Goiás

Após fazer refém e transmitir ao vivo pelo Facebook, em Rio Verde, homem é preso

Ele ficou ferido na boca, após disparar contra si mesmo. Já a moça, felizmente, saiu ilesa.

Por Ton Paulo
09/04/2019, 00h27

O homem que fez uma moça de refém em Rio Verde, a 230 quilômetros de Goiânia, imobilizando e apontando uma arma para a cabeça dela enquanto transmitia ao vivo pelo Facebook foi preso agora há pouco pela polícia após uma intensa negociação. Ele ficou ferido na boca, após disparar contra si mesmo. O fato foi noticiado com exclusividade pela reportagem do Dia Online.

O homem, identificado como Matheus Campos de Oliveira, de 23 anos, transmitiu ao vivo minuto a minuto pelo Facebook desde as 21h30 de ontem (8/4), enquanto mantinha como refém Herlandia Rodrigues na casa da moça, no município goiano de Rio Verde.

Na transmissão, Matheus, apesar de ameaçar Herlandia com a arma, diz que não vai machucá-la e pede a presença de sua mãe e da imprensa. Enquanto a moça chora em desespero, ele faz uma série de reclamações sobre seu desemprego e sua suposta frustração por não ter conseguido uma colocação no mercado de trabalho. Simultaneamente, ouve-se policiais negociando com ele a liberdade da moça.

Já a moça demonstra preocupação com seu pai, que estaria no cômodo ao lado. “Por favor, moço, vê se meu pai ta bem!”, implora ela.

Conforme apurado pela nossa reportagem, em um determinado momento da negociação, os policiais arrombaram a porta da casa onde Matheus mantinha Herlandia como refém. Neste momento, no susto, o suspeito acabou atirando contra o próprio rosto.

Ele foi preso e passou por uma tomografia. Já Herlandia foi encaminhada para a delegacia e prestou depoimento. Ela não sofreu nenhum ferimento.

Prisão do homem que manteve moça como refém e transmitiu ao vivo, em Rio Verde, causou reação em quem acompanhava situação

A reportagem do Dia Online obteve imagens exclusivas do momento da prisão de Matheus. O homem sai algemado e ferido na boca, e ao ser visto pela pequena multidão do lado de fora da casa que acompanhava tudo, é vaiado e xingado.

Veja o vídeo:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Chuva faz telhado do Vapt Vupt do Buriti Shopping ceder; serviços estão suspensos

Comunicado foi feito pela Superintendência do Vapt Vupt, após forte chuva ceder parte do telhado da unidade.
09/04/2019, 07h56

Os serviços oferecidos pelo Vapt Vupt localizado no Buriti Shopping, em Aparecida de Goiânia, estão temporariamente suspensos, conforme comunicado divulgado pelo perfil oficial da Superintendência do Vapt Vupt. Com a forte chuva ocorrida na noite desta segunda-feira (8/4), parte do telhado da unidade cedeu e danificou os equipamentos elétricos.

O incidente ocorreu por volta das 16h30; os atendimentos no local foram encerrados mais cedo. Como o vazamento teve início em parte do teto da sala de coordenação, o fornecimento de energia na unidade foi desligado. De acordo com o Shopping, as demais lojas seguem em normal funcionamento.

Algumas horas após o desabamento, a Superintendência do Vapt Vupt informou, por meio de suas contas oficiais nas redes sociais, que o atendimento na unidade estava suspenso. De acordo com o texto, a suspensão temporária dos serviços preza pela “integridade e conforto dos usuários”. Ainda segundo a Superintendência, a equipe de manutenção do Shopping já avalia o tamanho dos estragos no local.

Chuva em Goiás

Na manhã de ontem (8/4), o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) havia publicado um alerta amarelo para risco de chuvas intensas e volumosas em Goiás. Também nesta terça-feira (9/4), segundo previsão do instituto, o dia deve ser com sol entre muitas nuvens pela manhã e chuva de moderada a forte intensidade no período da tarde. Os ventos podem ser intensos, de 40 a 60 Km/h.

De acordo com dados do Sistema de Meteorologia e Hidrologia do Estado de Goiás (SIMEHGO), foi registrado cerca de 53mm de precipitação em apenas uma hora. A forte chuva pode ter sido resultado da combinação de umidade com o calor, que propiciou a formação de um sistema convectivo, ou seja, muita chuva em pouco tempo.

Para esta terça-feira (9/4), o site ClimaTempo prevê o dia com sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. A temperatura mínima fica na casa dos 20° e máxima de 30°.

Imagens: Oi Goiânia 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Saúde

Vacinação contra a gripe começa nesta quarta-feira em todo o país

Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas.
09/04/2019, 09h18

Começa nesta quarta-feira (10), em todo o país, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, de acordo com o Ministério da Saúde, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.

