Goiás

Assaltante é preso após fazer reféns dentro de carro na BR-040, em Cristalina

O criminoso, que é chefe de uma quadrilha que praticava os assaltos, ainda manteve dois reféns antes de ser detido pela polícia.

Por Ton Paulo
05/04/2019, 12h48

Um homem foi preso na manhã desta sexta-feira (5/4) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-040, em Cristalina, acusado de praticar vários assaltos contra caminhoneiros na região. O criminoso, que é chefe de uma quadrilha que praticava os assaltos, ainda manteve dois reféns antes de ser detido pela polícia.

De acordo com informações da PRF, a ocorrência teve início quando os policiais receberam uma denúncia de tentativa de assalto na BR-040, onde indivíduos em um veículo Toyota/Corolla haviam disparado três vezes contra o motorista de um caminhão.

Os policiais rodoviários federais, então, deslocaram-se imediatamente para a região, onde adentram uma rodovia estadual (GO-436) para tentar localizar os indivíduos. Foi aí que os policiais receberam uma nova denúncia de assalto envolvendo os mesmos assaltantes anteriormente denunciados, que efetuaram mais disparos em novas tentativas de assaltos.

Ainda conforme a PRF, no entroncamento da GO-010 com a GO-436, os policiais avistaram então o Toyota/Corolla. Dois indivíduos armados atiraram contra a viatura policial, que revidou, protagonizando uma troca de tiros.

Um homem fugiu e um outro, de 28 anos, foi preso. Este é apontado como mandante de diversos outros assaltos na região de Cristalina, interior de Goiás.

Assaltante preso na BR-040, em Cristalina, estava mantendo dois reféns dentro de veículo

Como informado pela PRF, dentro do veículo do suspeito que foi preso, os policiais encontraram e libertaram dois homens: motorista e ajudante de um caminhão que foram surpreendidos e feitos de reféns.

O veículo em que os ladrões estavam possuía ocorrência de roubo/furto registrada no ano de 2017, e estava com os caracteres identificadores do veículo alterados. Dentro dos veículos os policiais encontraram, ainda, um revólver calibre 38 com uma munição e uma garrucha calibre 22 com quatro munições intactas e duas deflagradas.

A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Judiciária para as providências cabíveis.

Veja o vídeo do momento da prisão:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Vereador de Jataí renuncia por "motivos pessoais" após ser denunciado por enriquecimento ilícito

Segundo o MP, João Rosa (PSDB) teria enriquecido ilicitamente num esquema em que cobrava parte do salário de servidores da Câmara de Jataí.

Por Ton Paulo
05/04/2019, 13h21

O vereador João Rosa Leal (PSDB), da Câmara Municipal de Jataí, protocolou na tarde da última quinta-feira (4/4) seu pedido de renúncia do mandato. O pedido veio depois que o promotor de Justiça do Ministério Público de Goiás (MP-GO), João Biffe Júnior, pediu seu afastamento por improbidade administrativa, uma vez que o vereador de Jataí (agora ex) teria enriquecido ilicitamente num esquema em que cobrava parte do salário de servidores da Câmara de Jataí. Na carta de renúncia, entretanto, João Rosa alegou “motivos pessoais”.

Em carta protocolada na tarde de ontem, o tucano João Rosa comunica “a renúncia expressa ao mandato de vereador” e “em caráter irrevogável e irretratável com efeitos imediatos”. Ele ainda diz na carta que “as razões que levaram a esta decisão são de cunho estritamente pessoal”.

Apesar da alegação do tucano, tudo leva a crer que o motivo de sua renúncia foi outro. Na tarde de quarta-feira (3/4), o promotor João Biffe anunciou o pedido de afastamento do vereador João Rosa. A causa são investigações apontando improbidade administrativa através de enriquecimento ilícito. Segundo o Promotor, investigações comprovaram que o vereador, desde 2012, tem cobrado vantagens indevidas de seus assessores. E também que as práticas continuaram ocorrendo até o mês de março deste ano.

