Goiás

Justiça obriga Goiás a fornecer equipamentos de proteção individuais à Polícia Técnico-Científica

Em caso de descumprimento além de multa de R$ 1 mil, institutos podem ser interditados.
03/04/2019, 15h55

A 11ª Vara do Trabalho de Goiânia condenou o Estado de Goiás a fornecer equipamento de proteção individual (EPIs) aos funcionários das Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC), após uma ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho da 18ª região (MPT-GO).

Além de obrigar o Estado a entregar os EPIs para os servidores da SPTC, a ação do Ministério do Trabalho em Goiás determina que o governo estadual adeque as instalações dos institutos conforme as normas de segurança e prevenção estabelecidos pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO).

A ação foi proposta em 2013 pela Promotoria da Saúde do Trabalhador do MPT-GO, mas a decisão sobre o caso só saiu agora, pois em 2017 o Estado recorreu junto ao Tribunal de Justiça (TJ) que reconheceu a incompetência da Justiça Comum em julgar o caso e remeteu o processo para a Justiça do Trabalho.

Após a apreciação pela juíza, Narayana Hannas, ela afirmou que a Justiça estadual analisou a matéria e proferiu a sentença fundamentada no que foi exposto no processo contra o governo estadual. Conforme a magistrada, a decisão da Justiça comum procurou acabar com a omissão do poder público.

Além da condenação magistrada determinou multa de R$ 1 mil em caso de descumprimento por parte do governo estadual

A magistrada, ao analisar o processo e os argumentos neles contido, condenou o Estado a fornecer os EPIs necessários para os servidores da SPTC exercerem suas funções, em caráter definitivo e em caso de descumprimento afastar os servidores das atividades com manuseios de produtos químicos tóxicos, devido a falta dos equipamentos.

Além de obrigar o Estado a fornecer os EPIs aos trabalhadores, o governo estadual também foi condenado a adequar as instalações dos Institutos conforme às normas determinadas pelo CBMGO afim de garantir a segurança dos servidores nos prédios em caso de incêndio ou outras catástrofes.

Em sua decisão a magistrada ainda obriga o Estado a instalar o controle de acesso aos institutos para garantir a segurança dos servidores, das instalações e dos equipamentos, instrumentais e das provas indiciárias de infrações penais.

Para que possa cumprir com o que foi determinado pela sentença da magistrada, o Estado tem o prazo de seis meses desde o caso transitado e julgado fornecer os equipamentos e fazer as adequações necessárias. Caso o governo estadual não cumpra com o determinado pela sentença, foi estabelecida multa no valor de R$ 1 mil por dia, até que seja comprovada a adequação indicada pelos bombeiros e a apresentação do certificado com pena de interdição das instalações.

Dia Online procurou a Procuradora-Geral do Estado (PGE) para se pronunciar sobre a decisão e aguarda um posicionamento sobre a sentença.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Governador pede fim da greve dos professores, em Goiás

Caiado afirmou também que pagou cerca de 92% da folha do mês de março dos professores.
03/04/2019, 16h41

Após a entrega de 41 viaturas novas à Diretoria de Administração Penitenciária (DGAP), o governador Ronaldo Caiado (DEM) concedeu uma entrevista coletiva, na qual pediu para que os professores encerrem a greve que começou na manhã de hoje.

O governador afirmou que 92% da folha dos professores do mês de março foi quitada e que até a próxima sexta-feira (5/4) vai estar com 100% dela paga. Referente as exigências dos professores, Caiado lembrou que foi paga a primeira parcela do mês de dezembro.

“De uma dívida de R$ 380 milhões, nós já pagamos R$ 287 milhões. E eu tenho certeza absoluta de que eles [professores] vão seguir o mesmo caminho da nossa Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Agentes penitenciários que também tem a receber”, explica Caiado.

