Goiás

Bebê nasce dentro de viatura da Polícia Militar do Estado de Goiás

"Foi o prazo de colocar ela dentro da viatura e a bolsa estourou. Ali mesmo o Sargento Leandro fez o parto da criança e eu auxiliei", narra o soldado.
15/03/2019, 19h01

Um patrulhamento pelo Residencial Canadá, em Goiânia, na tarde desta sexta-feira (15/3) de uma equipe do 42º Batalhão da Polícia Militar do Estado de Goiás (BPM-GO), acabou com o nascimento de um bebê dentro da viatura no momento que os policiais encaminhavam a mãe da criança para o hospital.

A equipe era composta pelo Sargento Leandro e pelo Soldado Johnathan, que receberam uma ligação durante o patrulhamento, onde o pai da grávida afirmou que a filha estava com dores e solicitou o apoio dos policiais.

“Nós estávamos fazendo o patrulhamento pela aérea quando esse senhor ligou e pediu o apoio, pois sua filha estava sentido fortes dores, fomos até o local e colocamos a moça dentro da viatura”, conta o soldado.

Mãe da bebê entrou em trabalho de parto assim que entrou na viatura

Bebê nasce dentro de viatura da Polícia Militar do Estado de Goiás
FOTO: Divulgação

Conforme as informações da polícia, o local onde a família da criança mora é uma região de chácaras e de difícil acesso. O soldado que atendeu a ocorrência afirmou que não deu tempo nem mesmo de chegar ao hospital, pois assim que colocaram a mãe da bebê na viatura ela entrou em trabalho de parto.

“Foi o prazo de colocar ela dentro da viatura, ela começou a entrar em trabalho de parto e a bolsa estourou. Ali mesmo o Sargento Leandro fez o parto da criança e eu auxiliei”, narra o soldado.

Conforme as informações da polícia, a criança é uma menina e após o nascimento do bebê, os policiais encaminharam a mãe e a recém-nascida para o Hospital Materno Infantil (HMI) para receber os primeiros atendimentos.

“Foi uma ocorrência bem diferenciada, pois não é costume da corporação atender esse tipo de demanda, mas foi algo gratificante”, afirmou o sargento Leandro responsável pelo parto da menina.

Portal Dia Online entrou em contado com o HMI em busca de mais informações sobre as duas pacientes e foi informado que a mãe passou por uma sutura, pelo parto normal e que é um procedimento padrão e que a menina está bem.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.