Com a saída de João Rosa, o primeiro suplente da coligação da qual o PSDB fez parte nas eleições de 2016, o pastor Luiz Carlos Cabral dos Anjos, vai reassumir o cargo de vereador.

O esquema do vereador de Jataí

Com o avanço das investigações, o titular da 4ª Promotoria de Justiça de Jataí João Biffe, apurou a partir de depoimentos de uma ex-servidora e três atuais funcionários do gabinete do vereador João Rosa Leal, que ele, há anos, solicita parte de suas remunerações, ameaçando exonerar aqueles que não aceitassem os repasses.

Segundo os depoentes, o vereador afirma que o dinheiro seria usado para ajudar eleitores que procuram o gabinete em busca de tratamento de saúde. Estima-se que, desde 2012, sem considerar décimo terceiro salários, férias e correção, o vereador tenha obtido um enriquecimento ilícito de R$ 332.500,00.

De acordo com o MP-GO, o promotor ainda espera obter mais provas a respeito do caso, razão pela qual instaurou um outro inquérito civil com a finalidade de apurar solicitação de repasses no gabinete de João Rosa e melhor instruir a respectiva ação por ato de improbidade que será proposta.

Daí a razão dos pedidos feitos na cautelar (que pediu o afastamento do vereador antes de ele renunciar), uma vez que sua permanência no cargo pode prejudicar “a completa elucidação dos fatos, especialmente pela relação de subordinação hierárquica entre ele e as principais testemunhas do caso”

A reportagem do Dia Online segue tentando contato com João Rosa.

Via: MP-GO 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Fim de semana em Goiânia oferece boas atrações para curtir

Se você ainda não sabe o que fazer neste fim de semana, se liga na agenda especial que preparamos! Peças de teatro, bom humor e muito café!
05/04/2019, 14h17

E aí, já sabe o que fazer neste fim de semana em Goiânia? Se você ainda não se organizou para aproveitar os dias de folga e não pretende ficar curtindo preguiça em casa, o Portal Dia Online preparou uma listinha com os principais eventos que rolam na cidade entre os dias 5 a 7 de abril.

O destaque do fim de semana vai para o grupo de comédia “Os Melhores do Mundo”, que apresenta uma peça bem humorada neste sábado, no Teatro Rio Vermelho. Mas as crianças também poderão aproveitar alguns eventos que foram desenvolvidos especialmente para elas. E se você é amante de bons cafés, pode ficar feliz pois também rola um evento bem especial, e o melhor, é quase de graça! Confere aí!

Confira o que rola neste fim de semana em Goiânia:

1 – Café Fest Brasil, no Shopping Cerrado

Fim de semana em Goiânia
Foto: Pexels

A praça de alimentação do Shopping Cerrado recebe neste fim de semana em Goiânia, a primeira edição do Café Fest Brasil, que tem como objetivo aproximar pessoas e setores envolvidos na cadeia produtiva.

O evento visa fortalecer a interatividade no cenário dos cafés especiais, abrindo as portas para diversas cafeterias, baristas, representantes e parceiros que já possuem presença confirmada. Serão diversas atrações e muito entretenimento para um público pra lá de especial!

A entrada no ambiente será gratuita, no entanto, vale lembrar que vão rolar palestras e algumas exposições, estas, que são exclusivas para quem fizer sua inscrição prévia, de forma gratuita, pelo Sympla. Para fazer a sua, basta clicar aqui.

E para participar da degustação dos cafés especiais, o ingresso custa apenas R$ 5. O evento acontece nos dias 5, 6 e 7 de abril. Será imperdível!

2 – Cantando Histórias, no Teatro Sesc Centro

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

Neste show, o cantor e compositor Pádua, retorna ao Teatro Sesc Centro com um apanhado de seus 42 anos de carreira. No repertório, canções já consagradas e músicas inéditas, que fazem parte do novo CD, Cantando Histórias.

O evento acontece nesta sexta (5/04), no Teatro Sesc Centro e tem início às 20h. Os ingressos custam R$ 11,50 (meia) e R$ 23 (inteira), com preços especiais para trabalhadores do comércio e conveniados. Para comprar o seu, clique aqui.

