musicais, sobretudo o sertanejo, mas contando até com atrações internacionais, o Villa Mix está no Guiness Book. A edição 2017 trouxe um marco, uma vez que o palco foi eleito pelo livro dos recordes como o ‘Maior do Mundo’, superando a própria marca de 2015.

Em 2017, com o slogan “O Mundo é Mix”, cerca de 30 atrações de diferentes ritmos e segmentos passaram pelo palco do Villa Mix. Entre eles, artistas internacionais como Demi Lovato, Maluma e Rudy Mancuso, além dos grandes nomes nacionais como Jorge e Mateus, Alok, Ivete Sangalo, Matheus e Kauan, Simone e Simaria, Wesley Safadão, Luan Santana, Zeeba, Israel Novaes, Humberto e Ronaldo, Cesar Menotti e Fabiano, Jefferson Moraes, Israel e Rodolffo, Guilherme e Santiago, Aviões, Edu Chociay, Jetlag, Jonas Esticado e outros.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Saúde

Após denúncias, Prefeitura de Goiânia volta a distribuir vacinas infantis contra tuberculose

A vacina é exclusiva para vacinação em crianças menores de 1 ano, uma vez que possui a dose própria para a idade.

Por Ton Paulo
01/03/2019, 16h19

A Prefeitura de Goiânia anunciou recentemente a entrega de 3.700 seringas da vacina BCG para as unidades de saúde da capital, que previne formas graves de tuberculose. Entretanto, o anúncio só foi feito pelo Paço após questionamentos sobre a falta de seringas para a aplicação da vacina na rede municipal por vereadores, entre eles a Dra. Cristina, ao prefeito de Goiânia, Iris Rezende.

A vacina é exclusiva para vacinação em crianças menores de 1 ano, pois tem a dose própria para a idade. O Paço Municipal afirma que a entrega das 3.700 seringas serão feitas semanalmente pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de acordo com as demandas das unidades.

Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde da SMS, Flúvia Amorim, o estoque das seringas está previsto para mais de 40 dias, até que, a próxima remessa chegue novamente, como programado pelo Ministério da Saúde.

O esquema básico de vacinação com a vacina BCG corresponde a dose única e pode ser administrada em crianças até 4 anos, 11 meses e 29 dias.

Vacina BCG é prevenção eficaz contra formas graves de tuberculose

A vacina é composta pelo bacilo de Calmette & Guérin, obtido pela atenuação do Mycobacterium bovis, umas das bactérias que transmitem a tuberculose. Ela é considerada obrigatória e deve ser tomada o mais cedo possível.

Ela vacina previne a tuberculose, uma doença infectocontagiosa causada peloMycobacterium bovis ou pelo Bacilo de Koch, que ataca mais comumente os pulmões, mas pode também causar infecções nos ossos, rins e meninges (as membranas que envolvem o cérebro).

A transmissão da tuberculose é direta, de pessoa a pessoa, portanto, aglomerações são o principal fator de transmissão. O doente expele, pequenas gotas de saliva ao falar, espirrar ou tossir. Elas contêm o agente infeccioso e podem ser aspiradas por outro indivíduo. Qualquer fator que gere baixa resistência orgânica, também favorece o estabelecimento da tuberculose.

A doença causa tosse seca, emagrecimento, fraqueza e falta de apetite, e pode levar a eliminação de sangue pela tosse em casos mais graves. O tratamento é demorado, levando cerca de 6 meses.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.