Dia Gourmet

Pizzaria em Brasília: 12 opções que você precisa conhecer

Todo dia é dia de comer uma boa pizza!
11/04/2019, 18h18

Já parou para pensar que a pizza é a comida preferida de diversos brasileiros mesmo não sendo uma invenção nacional? Dizem que ela tem origem italiana, mas a história mostra que povos diversos já produziam massas a base de farinha de trigo, de arroz ou de grão-de-bico, e que eram assadas em tijolos quentes. Assim que a receita chegou na Itália, apenas ganhou novas versões e foi incrementada. Independente disso, as pizzas se transformaram em uma paixão gastronômica em todo o mundo, inclusive no Brasil. Portanto, se você é fã dessas delícias e está em busca de uma boa pizzaria em Brasília, podemos dar uma ajudinha!

Nós aqui do Portal Dia Online preparamos uma listinha com as melhores opções da capital, que trabalham com os sabores mais tradicionais, mas que também soltam a criatividade para inventar novas combinações. É realmente de dar água na boca! Vale lembrar que boa parte das pizzarias ainda prezam por oferecer experiências completas, com estruturas sofisticadas para acolher seus clientes. Confira!

Fique por dentro e encontre a melhor pizzaria em Brasília:

1 – Valentina Pizzaria

Pizzaria em Brasília
Foto: Reprodução

Se você pretende encontrar uma boa pizzaria em Brasília, esta é sem dúvida uma das melhores opções! Apenas para se ter ideia, as pizzas da casa lembram as tradicionais receitas paulistas, que vão no forno a lenha.

A massa é bem saborosa e os recheios são sempre fartos, sendo que os clientes podem escolher entre mais de 80 sabores, contando com os tradicionais, versões doces e os da casa. Ainda é possível baixar o aplicativo da pizzaria e experimentar o serviço de delivery! Vale a pena conhecer! Para mais detalhes, clique aqui.

Horário de atendimento: domingo a quinta, das 18h30 às 00h / sexta e sábado, das 18h30 às 00h30

Telefones:

  • (61) 3340-6868
  • (61) 3242-6001

Endereços:

  • Asa Norte Bl A Lojas 9/11, Asa Norte Comércio Local Norte 214 – Asa Norte, Brasília – DF, 70873-510
  • 310 Sul, 6/8, Asa Sul Comércio Local Sul 310 9-11 – Asa Sul, Brasília – DF, 70363-520

2 – Fratello Uno

Pizzaria em Brasília
Foto: Reprodução

Com duas unidades na capital, a casa simplesmente revolucionou o conceito de pizzaria em Brasília. Trabalhando sempre na produção de massas finas e recheios pra lá de inusitados, o forno a lenha ainda garante ainda mais sabor em cada receita.

São mais de 50 opções, sendo que a casa serve desde o que há de mais tradicional até versões doces e com direito a muita criatividade! Além das pizzas, ainda é possível encontrar deliciosas sobremesas! Clique aqui e confira o cardápio.

Horário de atendimento: domingo a quinta, das 18h30 às 00h / sexta e sábado, das 18h30 às 00h30

Telefones:

  • (61) 3321-3213
  • (61) 3447-3360

Endereços:

  • Asa Sul Comércio Local Sul 103 Loja 36, Bloco A – Asa Sul, Brasília – DF, 70342-510
  • Asa Norte Comércio Local Norte 109 BL D Loja 19 – 70752 – Asa Norte, Brasília – DF, 70752-120

3 – Baco Pizzaria

Pizzaria em Brasília
Foto: Reprodução

Inaugurada em 1999, a história da pizzaria começou em uma feirinha gastronômica e acabou superando todas as expectativas. Atualmente com duas unidades na capital brasileira, é uma das preferidas do público, servindo sempre receitas sofisticadas e inventivas, com ingredientes nada tradicionais.

É possível encontrar, por exemplo, opções com aspargos, presunto cru, mussarela de búfala e muito mais, mas claro, também dá para pedir aquele sabor tradicional que você tanto ama! A casa já recebeu diversos prêmios de melhor pizza da capital e continua trabalhando para garantir qualidade em seus produtos e serviços! Confira o cardápio clicando aqui.