Durante a coletiva o Governador pediu para que os professores finalizem o movimento grevista

Caiado afirmou também que a Educação hoje tem o menor percentual para receber do mês de dezembro e acredita que a classe não vai penalizar as crianças com a paralisação. “Esse é um apelo nosso, pois não podemos  ter um ano assim, em que teremos a prova Brasil. E este é um momento de ponderação que faço, então por favor nos ajudem”, pede o gestor.

O governador lembrou a maneira como pegou o Estado e das dificuldades que vem superando nestes primeiros meses de governo. Ronaldo Caiado afirmou que o momento agora é de apoiar todos que estão trabalhando para resolver os problemas, e que a atual Secretária de Educação, Fátima Gavioli está em um processo avançado de negociação com o Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Goiás (Sintego).

“Nesse momento não cabe a mim, cabe a minha secretária tomar as providências e escalonar dentro daquilo que eu possa cumprir”, explica Caiado. Ao ser questionado durante a coletiva sobre a possibilidade de pagamento dos salários de dezembro dos professores até o fim desse primeiro semestre, o governador afirmou que é possível desde que o Estado tem arrecadação para quitar o débito.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Dia Gourmet

Sushi em Brasília: 12 restaurantes japoneses para conhecer

Restaurantes japoneses com festivais variados e de alta qualidade!
03/04/2019, 16h47

Embora tenha características tão distintas da nossa culinária tradicional, a comida japonesa está cada vez mais em evidência no Brasil. Formada por técnicas distintas e desenvolvida durante séculos, esse tipo de gastronomia faz sucesso em diversas partes do mundo, principalmente por ser considerada saudável devido ao uso de seus ingredientes, baseados principalmente em peixes e frutos do mar. E se você é um dos adeptos e está em busca de um bom lugarzinho para comer sushi em Brasília, podemos ajudar!

Portal Dia Online preparou uma listinha com algumas entre as melhores opções de restaurantes japoneses da capital. Além de oferecerem cardápio variado e festivais de qualidade, as casas ainda se preocupam em fazer com que seus clientes desfrutem da experiência perfeita.

Portanto, também investem na estrutura como um todo, fazendo com que seja possível ter aquela sensação boa de realmente estar em um cantinho do Japão. Interessante, não acha? Então confira abaixo e encontre o ambiente que mais lhe agrada! Ah, e não esquece de levar a família e os amigos, hein?!

Melhores lugares para comer sushi em Brasília:

1 – Sumô Sushi Lounge

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução / Sumô Sushi

Desde 2006, o Sumô Sushi Lounge trabalha para oferecer o melhor da comida japonesa/oriental para seus clientes. Por ali os clientes poderão sempre encontrar produtos frescos e da mais alta qualidade, garantindo o sabor tradicional e uma experiência gastronômica sem igual.

O principal serviço da casa é o buffet, ultrapassando 100 variedades, incluindo entradas quentes, sushis, sashimis, temakis, camarões e muito mais! Vale a pena fazer uma visita! Clique aqui para conferir o cardápio.

Horário de atendimento: terça a sexta, das 12h às 15h e das 18h30 às 23h / sábado, das 12h às 15h30 e das 18h30 às 23h / domingo, das 12h às 15h30

Telefone: (61) 3323-1115

Endereço: Asa Sul Comércio Local Sul 204 Bloco B 28 – Asa Sul, Brasília – DF, 70234-520

2 – Nazo Sushi Bar

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

O Nazo Sushi Bar é um dos melhores lugares para quem pretende se deliciar com um saboroso sushi em Brasília. Com ambiente sofisticado e uma cozinha moderna, os clientes encontram as principais iguarias da comida japonesa acrescidas com um toque todo especial da casa.

Por ali ainda é possível encontrar um dos festivais mais completos da cidade, com itens que atendem a todos os gostos. Além de sabores maravilhosos, ainda é possível desfrutar de uma experiência sem igual.

