Goiás

Câmara Municipal investiga SEMAS e fraudes no Bolsa Família, em Goiânia

Durante a operação na casa do fraudador a PF encontrou a imagem de uma pessoa em mais de 30 registros diferentes.
10/04/2019, 14h16

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que vai investigar as irregularidades envolvendo a Secretária Municipal de Assistência Social (SEMAS), foi instalada nesta quarta-feira (10/4) na Câmara Municipal de Goiânia. Entre os principais objetos de investigação da comissão estão as fraudes no programa Bolsa Família do Governo Federal, descobertas no fim do ano passado após uma operação da Polícia Federal (PF) feita na SEMAS.

O vereador Felizberto Tavares (PR) vai presidir a CEI que tem como relator Anselmo Pereira (PSDB). Os outros membros da comissão são os vereadores Sargento Novandir (Podemos), Alfredo Bambu (PRP), Paulinho Graus (PDT), Priscila Tejota (PSD) e Izídio Alves (PR).

Felizberto Tavares foi responsável por protocolar o requerimento para criação da comissão ainda no ano passado. Mesmo com o documento aprovado para instalação da CEI no dia 28 de novembro de 2018, a comissão só pôde ser instalada agora, pois na Casa existiam outras três comissões em funcionamento, e o regulamento interno da Câmara não permite mais do que três comissões em andamento.

“Nós vamos investigar várias denúncias que chegaram até nós, entre elas uma que foi destaque nos jornais, até mesmo com prisões de funcionários da Secretária devido o desvio dos recursos no programa Bolsa Família”, explica o parlamentar.

Conforme o vereador outra irregularidades além da encontrada para o cadastro no programa Bolsa Família também vão ser investigadas pela CEI.

PF afirma que fraudes no programa Bolsa Família em Goiânia podem ultrapassar a casa dos milhões

A Operação da Polícia Federal (PF) que investiga as irregularidades no programa federal foi deflagrada na manhã do dia 27 de novembro do ano passado, e durante a ação foram encontradas mais de 200 carteira de identidades falsificadas e vários cartões do programa.

Durante a operação, um suspeito de participar da fraude confessou que os documentos eram falsos e que conseguiu sacar alguns recursos do benefício. A apresentação do material foi feita pelo delegado da PF, James Soliz, durante uma entrevista coletiva após a operação.

O delegado na ocasião afirmou que na casa do fraudador a polícia encontrou a foto de uma pessoa em mais de 30 RGs e que o suspeito oferecia uma ajuda com pagamento de parte do programa e ficava com o restante.

O secretário de assistência de Goiânia, Robson Azevedo, participou da coletiva, e afirmou que as fraudes podem ultrapassar a casa de R$ 1 bilhão de reais, mas na capital o dano causado aos cofres pode passar da casa dos milhões.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Organização criminosa comandava tráfico de drogas em Goiânia de dentro da cadeia

Foram cumpridos oito mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão. Entre os alvos estão quatro presos que já se encontram recolhidos na CPP e na POG.

Por Ton Paulo
10/04/2019, 15h04

A Polícia Civil, através da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), deflagrou na manhã desta quarta-feira (10/4) uma operação que identificou e prendeu membros de uma organização criminosa que operava dentro e fora dos presídios, controlando o tráfico de drogas em Goiânia e ordenando a morte de rivais.

De acordo com informações da DIH, na Operação Cárcere, deflagrada hoje, foram cumpridos oito mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão. Entre os alvos estão quatro presos que já se encontram recolhidos na Casa de Prisão Provisória (CPP) e na Penitenciária Cel. Odenir Guimarães (POG), locais onde foram realizadas buscas a procura de drogas e aparelhos telefônicos.

Ainda de acordo com a DIH, os investigados fazem parte de uma organização criminosa que comanda o tráfico de drogas dentro e fora dos presídios, bem como vêm dando ordens para a morte de rivais na região Noroeste e Central de Goiânia. Além dos mandantes, foram identificados e presos dois executores que agiam nas ruas em nome da organização criminosa.

Já foram identificadas vítimas dessa organização criminosa, cujos procedimentos encontram-se em andamento e sob sigilo. Também encontram-se instaurados outros Inquéritos Policiais na DIH, visando identificar a estrutura e composição de toda organização criminosa, bem como responsabilizar os envolvidos pelo tráfico de drogas.

Polícia identificou vítimas da organização criminosa que comandava tráfico de drogas em Goiânia de dentro da prisão

Entre as vítimas da organização criminosa e identificadas pela Polícia Civil encontram-se Leonardo Santos Machado, assassinado no dia 6/1 deste ano, na avenida 243, no Setor Sul, Goiânia, e Igor de Souza Matias, morto no dia 22/6 do ano passado, na rua SV 23, no residencial Solar Ville, também em Goiânia.