Horário de atendimento: todos os dias, das 18h às 00h

Telefones:

  • (61) 3223-0323
  • (61) 3274-8600

Endereços:

  • Asa Sul Comércio Local Sul 408 BL C – Brasília, DF, 70296-030
  • CLN 309 Loja 30/40, Asa Norte Comércio Local Norte 309 – Asa Norte, Brasília – DF, 70755-510

4 – Pizza à Bessa

Pizzaria em Brasília / pizzas
Foto: Reprodução

Presente na capital desde 2003, já se tornou uma das principais referências quando o assunto é pizzaria em Brasília! Atualmente conta com três unidades e preza sempre por oferecer um climinha agradável e familiar para seus clientes, em uma estrutura moderna e bem aconchegante.

No cardápio é possível encontrar opções para todos os gostos, incluindo os sabores tradicionais, da casa, versões doces e veganas. Sem falar que ainda é possível pedir aperitivos, saladas e bebidas diversas. Clique aqui e confira o menu.

Horário de atendimento: todos os dias, das 18h às 00h

Telefones:

  • (61) 3345-5252
  • (61) 3436-0505
  • (61) 3344-0990

Endereços:

  • Asa Sul SQS 214 Loja 40, BL C – Asa Sul, Brasília – DF, 70293-530
  • Q. 301 – Águas Claras, Brasília – DF, 71901-030
  • St. Sudoeste Quadra 101 Bloco B – Cruzeiro, Brasília – DF, 70670-502

5 – Francesca Pizzaria Artesanal

Pizzaria em Brasília / pizzas
Foto: Reprodução

Desde 2007 na cidade, um dos principais diferenciais da casa é que não se utiliza nada industrializado em suas receitas, a não ser os chocolates e pastas de avelã, que por sinal, possuem ótima procedência. Essa foi uma escolha da pizzaria para oferecer sempre produtos saborosos e fresquinhos, com a mais alta qualidade possível. Para se ter ideia, até mesmo as verduras utilizadas são colhidas de uma hortinha própria ou de pequenos agricultores da região. Tudo orgânico!

Os clientes podem escolher entre mais de 30 sabores, encontrando sempre aquele de sua preferência! E vale lembrar que ainda rolam algumas promoções bem interessantes durante a semana. Vale muito a pena conhecer! Funciona como delivery.

Horário de atendimento: segunda e terça, das 18h30 às 22h30 / quinta a domingo, das 18h30 às 23h

Telefone: (61) 3306-1414

Endereço: Pernambuco, 15, Acampamento Rabelo, Rua – Brasília, DF, 70803-220

6 – Pizza Cesar

Pizzaria em Brasília / pizzas
Foto: Reprodução

Mais uma excelente opção de pizzaria em Brasília, aqui é possível encontrar produtos sempre da mais alta qualidade, garantindo sabores inconfundíveis. Entre suas maiores especialidades é possível destacar o rodízio e seu consagrado delivery, que é um dos melhores da cidade.

No cardápio é possível contar com opções para todos os gostos, oferecendo desde os sabores tradicionais até os da casa, que são verdadeiras delícias! O ambiente ainda é bastante amplo e confortável, perfeito para levar a família e os amigos!

Horário de atendimento: todos os dias, das 11h às 23h (os horários podem ser diferentes de acordo com a unidade)

Telefones:

  • (61) 3242-2221
  • (61) 3341-1001
  • (61) 3364-0191
  • (61) 3567-3030
  • (61) 3877-2200
  • (61) 3352-0500
  • (61) 3487-6262

Endereços:

  • Asa Sul Comércio Local Sul 404 Bloco A Loja 01 – Asa Sul, Brasília – DF, 72000-000
  • Sudoeste Bloco B 75, St. Sudoeste Superquadra Sudoeste 302 – Cruzeiro / Sudoeste / Octogonal, Brasília – DF, 70673-612
  • St. de Habitações Individuais Sul QI 5 – Lago Sul, Brasília – DF, 71615-540
  • Guará II QI 33 Cl Loja 10 – Guará, Brasília – DF, 71065-330
  • MaxMall Rua 7 Norte, 18 – Águas Claras, Brasília – DF, 72025-065
  • Qna 17, Lote 13, Loja 1 – Taguatinga Norte, St. A Norte QNA 17 – Taguatinga, Brasília – DF, 72110-170
  • Q 2 – Sobradinho, Brasília – DF, 73015-612

7 – Pizzas Dom Bosco

Pizzaria em Brasília / pizzas
Foto: Reprodução

E esta é uma boa opção para quem pretende fugir do modelo tradicional de pizzaria em Brasília! A casa oferece uma experiência realmente única e diferente de tudo que estamos acostumados. Para se ter ideia, as pizzas são vendidas em pedaços e é possível escolher desde a opção simples, com um pedaço, até a dupla, com dois pedaços.