Horário de atendimento: segunda a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 23h / sexta, das 12h às 15h e das 19h às 00h / sábado, das 12h às 16h e das 19h às 00h / domingo, das 12h às 16h e das 19h às 22h

Telefone: (61) 3326-1726

Endereço: SIG Quadra 8 Lote 2375, St. de Industrias Graficas – Brasília, DF, 70610-480

3 – Haná

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

O Haná também é uma das melhores opções para saborear um delicioso sushi em Brasília. A casa oferece o melhor da comida japonesa tradicional e requintada, em um ambiente moderno e com decoração leve, dispondo ainda de um lindo terraço.

Presente na cidade desde 2002, não deixa para trás o lado alegre e descontraído dos brasileiros, proporcionando uma boa mistura entre as culturas. Certamente você poderá desfrutar de uma experiência diferente e que trará momentos marcantes. Clique aqui para acessar o site da casa e conferir o cardápio.

Horário de atendimento: todos os dias, das 12h às 15h e das 19h às 23h

Telefone: (61) 3244-9999

Endereço: BL B – SHCS 408 – Asa Sul, Brasília – DF, 70257-540

4 – Nippon Restaurante

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

Há mais de 30 anos em Brasília, o Nippon é uma das principais referências da cidade quando o assunto é comida japonesa. Além de deliciosos sushis, no cardápio ainda é possível encontrar pratos quentes, yakisobas, tempurás, lulas, ostras, ceviches e muitos outros pratos contemporâneos.

Apenas para que você tenha ideia, é possível encontrar variedade também nas receitas que levam sashimi e sushi, já que são cerca de 20 combinações usando mais de 50 peças, tudo fresquinho e de alta qualidade!

Horário de atendimento: segunda a quinta, das 12h às 14h e das 19h às 23h / sexta, das 12h às 15h e das 19h às 00h / sábado, das 12h às 15h30 e das 19h às 00h / domingo, das 12h às 16h

Telefone: 

  • (61) 3244-2477
  • (61) 3323-5213

Endereço:

  • SCLS 207, Bloco C Loja 17, Asa Sul Comércio Local Sul 207 – Asa Sul, Brasília – DF, 70253-530
  • s/n, Asa Sul Comércio Local Sul 403 – Asa Sul, Brasília – DF, 70237-520

5 – Banzai Sushi

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

Atuando na cidade desde 2010, aqui é possível encontrar sushi em Brasília de alta qualidade. O ambiente é mais reservado e casual, garantindo ainda muito conforto para seus clientes.

No cardápio é possível encontrar boa variedade, com destaque para as deliciosas yakisobas, que podem ser encontradas em diferentes combinações. Os temakis também são uma delícia! Clique aqui e confira o cardápio.

Horário de atendimento: terça a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 23h / sexta, das 12h às 15h e das 19h às 00h / sábado, das 12h às 16h e das 19h às 00h / domingo, das 12h às 16h e das 19h às 23h

Telefone: (61) 3242-3525

Endereço: Loja 6 BL B, SHCS CLS 105, Brasília – DF, 70344-520

6 – Kimura Sushi

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

Aqui você encontra um restaurante que serve o melhor da comida japonesa, com deliciosas iguarias em combinados contemporâneos à la carte. É um excelente lugar para comer sashimi ou sushi em Brasília, com um festival variado e com um dos precinhos mais justos de toda a cidade, levando em consideração a alta qualidade.

Ah, e vale lembrar que os pratos não costumam demorar! Tudo isso em um ambiente moderno e estilizado, proporcionando conforto e uma boa experiência.

Horário de atendimento: terça a quinta, das 19h às 23h / sexta, das 19h às 00h / sábado, das 12h às 15h e das 19h às 00h / domingo, das 12h às 15h e das 19h às 23h

Telefone: (61) 3546-3488

Endereço: Rua 12, Chácara 312 A – Lote 13 – SH Vicente Pires, DF, 72007-725

7 – Kabuki Sushi House

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

Sem dúvida, um dos melhores restaurantes de sushi em Brasília! É possível encontrar excelente variedade e qualidade nas peças oferecidas, sempre muito bem elaboradas e com apresentações encantadoras. Além disso, o cardápio ainda conta com outras diversas alternativas da comida japonesa, com um menu refinado e inventivo.