A Operação Cárcere será apresentada formalmente hoje pela DIH. Os delegados de Polícia Rômulo Figueredo de Matos e Magda D’Avila foram os responsáveis pelas investigações e contaram com o apoio dos agentes e escrivães de polícia da DIH. Auxiliaram, ainda, na operação o GT3, o GOPE e os servidores da DGAP (Inteligência, CPP e POG).

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Pousadas em Goiás Velho: opções para todos os gostos

A encantadora Cidade de Goiás conta com pousadas lindas e confortáveis, perfeitas para quem pretende curtir momentos de sossego!
10/04/2019, 15h15

Já reparou que temos sempre aquela mania de querer viajar para longe? Conhecer outros estados e até mesmo países pode realmente ser uma ideia bem tentadora, mas vale lembrar que não é preciso ir muito longe para encontrar verdadeiros paraísos a serem explorados. A Cidade de Goiás (apelidada de Goiás Velho) é um belo exemplo disso! Conhecida como uma das principais cidades turísticas do estado, atrai pessoas de todos os cantos do Brasil. E se você está pensando em fazer uma visitinha mas ainda não tem um lugar para estadia, preparamos uma listinha com as melhores opções de pousadas em Goiás Velho!

A antiga Vila Boa conta com lugarzinhos bem especiais, que prezam sempre por oferecer muito mais do que boa hospedagem, mas ainda experiências inesquecíveis para seus hóspedes. Por serem pousadas, é possível contar com um climinha bem mais familiar e intimista, onde na maioria dos casos é possível ser atendido pelos próprios donos do local.

E olha que há opções para todos os gostos, desde as mais sofisticadas até as mais simples, bem como alternativas mais próximas ou mais distantes do centro histórico da cidade. E aí, ficou curioso? Então confira a lista abaixo e encontre o espacinho perfeito para garantir sua hospedagem!

Conheça as melhores pousadas em Goiás Velho:

1 – Pousada Serra Dourada

Pousadas em Goiás Velho
Foto: Reprodução/ Pousada Serra Dourada

Se você está em busca das melhores pousadas em Goiás Velho, então esta pode ser a alternativa perfeita! É o lugarzinho certo para quem pretende fugir de todo o estresse da cidade grande, oferecendo espaços com muita área verde e contato com a natureza.

Por se encontrar em uma área rural, você pode sempre ouvir o canto dos pássaros, apreciar o pôr do sol e ainda observar as estrelas no céu, tudo isso enquanto descansa em uma boa rede e ainda escuta o barulho da água caindo sobre as pedras de uma cachoeira próxima.

Pousadas em Goiás Velho_estadia_hospedagem_cidade de goiás
Foto: Reprodução

Melhor ainda é que, mesmo se encontrando em zona rural, a pousada fica a apenas 5 minutos do centro histórico, fazendo com que seus hóspedes tenham acesso fácil a restaurantes, farmácias e comércios variados.

As instalações são bastante confortáveis e acolhedoras, sendo possível encontrar chalés com cama de casal ou solteiro, garantindo uma estadia de qualidade. Ah, o lugar também apoia a causa pet friendly, portanto, você pode levar seu bichinho de estimação por uma taxa diária, desde que seja de pequeno porte. Confira mais detalhes clicando aqui.

Telefone para mais informação: (62) 3371-3099

Endereço: GO-164, S/n – Zona Rural, Goiás – GO, 76600-000

2 – Pousada do Ipê

Pousadas em Goiás Velho_estadia_hospedagem_cidade de goiás
Foto: Reprodução

Se você está em busca de uma estadia de qualidade na Cidade de Goiás, aqui também temos uma excelente opção! A Pousada do Ipê tem entre seus maiores atrativos, a possibilidade de garantir uma boa hospedagem bem no centro histórico da cidade, pertinho das principais atrações turísticas.

Apesar disso, o ambiente também garante boas comodidades para quem está precisando de descanso e sossego. Por ali é possível encontrar chalés e apartamentos climatizados e confortáveis, sem falar na piscina, restaurante e amplo espaço de convivência.

Também é ideal para quem gosta de manter contato com a natureza, já que conta com diversas árvores, sendo algumas frutíferas.

Telefone para mais informação: (62) 3371-2065

Endereço: Rua Luiz Guedes Amorim, 22, Goiás – GO, 76600-000

3 – Pousada do Sol

Pousadas em Goiás Velho_ estadia _ hospedagem _ cidade de goiás
Foto: Reprodução

Também localizada no centro histórico da cidade, é uma das melhores e mais frequentadas pousadas em Goiás Velho. Se concentra nas proximidades de algumas atrações turísticas, contando ainda muio conforto e tranquilidade, com aquele climinha bucólico que uma típica cidade do interior oferece.