A diferença da dupla, no entanto, é que as pizzas são entregues uma em cima da outra, como se fosse um sanduíche. E olha, fica muito bom! Outro diferencial incrível é que a casa trabalha apenas com o sabor de muçarela e molho de tomate, e o que poderia ser um ponto fraco, é na verdade o que atrai boa parte de sua freguesia.

Você come no balcão mesmo e pode pedir uma bebida para acompanhar. A sugestão de quem já conhece o lugar é pedir um mate gelado ou um bom suquinho, pois fica uma delícia! Destaque ainda para os preços, que são bem justos! A experiência é realmente incrível!

Horário de atendimento: todos os dias, das 8h às 23h

Telefone: (61) 3443-7579

Endereço: S/n, Asa Sul Comércio Local Sul , quadra 107 Bloco D loja 20 – Asa Sul, Brasília – DF, 70346-550

8 – Chão de Estrelas

Pizzaria em Brasília / pizzas
Foto: Reprodução/ Restorando

Desde 2015 representa uma das melhores alternativas para quem busca por uma boa pizzaria em Brasília. A casa conta com um ambiente refinado e bastante confortável, perfeito para levar a galera e curtir aquele rodízio!

Além de variadas pizzas, ainda é possível encontrar massas, risotos, lasanhas e um delicioso buffet de frios e sushi no cardápio. Vale a pena conhecer!

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 11h às 15h e das 19h às 00h / domingo, das 19h às 00h

Telefone: (61) 3045-0807

Endereço: Asa Norte Comércio Local Norte 302 Bloco D – Asa Norte, Brasília – DF, 70723-540

9 – Alfredo’s Pizzaria

Pizzaria em Brasília / pizzas
Foto: Reprodução

Excelentes opções de pizzas gourmet, feitas com massas bem fininhas e saborosas com direito a recheios fartos. É possível encontrar opções para todos os gostos, com destaque para os sabores vegetarianos, que são bem gostosos! Vale mencionar também que é possível pedir apenas os pedaços, fazendo com que você possa experimentar diferentes opções de uma vez só!

O ambiente garante aquele arzinho descolado, com espaços lounge mais intimistas. E para acompanhar, ainda é possível pedir cervejas artesanais seletas, que garantem aquele toque especial na experiência!

Horário de atendimento: todos os dias, das 18h às 23h

Telefone: (61) 3967-3968

Endereço: Asa Norte Comércio Local Norte 408 BL C – Brasília, DF, 70857-520

10 – Pedaço de Pizza

Pizzaria em Brasília / pizzas
Foto: Reprodução

Em um espacinho rústico e bastante agradável, é possível pedir pizzas em fatias dos mais diversos sabores, incluindo deliciosas opções vegetarianas. Um detalhe é que a casa trabalha com formatos um pouquinho diferentes, já que é possível pedir pizzas quadradas! Interessante, não é mesmo? Calzones também são especialidades! O melhor de tudo é que oferecem precinhos bem em conta!

Horário de atendimento: segunda a quinta, das 16h às 22h45 / sexta a domingo, das 17h às 23h45

Telefone: (61) 3306-1989

Endereço: Av Israel P, Lt 10, Vila Planalto, Brasília – DF, 70802-090

11 – Integralle Pizza Bar

Pizzaria em Brasília / pizzas
Foto: Reprodução

Com a proposta de oferecer pizzas mais saudáveis, esta é uma pizzaria em Brasília que realmente foge do tradicional. As massas contam com uma receita saborosa e nutritiva, acompanhando recheios que atendem as mesmas expectativas. Apenas para se ter ideia, os clientes podem optar entre massa integral ou tradicional.

Ainda é possível pedir sucos, chás gelados, cervejas artesanais e outras bebidas diversas. É tudo muito saboroso! Para conferir o cardápio, clique aqui.