Como se não bastasse, a casa trabalha ainda com opções abrasileiradas, garantindo um toque todo especial e saboroso com espetinhos inusitados.

Horário de atendimento: terça a quinta, das 19h às 23h / sexta e sábado, das 12h às 15h e das 19h às 23h / domingo, das 12h às 17h

Telefone: (61) 3321-2040

Endereço: St. de Clubes Esportivos Sul Trecho 2 – Asa Sul, Brasília – DF, 70200-002

8 – Kojima

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

Com mais de 20 anos de experiência no mercado, o Kojima também é referência para quem está em busca de um delicioso sushi em Brasília. Com acesso facilitado, os clientes encontram um ambiente moderno e descolado, perfeito para ir com a família e amigos.

Além dos tradicionais pratos da comida japonesa, um dos destaques da casa vai para a culinária de inspiração nikkei, que é a fusão entre a gastronomia peruana e japonesa na mesma panela, resultando em sabores extraordinários. Incrível, não é mesmo? Para conferir o cardápio, basta clicar aqui.

Horário de atendimento:segunda, das 19h às 23h / terça a sábado, das 12h às 14h45 e das 19h às 23h / domingo, das 12h às 14h45 e das 19h às 22h30 (os horários podem ser diferentes de acordo com a unidade).

Telefone: 

  • (61) 3443-0118
  • (61) 3436-2212

Endereço:

  • Asa Sul Comércio Local Sul 406 Bloco C Loja 13 – Asa Sul, Brasília – DF, 70255-530
  • R. 36 Norte, 06 – Águas Claras, Brasília – DF, 71900-100

9 – Shoio Sushi Lounge

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

Em um espacinho moderno com varanda, o Shoio está presente em Brasília desde o fim de 2017 e já está entre os preferidos da população. No cardápio é possível encontrar diversos pratos da gastronomia japonesa, que podem ser servidos em buffet ou rodízio.

Como se não bastasse, os clientes ainda podem desfrutar de uma variada carta de drinques, sempre preparados com os melhores ingredientes, para agradar a todos os gostos. Confira o cardápio clicando aqui.

Horário de atendimento: terça a quinta, das 11h45 às 15h e das 18h30 às 23h / sexta, das 11h45 às 15h e das 18h30 às 00h / sábado, das 11h45 às 16h e das 18h30 às 00h

Telefone: (61) 3223-8632

Endereço: Asa Sul Comércio Local Sul 201 BL B – Asa Sul, Brasília – DF, 70252-520

10 – Sushi Woman

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

No mercado desde 2007, o lugar oferece uma deliciosa combinação de restaurante e temakeria, bastante conhecida em Brasília. Seus combinados preparados com atum, salmão, anchova negra e robalo são os principais destaques da casa.

Todos os ingredientes são selecionados e fresquinhos, recebendo ainda o toque especial da Sushi Woman da casa, que garante o sabor irresistível da comida japonesa. Aqui ainda é possível encontrar uma boa opção de sushi em Brasília! Conheça o cardápio clicando aqui.

Horário de atendimento: segunda, das 18h às 23h30 / terça a quinta, das 18h às 00h / sexta e sábado, das 12h às 00h / domingo, das 12h às 23h30

Telefone: (61) 3556-6898

Endereço: Asa Norte Quadra 109 Bloco A Loja 20/30 – Asa Norte, Brasília – DF, 70297-400

11 – New Koto

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

Aqui é possível encontrar um ambiente sofisticado e de bom gosto, com pratos que seguem a tradição da gastronomia japonesa. A casa trabalha apenas com ingredientes frescos e escolhidos a dedo, garantindo sabores maravilhosos.

Destaque ainda para o atendimento, que é sempre bastante cordial e pronto para melhor atender! Apesar disso, vale considerar que o ambiente é um dos mais populares da cidade, portanto, costuma ficar cheio o tempo todo e pode ser que seu pedido demore um pouco. No mais, vale muito a pena e certamente você provará uma das melhores opções de sushi em Brasília!