A partir de 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

A escolha dos grupos segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A definição, segundo a pasta, também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para vacinação.

A vacina

Em nota, o Ministério da Saúde destacou que, em relação ao ano passado, houve alteração de duas cepas na vacina. Em função da mudança na composição, a pasta considera “imprescindível” que os grupos selecionados, ainda que já tenham sido imunizados anteriormente, recebam a nova dose este ano.

“O Ministério da Saúde não indica a utilização da vacina contra influenza com cepas 2018, pois não tem a mesma composição da vacina de 2019, o que faz com que não seja eficaz para proteção.”

Sintomas e prevenção

A orientação da pasta é que indivíduos que apresentem sintomas de gripe evitem sair de casa durante o período de transmissão da doença (até sete dias após o início dos sintomas), restrinjam o ambiente de trabalho para evitar disseminação, evitem aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados, e adotem hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

Para prevenir a doença, o ministério recomenda medidas gerais de proteção, como a constante lavagem das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento, e a adoção da etiqueta respiratória, que consiste em espirrar na parte de dentro dos cotovelos e cobrir a boca ao tossir, visando à redução do risco de infecção pelo vírus.

Outra dica importante é não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas. É importante ficar alerta a sinais e sintomas de gravidade para, nesses casos, buscar imediatamente avaliação em uma unidade de saúde.

Imagens: Revista Atenção 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Goiana é investigada por se passar de vítima da tragédia de Brumadinho

Ana Maria Vieira Santiago, de 57 anos, que foi candidata a deputada no DF, pode ser presa por estelionato; ela já recebeu R$ 65 mil em indenização da Vale.
09/04/2019, 10h35

Ana Maria Vieira Santiago, de 57 anos, nascida em Anápolis, é investigada por estelionato, pela Polícia Civil de Minas Gerais, por fingir ser vítima da tragédia de Brumadinho. A mulher, que já foi candidata a deputada no Distrito Federal, alegou ter uma fazenda na região do Parque da Cachoeira, local atingido pelo rompimento da barragem; ela chegou a receber R$ 65 mil de indenização da Vale.

Segundo informações da PC mineira, Ana Maria declarou que a atividade agropecuária desenvolvida na propriedade era sua única fonte de renda. Ela ainda teria coagido moradores da região para confirmar que ela residia no local. Esses supostos vizinhos devem responder por falsidade ideológica.

Falsa vítima da tragédia de Brumadinho já recebeu R$ 65 mil

As investigações apontaram que a ex-candidata já recebeu R$ 65 mil em indenização da mineradora Vale. Ana Maria já prestou depoimento e deve responder por estelionato; as investigações continuam. O Dia Online tenta contato com Ana Maria.

Já os moradores que confirmaram que a mulher tinha propriedade na área devastada devem responder por falsidade ideológica. Outras seis pessoas são investigadas por estelionato, em Minas Gerais.

Goiana é investigada por se passar de vítima da tragédia de Brumadinho
Foto: Reprodução/Eleições 2014

Nascida em Anápolis, Região Metropolitana de Goiânia, Ana Maria Vieira Santiago se candidatou a deputada distrital em 2014 pelo MDB, mas não foi eleita por falta de votos suficientes. A mulher não tem mais ligação com o partido.

Tragédia em Brumadinho

A barragem de rejeitos da Mina do Córrego do Feijão se rompeu por volta das 12h do dia 25 de janeiro. A lama destruiu o refeitório e o prédio da mineradora, além de pousadas, casas e vegetação. Até o momento, segundo dados da Defesa Civil de Minas Gerais, são 224 mortos identificados e 69 pessoas continuam desaparecidas.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Goiás retornou a Brumadinho, em Minas Gerais, no último dia 30, para auxiliar nas buscas por vítimas. Atualmente, de acordo com informações da corporação, o trabalho de busca dos corpos das vítimas conta com 145 bombeiros que trabalham em 23 frentes, com 83 máquinas pesadas, seis cães e um drone. A solicitação foi feita pelo governo mineiro.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Tecnoshow 2019 abre caminho para startups do agronegócio; conheça projetos

Feira ocorre em Rio Verde até o dia 12 de abril. Acompanhe em ao vivo pelo site e redes sociais do Dia Online.
09/04/2019, 12h05

A Tecnoshow 2019, que teve início na última segunda-feira (8/4), propõe palestras técnicas e econômicas, doações de mudas de árvores nativas, circuito ambiental, exposição de veículos, instituições financeiras, produtos e serviços diversos para o agronegócio e alternativas de renda. Este ano, uma das novidades é um espaço voltado para as startups – empresas nascentes de tecnologia – com foco no agronegócio.