Horário de atendimento: terça a domingo, das 18h às 23h

Telefone: (61) 3349-0999

Endereço: Asa Norte Comércio Local Norte 412 Bloco B 40 – Asa Norte, Brasília – DF, 70867-520

12 – Muzzarella Pizzaria

Pizzaria em Brasília / pizzas
Imagem ilustrativa: Pexels

A casa oferece um ambiente agradável e de clima bastante familiar, onde os clientes encontram sempre bom atendimento e pizzas deliciosas. Destaque também para as esfihas servidas por ali! Vale a pena conhecer, principalmente se você pretende economizar! Sem dúvida, uma boa opção de pizzaria em Brasília!

Horário de atendimento: terça a domingo, das 16h30 às 23h

Telefones: 

  • (61) 3345-1670
  • (61) 3365-5244

Endereços:

  • Asa Sul – Brasília, DF, 70274-030
  • EPAR Setor de Angares, s/n – Lago Sul, Brasília – DF, 71608-900

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Animais de estimação são envenenados em Alta Floresta no Mato Grosso

Donos alegam que os bichinhos não apresentaram sintomas de nenhuma doença, mas tiveram convulsões e apresentaram uma baba branca na boca antes de morrer.
11/04/2019, 19h41

O resultado de uma perícia encomendada por um grupo de proteção animal da cidade de Alta Floresta, no Mato Grosso (MT), foi divulgado nesta quinta-feira (11/4) e concluiu que cães e gatos da cidade morreram após ingerir carbamato, o popular chumbinho, que é usado geralmente para matar ratos.

Segundo matéria veiculada em um Jornal da região, o exame foi feito em um cachorro, que não resistiu e morreu após ingerir o veneno, mesmo tendo sido resgatado. A publicação mostra que o animal apresentou os mesmo sintomas de outros animais que morreram no município.

A associação Amamos Animais foi a responsável por encomendar a perícia, e a diretora da instituição Leir Ribeiro, entregou o laudo à Polícia Civil do Mato Grosso (PC-MT), que investiga a morte de outros 36 animais na cidade. A diretoria da associação afirmou que foi informada das outras mortes e que os donos não quiseram registrar o boletim de ocorrência (B.O).

Embora o laudo da perícia solicitado pela associação mostre que os cães e os gatos morreram após ingerir o veneno, a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) ainda não divulgou o resultado oficial do exame. Segundo o periódico local, os animais começaram a morrer no dia 10 de janeiro deste ano na cidade.

Donos dos animais afirmaram que os bichinhos não apresentavam nenhum sintoma de doença, mas tiveram convulsões e apresentaram baba branca na boca antes de morrer

Os donos dos animais que morreram após comer o veneno, afirmaram à publicação que os bichinhos não apresentavam sintomas de doenças, porém antes de morrer, os animais apresentaram convulsões e uma baba branca na boca.

Pelos levantamentos da associação, ao menos 36 cães e gatos morreram nesse período na cidade, entretanto a diretora do grupo acredita que esse número possa ser maior do que o registrado.

Segundo o médico veterinário, Luiz Carlos Queiroz Júnior, ao ingerir chumbinho, o animal pode morrer no prazo de cinco minutos, pois o animal pode ter convulsões, parada cardíaca e hemorragia interna, e não dá tempo de chegar a um médico ou clínica.

A publicação mostra ainda que não há informações sobre o suspeito de estar envenenado os animais, e que a PCMT investiga o caso.

Via: G1 
Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

"Ela é louca!", diz Amauri Ribeiro sobre Lêda Borges após confusão na Alego

Segundo a deputada Lêda Borges, o deputado Amauri Ribeiro estava usando a tribuna apenas para atacar um colega, em contrapartida o parlamentar disse que a deputada estava "chiando" durante sua fala.

Por Ton Paulo
11/04/2019, 20h28

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) foi palco de um barraco memorável na tarde desta quinta-feira (11/4), durante uma sessão ordinária. Com ânimos, no mínimo, exaltados, os deputados Amauri Ribeiro (PRP) e Lêda Borges (PSDB) bateram boca no Plenário da Casa, trocando ofensas e acusações. A confusão na Alego fez com que o presidente da Casa suspendesse a sessão que ocorria no momento.