3 – Show da banda Venosa, no Bolshoi Pub

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

Para deixar a noite do público goianiense ainda mais agitada, o Bolshoi Pub recebe no dia 5 de abril (sexta), a banda Venosa, que já é bastante conhecida na casa e em toda Goiânia. O show está previsto para ter início às 00h e é a oportunidade perfeita para curtir o que há de melhor do pop rock e do rock nacional e internacional. Será uma noite imperdível para os rockeiros de plantão! O fim de semana em Goiânia promete!

Para conferir mais detalhes, acesse o evento em nossa agenda cultural clicando aqui.

4 – Espetáculo “Tormentas da Paixão”, com o grupo de comédia “Os Melhores do Mundo”, no Teatro Rio Vermelho

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

Preparado para participar de um dos melhores eventos de humor que já viu na vida? Então pode comemorar, pois o grupo de comédia Os Melhores do Mundo já possui data para desembarcar em Goiânia, apresentando ao público o espetáculo “Tormentas da Paixão”, que promete divertir a todos!

O evento acontece no dia 6 de abril (sábado), a partir das 19 horas, no Teatro Rio Vermelho. Para que você tenha ideia do que esperar, o espetáculo funciona como uma sátira aos enlatados romances americanos.

Para conferir mais detalhes, acesse o evento em nossa agenda cultural clicando aqui.

5 – Histórias Du Caixote, no Teatro Sesc Centro

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

Neste espetáculo, os contadores encontram um caixote onde estão antigas histórias como Dona Flor e o sapo, O pescador, A lenda vitória-régia, O anel e o rei. Para narrar cada trama, se vestem de diversos personagens e interpretam cada trama transmitindo mensagens sobre vida em sociedade, meio ambiente, saúde, educação e respeito, além de muitas risadas e animação, com músicas ao vivo.

O espetáculo é destinado ao público infantil e será apresentado em duas sessões, no dia 6 de abril (sábado), uma às 15h (clique aqui para comprar o ingresso), e outra às 17h (clique aqui para comprar o ingresso). Os ingressos custam R$ 7,50 (meia) e R$ 15h (inteira), com valores especiais para trabalhadores do comércio e conveniados.

6 – Projeto Domingo no Circo, no Circo Laheto, Parque da Criança

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ O que Rola

O Circo Laheto é um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do projeto Domingo no Circo, que traz para Goiânia o grupo de samba Heróis de Botequim. No repertório, sucessos de Chico Buarque, Cartola, Vinícius de Moraes, Noel Rosa, Paulinho da Viola e muito mais! Os músicos prometem uma tarde inesquecível!

O evento acontece neste dia 7 de abril (domingo), a partir das 16h, no Circo Laheto – Parque da Criança, que se encontra ao lado do Estádio Serra Dourada. Ainda vão rolar apresentações de palhaços, malabares, bambolês e acrobacias. O grupo sobe ao palco a partir das 17h. O ingresso custa R$ 10 (inteira) e crianças de até 6 anos não pagam a entrada.

O fim de semana em Goiânia realmente conta com eventos imperdíveis!

Imagens: Pexels YouTube 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Ex-servidor do TJGO e advogado são presos por envolvimento com Comando Vermelho, em Goiás

Advogado alegou que manteve conversas com o ex-servidor do TJGO e com o líder da facção armazenadas por questão de segurança.
05/04/2019, 14h39

Um advogado e um ex-servidor do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), foram presos por policiais da Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), durante a Operação Antídoto, deflagrada na última quarta-feira (3/4) que investiga a venda de sentenças a integrantes do Comando Vermelho (CV), em Goiás.

O resultado da operação foi apresentado durante uma coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (5/4). Conforme a publicação de um Jornal local, foram encontradas mensagens no celular do advogado Emerson Tadeu Vita Ferreira em uma conversa com o assistente de juiz, Carlos Eduardo Moraes Nunes, ex-servidor das 3ª Vara Criminal da capital, que mostra a ligação dos suspeitos com membros do CV.