Horário de atendimento: terça a sábado, das 12h às 15h e das 19h às 23h

Telefone: (61) 3346-9668

Endereço: Asa Sul Comércio Local Sul 212 LOJA 20 BL C – Asa Sul, Brasília – DF, 70275-530

12 – Nikkei Brasília

Sushi em Brasília / comida japonesa
Foto: Reprodução

Conforme já mencionamos anteriormente, a culinária nikkei é uma boa união entre a gastronomia japonesa e peruana. Portanto, já deu para perceber do que se trata o restaurante em questão, não é mesmo?

Aqui, além de deliciosos pratos da comida japonesa, você ainda pode desfrutar de um cardápio cheio dessa boa mistura, com pratos excelentes e de muito bom gosto. Ainda é possível contar com drinques e um ambiente contemporâneo com muita luz natural. Clique aqui e confira o cardápio.

Horário de atendimento:

segunda, das 19h às 00h / terça, quarta e domingo, das 12h às 00h / quinta, sexta e sábado, das 12h à 1h

Telefone: (61) 2099-2460

Endereço: s/n, St. de Clubes Esportivos Sul Trecho 2, Brasília – DF, 71620-095

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Red Hot Chilli Peppers transmite show ao vivo do Egito

Sabia que o Rock está enraizado nas origens do streaming de shows? A produção cultural para transmitir shows ao vivo nunca esteve tão aquecida pelas tecnologias emergentes. Com todas as novas possibilidades de transmissão, o LiveStreaming se apresenta como uma evolução do vídeo e uma correlação entre Internet, Tecnologia e Conteúdo.
03/04/2019, 17h02

Transmitir shows ao vivo é um prática comum no meio cultural. Claro que todo(a) artista quer levar sua mensagem ao maior número de pessoas. Na indústria da música, essa realidade chega a milhões de espectadores. Mas o que poucos sabem é que dá pra encantar também o público que está em casa ou, simplesmente, em um continente diferente.

Shows Convencionais

Alguns shows convencionais entraram para a história por inovarem na transmissão. Foi o caso do Pink Floyd que, em sua turnê de 1980, utilizou uma das primeiras projeções de vídeo diretamente no palco. Houve rumores, na época, de que o show teria sido ouvido por tripulantes da NASA, no espaço. A banda entrou pros tablóides da época. O boato foi desmistificado logo depois pois todos sabem que as ondas de som não se propagam no espaço (vácuo). Em 1973 entrou para o livro de recordes com o álbum mais vendido da história.

Pouco adiante, em 1990, a banda surpreendeu novamente. Flashes de laser, bonecos de pessoas e porcos em chamas tomaram conta do palco. Como resultado, a banda entrou no Guiness Book novamente como show mais bem produzido da história, até então.

Red Hot Chilli Peppers transmite show ao vivo do Egito

Os shows evoluíram

Desde então se popularizou, nos anos 90, a utilização do telão como recurso adicional do palco. Afinal, nem todas as pessoas que estão no show conseguem, de fato, ver seus artistas favoritos. E quem não consegue ir até o evento? É o caso do mundialmente conhecido Rock in Rio, que reúne o mundo todo no Brasil para celebrar o Rock. O evento expandiu tanto, nos últimos anos, que começou a incorporar artistas sem relação alguma com o Rock e suas origens. E isso foi possível graças à popularização do show que acontece, principalmente, com as transmissões ao vivo que o canal Multishow faz, em contrato de exclusividade.

Novas possibilidades

Com a ascensão de novas tecnologias, surgem também novas oportunidades para os negócios de entretenimento (business show). E com a popularização da internet e dos dispositivos com acesso na virada do milênio, os shows se especializaram ainda mais. Desde retransmissões diretas no palco à contratação de canais abertos de TV. Os shows evoluíram. Se tornou comum canais de TV exibirem a transmissão dos Shows na íntegra. Outro grande exemplo são os shows de final de ano, da virada, que se popularizaram na TV de milhões de brasileiros.