O valor da diária ainda inclui um delicioso café da manhã que é servido diariamente, Wi-Fi nos quartos, estacionamento privativo e muito mais! Para fazer o pedido de reserva, basta clicar aqui.

Telefone para mais informação: (62) 3371-1717

Endereço: R. Americano do Brasil, 17 – Centro, Goiás – GO, 76600-000

4 – Pousada Chácara da Dinda

Pousadas em Goiás Velho_ estadia _ hospedagem _ cidade de goiás
Foto: Reprodução

Entre as pousadas em Goiás Velho também é possível encontrar este lugarzinho charmoso, perfeito para levar os amigos ou a família e se sentir em casa. Localizada no centro da cidade, está em meio a muito verde, pássaros e uma paisagem belíssima, garantindo uma estadia confortável e de muita tranquilidade.

No ambiente é possível encontrar apartamentos duplos e triplos, todos equipados com ar-condicionado, internet e banheiro privativo, sem falar que ainda é possível contar com um delicioso café da manhã. Ah, também é possível levar seu bichinho de estimação! Para ter acesso a mais detalhes, basta clicar aqui.

Telefone para mais informação: (62) 3371-4327

Endereço: Praça do Asilo, 10 – Centro, Goiás – GO, 76600-000

5 – Pousada Dona Sinhá

Pousadas em Goiás Velho_ estadia _ hospedagem _ cidade de goiás
Foto: Reprodução

Considerada como uma das mais tradicionais pousadas em Goiás Velho, o lugar é bastante acolhedor e confortável, garantindo uma estadia de qualidade. Muito conhecida por seu climinha bucólico, é perfeita para quem pretende ter bons dias de descanso.

Também conta com uma área de lazer bastante agradável, ideal para fazer uma boa caminhada em uma trilha encantadora. Vale a pena conhecer e garantir sua hospedagem!

Telefone para mais informação: (62) 3371-1667

Endereço: Rua. Padre Arnaldo, nº 13, Centro Cidade de Goiás—GO – Cep: 76600-000

6 – Pousada Portal Action

Pousadas em Goiás Velho_ estadia _ hospedagem _ cidade de goiás
Foto: Reprodução

Aqui também é possível encontrar uma excelente opção para quem está buscando conforto e tranquilidade em sua estadia. A poucos minutos do centro histórico da Cidade de Goiás, é possível encontrar acomodações com bastante conforto, sendo que os hóspedes ainda podem contar com aquele bom e leve climinha familiar.

Sem falar que também é possível ter bastante contato com a natureza, já que o ambiente se encontra em meio ao verde, com vistas realmente deslumbrantes. Para mais detalhes sobre a hospedagem, clique aqui.

Telefone para mais informação: (62) 3371-4037

Endereço: Rua da Sota, 02 Cidade de Goiás, GO

7 – Pousada Vovó Dú

Pousadas em Goiás Velho_ estadia _ hospedagem _ cidade de goiás
Foto: Reprodução

Inaugurada ainda na década de 50, a pousada nasceu em forma de pensão mas não demorou muito até que conquistasse seu espaço, se transformando e sendo reconhecida como uma das melhores pousadas em Goiás Velho atualmente.

Se encontra nas proximidades do Mercado Municipal e é perfeita para ir acompanhado de grupos maiores, já que oferece estadias coletivas.

Entre as comodidades é possível encontrar excelentes serviços de café da manhã, que é servido todos os dias em uma sala de refeições bastante charmosa, com acesso ao Wi-Fi. E apenas para que você tenha ideia, são 20 apartamentos com ar-condicionado, banheiro privativo, TV  garagem ampla. Vale a pena conhecer e garantir uma hospedagem confortável na Cidade de Goiás! Clique aqui e confira mais detalhes sobre o ambiente.

Telefone para mais informação: (62) 3372-1224

Endereço: R. 15 de Novembro, 22, Goiás – GO, 76600-000

8 – Pousada Solar dos Anjos

Pousadas em Goiás Velho_ estadia _ hospedagem _ cidade de goiás
Foto: Reprodução

Aqui você pode dispor de uma hospedagem bastante tranquila e com o conforto que precisa. As acomodações são bem agradáveis, com direito a banheiros privativos, cozinha espaçosa, piscina e ainda um amplo salão para eventos.

Vale lembrar que o lugar também é bastante arborizado, proporcionando muito contato com a natureza para quem pretende renovar as energias.