Na coletiva na manhã de hoje, a polícia afirmou que o então assistente judicial passava informações sigilosas, em troca de uma compensação financeira, dos processos e investigações contra os líderes da facção. Conforme as investigações apontam, houve momentos nas conversas entre eles, que houve desentendimento entre os envolvidos, o que evidenciou que não foi o primeiro acordo firmado entre eles.

Advogado preso negociava com ex-servidor do TJGO sentenças para beneficiar líderes do Comando Vermelho

As investigações da DRACO apontam para ligação do advogado com o líder do CV, André Luiz Lima, que o chama carinhosamente de “papai”. Conforme divulgado pela polícia, Emerson Tadeu Vita Ferreira teria envolvimento com lavagem de dinheiro e auxiliava a planejar a fuga de um dos membros do comando preso na Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia (CPP).

De acordo com a polícia durante o seu depoimento, o advogado afirmou que procurou Nunes e pediu dinheiro para beneficiar os líderes do grupo criminoso, por ser servidor da 3ª Vara Criminal de Goiânia, em que existem importantes processos contra os integrantes do CV. O advogado alegou que armazenou as conversas com os envolvidos para sua segurança.

Dia Online entrou em contato com o TJGO em busca de um posicionamento sobre o servidor preso e investigado na operação. Em nota o TJGO afirmou que ao ser notificado da ação policial e dos indícios de participação do ex-servidor em ações criminosas, Carlos Eduardo foi exonerado do cargo imediatamente. O Tribunal de Justiça informou também que o pedido de prisão do ex-servidor foi do próprio poder judiciário.

Confira a nota

“O Tribunal de Justiça de Goiás informa que, diante dos indícios da participação do ex-servidor nas ações criminosas objeto de investigação pela Polícia Civil – DRACO, ele foi imediatamente exonerado. Informa, ainda, que partiu do próprio Judiciário goiano o mandado de prisão contra Carlos Eduardo.”

Via: O Popular 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Golpe de falso sequestro preocupa polícia em Itumbiara

Em 15 dias foram registrado sete casos e em um deles a vítima caiu e pagou R$ 16 mil aos golpistas.
05/04/2019, 16h29

Nos últimos 15 dias a polícia registrou ao menos sete golpes de falso sequestro em Itumbiara. Os golpista conseguem os dados das vítimas pelas redes sociais e ligam para as vítimas informado sobre o sequestro de um familiar. Em um deles, a vítima acreditou que tinha um ente querido sequestrado pelos golpista e acabou efetuando o pagamento de R$ 16 mil, por transferências bancárias nas contas dos suspeitos.

Dia Online conversou com o delegado Ricardo Chueire que contou à reportagem a maneira de agir dos golpistas. “Eles conseguem os dados das pessoas pelas redes sociais e depois entram em contato e afirmam que estão com algum parente da vítima, e para poder libertar o ente querido exigem o depósito ou a transferência de uma determinada quantia em dinheiro”, explica o delegado.

Conforme o delegado, ao menos sete casos foram registrados na cidade nos últimos 15 dias. Chueire afirma que desses casos, seis a polícia esteve atuando e conseguiu contornar e identificar o golpe, mas em um deles a vítima caiu e pagou cerca de R$ 16 mil aos bandidos.

“As pessoas têm exposto muito suas vidas nas redes sociais, os marginais acabam descobrindo e durante a ligação fornecem outros detalhes sobre a vida das pessoas para dar sequência no golpe”, conta o delegado.

Delegado afirma que golpista aproveitam o desespero do familiar para aplicar o golpe do falso sequestro

O delegado afirmou que uma vítima fez pequenos depósitos para os golpista, e que parte do dinheiro foi bloqueada pela polícia, mas que a pessoa perdeu o equivalente a R$ 8 mil. Em relação este caso, Chueire conta que foi instaurado o inquérito policial para identificar para quem foi pago o suposto resgate.

“O bandido aproveita o momento que a vítima leva o susto e fica desesperada com a notícia do sequestro, pois nesse momento ele não checa ou procura a polícia para saber o que está acontecendo e acaba caindo no golpe”, lembra o delegado.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.