A segunda década do segundo milênio continua marcada por novas possibilidades tecnológicas. Não apenas na transmissão dos shows mas nas diversas experiências do espectador, tanto o que está assistindo o show no local quanto o que está via Streaming. Então, já percebeu que dá pra ter duas bilheterias, certo? Uma pra quem vai no show, mais cara, e uma para quem não pôde ir mas deseja ver de casa, na TV ou em um aplicativo de transmissão.  Video mapping, retransmissão no palco e LiveStreaming são as grandes novidades para o mundo dos Shows.

Red Hot transmite Show para milhões no dia 15/03

No último dia 15 de março a banda Red Hot Chilli Peppers se apresentou no Egito e utilizou todas as as possibilidades para encantar seus fãs. Além de projeções em video mapping nas pirâmides, a banda retransmitiu o sinal, do Egito, para todos os outros continentes, utilizando seus canais oficiais nas principais redes. Então foi possível ver a megaprodução do show e as pirâmides do Egito, tudo graças à tecnologia LiveStreaming.

E existem diversas formas de utilizar o LiveStreaming. E é claro que as plataformas profissionais de streaming têm suas vantagens. Além de contar com toda a estrutura necessária, o show que você deseja produzir pode inovar, ainda mais, nas tecnologias. Não foi interessante ao Red Hot contratar uma plataforma pois a banda não tinha nenhuma intenção de marketing na produção cultural do show. Mas, caso fosse uma necessidade, conhecer o público, transmitir com uma plataforma profissional de streaming seria a solução ideal. Através dela é possível coletar os dados de engajamento da transmissão, monetizar inserindo anúncios e, ainda transmitir sem internet no evento.

Transmita seus shows ao vivo 

Então, para transmitir seu show criando um aplicativo para Smartphones em ambas as plataformas; iOS e Android e, até mesmo, para um hotsite, você precisa contratar um serviço profissional de streaming. Como resultado você terá uma transmissão com monetização, dados analytics e possibilidade de transmitir sem internet.

Os serviços profissionais de Streaming, como o da Zoeweb, oferecem uma estrutura robusta para o número de usuários e o meio de divulgação que você precisa. Já imaginou se a banda Red Hot Chilli Peppers tivesse cobrado 1 dólar de cada usuário conectado?

Só com o público de seguidores do Instagram, a banda poderia ter faturado 3,1 milhões de dólares. Em Reais? 11.9 milhões!

Red Hot Chilli Peppers transmite show ao vivo do Egito

Quer transmitir ao vivo? Fale agora mesmo com um dos Especialistas em transmissão ao vivo da Zoeweb.

Via: Zoe Web 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Cine Cultura abre espaço para produções independentes em Goiânia

Inaugurado em 1989, o Cine Cultura é o principal espaço para exibição de filmes independentes em Goiânia. Conheça sua história e importância!
03/04/2019, 18h15

Já faz algum tempo que o cinema vem sendo utilizado como um dos principais meios de expressão cultural da sociedade, com obras que se preocupam em cumprir um papel social, indo muito além do mero entretenimento. Dessa forma, esta é uma ferramenta que pode estar associada diretamente com a educação, no sentido de abrir espaço para discussões de caráter histórico, cultural, político, literário e abrangendo ainda outra diversidade de temas. Bem, essa é justamente a proposta do Cine Cultura em Goiânia, que tem como principal objetivo oferecer produções para quem está em busca de conhecimento e também de qualidade.

Quando o assunto é cinema independente, o espaço é a principal referência da capital. Apenas para que você tenha ideia, foi um dos primeiros a chegar na cidade, inaugurado ainda em 1989. É claro que, quando comparado aos cinemas mais populares, conta com extensões bem menores, mas vale considerar que sua proposta é diferente, portanto, não é necessário contar com centenas de salas e nada do tipo.