Telefone para mais informação: (62) 3371-1025

Endereço: Rod. Raul Caiado Fleury, 5000, Goiás – GO, 76600-000

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

"Coldre agora é arma?", ironiza Delegado Waldir após ser acusado de estar armado na CCJ

Deputados acusaram o Delegado Waldir, eleito por Goiás, de estar armado na CCJ. O parlamentar, entretanto, disse que só estava com o coldre.

Por Ton Paulo
10/04/2019, 15h33

O deputado eleito por Goiás, Delegado Waldir (PSL), foi alvo de mais uma polêmica no Congresso Nacional. Dessa vez, uma sessão que corria ontem (9/4) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados sobre a admissibilidade da reforma da Previdência precisou ser interrompida após um parlamentar acusar o deputado goiano de estar armado dentro da Casa. Entretando, Waldir negou e ainda ironizou: “Coldre agora é arma?”.

O pandemônio teve início quando os parlamentares se aglomeraram todos à frente da mesa diretora tentando impedir a leitura do parecer pelo relator, o delegado Marcelo Freitas (PSL-MG). Em determinado momento, o deputado Delegado Waldir se apoiou sobre a mesa da comissão, e uma fenda no paletó deixou o coldre à vista. O deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE) gritou, então, que Waldir estava armado.

Começou um empurra-empurra e deputados chegaram a agarrar Waldir tentando identificar a arma. O deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS) disse que, ao segurar a mão do líder do PSL, tocou na arma. Porém, nenhuma arma foi encontrada com o deputado do PSL goiano. Pelas redes sociais, Waldir disse que estava apenas com o coldre (estojo para revólver preso à correia da cintura), e ainda ironizou perguntando “coldre agora é arma?”.

“Ontem na CCJ recebi a falsa acusação de que estaria armado. O que havia na minha cintura, era apenas o coldre”, disse o parlamentar pelo Facebook.

Deputado do PDT disse que houve proteção ao Delegado Waldir e que arma passou de mão em mão

O deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE) declarou, após o ocorrido, que vai pedir ao presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Felipe Francischini (PSL-PR), a verificação de imagens do sistema de segurança para determinar se o líder do PSL, Delegado Waldir, estava armado ou não no plenário da comissão.

Ele disse ainda que Francischini agiu mal e deveria ter lacrado o plenário, impedindo a saída de parlamentares. “O que os deputados estão comentando é que houve uma proteção a Waldir e a arma passou de mão em mão”, disse. Waldir, por sua vez, reafirmou que estava apenas com o coldre.

Via: Em.com.br 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Por investimento em publicidade, Marconi Perillo não construiu unidades de internação provisória

Apenas quatro unidades passaram por adequação, enquanto outras nove não foram concluídas.
10/04/2019, 15h55

O ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) vai responder a mais uma ação do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) de improbidade administrativa, por descumprir o termo de ajustamento de conduta (TAC) firmado com o órgão para construção, reforma e adequação das unidades de internação provisórias durante a sua gestão de 2012 a 2018.

A ação contra Marconi Perillo foi protocolada pelo promotor de Justiça Fernando Krebs e conforme o MPGO, o acordo entre o órgão e o ex-gestor foi firmado em 2012. Na ocasião, o então governador do Estado assumiu o compromisso de construir, implantar e reformar as unidades para atender menores infratores para o cumprimento de medidas socioeducativas de internação nas cidades de Goiânia, Anápolis, Caldas Novas, Rio Verde, Porangatu, São Luís de Montes Belos e Itaberaí.

No acordo firmado além da construção e implantação de novos centros, o ex-gestor também se comprometeu a reformar e adequar as unidades dos municípios de Itumbiara, Luziânia e Formosa. Além da construção e reforma das unidades, o acordo previa a contratação e capacitação de servidores para trabalhar nos centros de internação provisória.

Ação mostra que Marconi Perillo diminuiu investimento com o Programa de Gestão Socioeducativo e aumentou despesas com publicidade e propaganda

Conforme o Ministério Público, apenas quatro unidades tiveram as adequações feitas neste período como estabelecido pelo Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) e deixando outras nove unidades sem conclusão. O promotor alega ainda que nos anos de 2016 e 2017 o ex-governador reduziu os gastos com o Programa de Gestão Socioeducativo e aumentou as despesas com publicidade e propaganda, além de aumentar os benefícios fiscais.

O promotor, ao protocolar a ação contra o ex-governador, esclarece que além de descumprir o acordo, Marconi Perillo também inverteu as prioridades. Krebs pediu também o bloqueio de R$ 2.004.200,00 dos bens do ex-governador e indenização por dano moral e coletivo de cerca de R$ 10 milhões e a condenação de Marconi Perillo, segundo previsto na Lei de Improbidade Administrativa.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.