No evento, essas empresas contam com um pavilhão chamado “Fazenda Conectada”, que reúne, inicialmente, seis empresas de tecnologia e startups ligadas ao setor produtivo, também conhecidas como Agtechs. As tecnologias apresentadas vão de softwares para gestão rural até aplicativos que auxiliam na otimização de irrigação e pulverização de defensivos agrícolas.

Startups do agronegócio na Tecnoshow 2019

Veja abaixo os serviços prestados pelas seis inovadoras Agtechs presentes na feira, conforme divulgação da Tecnoshow 2019:

  • Aegro

Empresa desenvolvedora de software de gestão agrícola, apresenta ao produtor, durante a Tecnoshow Comigo 2019, uma nova ferramenta para monitoramento de pragas na lavoura. O sistema permite controlar, de forma precisa e eficaz, os insetos-pragas que estão atacando a plantação e indica quando há possibilidade de danos econômicos ao produtor. O trabalho é feito a partir do smartphone e do computador.

A ferramenta disponibiliza planos de monitoramento diversos (ponto a ponto, pano de batida, etc.) e níveis de controle diferenciados por praga. Com base nas informações obtidas pelo produtor no campo, há a indicação de quando fazer a aplicação de defensivos, por exemplo. O produtor rural também tem possibilidade de comparar os resultados antes e depois de uma aplicação e gerar relatórios por áreas específicas da fazenda. Desta forma, pode saber qual a média de infestação de pragas, qual o nível de controle e a severidade do ataque específicos naquele ponto da lavoura.

  • AirScout Brasil

Empresa traz os benefícios da utilização do monitoramento agrícola por imagens em alta resolução durante a safra, para tomadas de decisões assertivas e antecipadas. A agtech deverá apresentar, juntamente com o Instituto Federal Goiano, a utilização de inteligência artificial para detecção de Nematoides na soja. Por meio de tecnologia própria de monitoramento, que utiliza aeronaves tripuladas, é possível realizar monitoramento de grandes áreas e a utilização de uma câmera termal permite detectar situações de stress de forma antecipada.

  • Siacon

A Siacon Consultoria em Software apresenta uma maquete que simula um pátio automatizado de pesagem de caminhões. A empresa mostra seus softwares de gestão de estoques para armazéns gerais, automação de pátio e pesagens e gestão logística (gestão de cadência e agendamento de carga e descarga). Durante a feira, também será lançado um controle dos dispositivos da automação através de dispositivos móveis para balanças, cancelas e semáforos.

Os softwares apresentam em seu leque de soluções para armazéns gerais agendamento da chegada do caminhão no armazém para carga ou descarga, selecionando uma janela de horário disponível; recepção automática deste caminhão sem necessidade de interação humana; pesagem automática deste caminhão sem necessidade de intervenção humana; classificação do grão (soja/milho ou sorgo); descarga do grão; segunda pesagem automática do caminhão sem necessidade de intervenção humana; consulta do saldo dos clientes do armazém através de dispositivos móveis (tablets e celulares); e controle dos dispositivos da automação através de dispositivo móvel (tablete ou celular).

  • Esteio

É um software de controle zootécnico destinado a fazendas pecuaristas, que auxilia proprietários e principalmente os profissionais ligados a pecuária na gestão do gado leiteiro. A ideia do app é oferecer ao proprietário a gestão do rebanho em todas as frentes, desde o período reprodutivo ao produtivo, passando pelo controle sanitário, despesas e custos e fluxo de caixa, com foco na redução total de prejuízos.

  • AgroAjuda

O aplicativo foi desenvolvido por alunos da Faculdade UNA, em Jataí, durante suas atividades acadêmicas. Trata-se de uma ferramenta, com múltiplas funcionalidades, tendo como base um banco de imagens de pragas, doenças e de ervas daninhas, servindo como referencial para auxiliar o produtor no seu dia a dia. Além disso, por meio do aplicativo é possível pesquisar nomes de produtos químicos, princípios ativos e doses recomendadas para aplicação nas culturas da soja e do milho. O AgroaAjuda é prático e funciona até sem conexão com a internet, o que facilita o trabalho do produtor e do agrônomo no campo a qualquer momento.

  • Siagri

Durante a feira, a Siagri realizará o pré-lançamento do novo software MyFarm, destinado a produtores rurais que desejam informatizar a gestão de sua propriedade. O sistema, que pode ser acessado pela internet ou smartphone do produtor, é prático e possui funções como controle de estoque e financeiro, acompanhamento das atividades agrícolas da fazenda por meio de mapas, gestão de maquinário e resultados da safra, entre outras.

Além do novo software, a Siagri traz para a Tecnoshow o Agrimanager, completo para a gestão da produção de grãos, beneficiamento de sementes e algodão; e sua solução online de receituário agronômico, que já está preparada para integração com outros ERPs (sistemas de gestão empresarial).

Imagens: Tecnoshow Comigo 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.