Cine Cultura abre espaço para produções independentes em Goiânia
Foto: Reprodução

Por atuar na cena independente, diversos festivais de cinema são apresentados por ali, atraindo cinéfilos não apenas de Goiânia, mas também de cidades vizinhas e até mesmo de outros estados. É um excelente lugar para quem realmente é apaixonado pelo audiovisual brasileiro, fomentando o desenvolvimento e consumo de produções do tipo.

Se você ainda não conhece o Cine Cultura, fica aqui o convite para mergulhar um pouquinho mais em sua história! E se pretende ficar por dentro da programação, no final da matéria deixaremos um link em que será possível acompanhar tudo que vai rolar nos próximos dias. Fica ligado!

Conhecendo o Cine Cultura, em Goiânia

Cine Cultura abre espaço para produções independentes em Goiânia / cinema
Foto: Reprodução/ Cine Cultura

Apenas a título de curiosidade, o Cine Cultura é na verdade um grande projeto que está presente não apenas na capital, mas também em outras cidades pelo país. Em Goiânia, foi inaugurado em 15 de julho de 1989, fazendo com que a pequena sala de apenas 98 lugares, batizada de “Sala Eduardo Benfica”, abrisse suas portas para a história do cinema, que vem sendo escrita com grande louvor ainda nos dias atuais.

O primeiro filme ali exibido foi “Caminho dos Gerais – Vida e Obra de Bernardo Élis”, de Carlos Del Pino. Naquele mesmo dia, o público ainda pôde ver o longa-metragem “A Família”, do diretor italiano Ettore Scola.

Cine Cultura abre espaço para produções independentes em Goiânia / cinema
Foto: Reprodução

O lugar ficou sob a direção de Antônio Segatti durante anos, ele que foi um importantíssimo diretor de fotografia em diversas produções cinematográficas de Goiás. Foi nesse período que o Cine Cultura assumiu definitivamente o seu papel na cena independente, se firmando como o principal espaço para a exibição de filmes não-comerciais em Goiânia, oferecendo ao público experiências únicas, que os cinemas do circuito comercial não se dispõem a encorajar.

Atualmente, a sala do local oferece 97 lugares, sendo que um deles é destinado para cadeirante. Seguindo suas premissas, o cinema privilegia o que há de melhor nas produções audiovisuais contemporâneas, dando espaço para pequenas mostras e festivais. O foco é continuar oferecendo para Goiânia, uma programação democrática e ampla, transformando o local em um espaço de convivência para os cinéfilos de plantão, onde os debates e reflexões sejam sempre bem vindos.

A importância do Cine Cultura em Goiânia

Cine Cultura abre espaço para produções independentes em Goiânia / cinema
Foto: Reprodução

É válido destacar ainda que o Cine Cultura trabalha com preços mais acessíveis que os praticados na praça e, por diversas vezes, ainda proporciona entrada gratuita, fazendo com que todos tenham a oportunidade de participar.

Ainda é possível locar a sala para exibição de filmes em cartaz, contando com preços fixos que correspondem a menos da metade do valor cobrado em uma rede comercial, por exemplo. É perfeito para empresas ou escolas que queiram exibir uma produção mas que não possuam o espaço para tal.

Cine Cultura abre espaço para produções independentes em Goiânia
Foto: Reprodução

Assim, o ambiente busca sempre estabelecer uma relação mais próxima com seu público, mantendo um contato direto e pessoal. De acordo com o que consta em seu site: “ser um catalisador de experiências audiovisuais, de aproximação com a cultura e com a arte através do cinema, é o que motiva o Cine Cultura“.

De fato, é um lugarzinho especial em Goiânia, onde a paixão pelo cinema pode florescer e ainda gerar bons frutos, sem impor quaisquer limitações.

E se você pretende imergir nessa ideia e ficar por dentro de tudo que rola no local, basta clicar aqui e conferir a agenda.

Mais informações:

Telefone para contato: (62) 3201-4670

Endereço: Centro Cultural Marietta Telles Machado – Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira, 2 – Centro, Goiânia – GO, 74003-010

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.