Tudo começou quando o deputado Amauri Ribeiro, famoso por estar sempre de chapéu, subiu à tribuna e, após se posicionar sobre a matéria em votação, trouxe à tona um desentendimento com o deputado Cláudio Meirelles (PTC) ocorrido no dia anterior. Amauri, que havia chamado Cláudio Meirelles de “hipócrita” um dia antes, chegou a dizer que o parlamentar do PTC usava de ironia e deboche para debater, e que ele não tinha lado.

Entretanto, neste momento, Amauri fez uma pausa e se dirigiu à deputada tucana Lêda Borges. “Deputada Lêda, a senhora quer falar? Usa o microfone. Porque toda vez que eu estou falando a senhora fica chiando aí”, disse.

Foi então que a confusão se instalou e a sessão precisou ser suspensa pelo presidente da Casa Lissauer Vieira (PSB). [Veja o vídeo abaixo]

“Eu vou sempre defender o regimento da Casa”, diz Lêda Borges

Em entrevista ao Dia Online após a confusão, a deputada Lêda Borges falou sobre o ocorrido e deu sua versão. Segundo a parlamentar goiana, o desentendimento não era com ela, e sim entre o deputado Amauri Ribeiro e o deputado Cláudio Meirelles. “Eu entrei no meio para defender o regimento da Casa, para defender a Assembleia. Eu vou sempre defender o regimento da Casa.”, declarou.

De acordo com Lêda, ela não havia interrompido ou atrapalhado a fala do deputado, mas sim “pedido para o presidente cumprir o regimento”, uma vez que, segundo ela, Amauri estava usando a tribuna apenas para atacar Cláudio Meirelles e não para discutir a matéria em pauta. “Ele [Amauri] gastou meio minuto para dizer que era favorável à matéria e no restante do tempo começou a atacar o deputado Cláudio”, disse. Ainda segundo ela, antes o deputado Amauri havia chamado Cláudio Meirelles de “prostituta do poder”, declaração que foi confirmada por Amauri.

A deputada também negou que tenha sido contida para não atacar o deputado Amauri, como o parlamentar havia dito, e também disse que jamais afirmou que era preciso “dar um fim nele”, como noticiado por um jornal local. “Eu vou defender a Casa, vou defender o regimento! Eu jamais disse que ‘era preciso dar um fim nele’, eu disse que não tinha medo dele. Ele disse que eu estava ‘chiando’. Eu não ‘chio’, eu me manifesto pelo regimento!”, finaliza a deputada.

“Ela me desrespeitou. Ela é louca, transtornada”, diz Amauri Ribeiro

Também em entrevista ao Dia Online, o deputado Amauri Ribeiro deu sua versão da confusão. Conforme ele, a deputada Lêda Borges “o desrespeitou”, e, além de dizer que a parlamentar “gosta de escândalo”, chegou a dizer ainda que a deputada é “louca e transtornada”.

De acordo com Amauri, ele disse à deputada Lêda que ela ficava “chiando” pois, segundo ele, ela estaria impedindo seu direito de fala na tribuna. “Toda vez que vou falar é assim, ela não me permite. Ela estava tentando me atrapalhar, falando alto e tentando me interromper. Foi aí que eu disse para ela parar de chiar, e que se quisesse falar que usasse o microfone”, disse.

Amauri disse ainda que após a sessão, ele foi até o gabinete do presidente da Alego, Lissauer Vieira, para conversar com o parlamentar. Segundo ele, nesse momento os deputados Cláudio Meirelles e Lêda Borges chegaram “querendo briga”, mas foram retirados de lá. A deputada Lêda confirmou que foi ao gabinete do presidente da Casa, mas negou que tivesse sido retirada do ambiente. “O que eles querem ali é me desmoralizar, eles querem que eu agrida alguém para aí eles me atacarem”.

Veja o vídeo do momento da confusão:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Reclamação de Marconi Perillo contra promotor de Justiça do MPGO, Fernando Krebs, é arquivada

Em fevereiro deste ano o ex-chefe do executivo de Goiás teve o pedido de indenização movido contra o promotor negado pelo TJGO.
11/04/2019, 20h33

A briga judicial travada entre o ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) e o promotor de Justiça, Fernando Krebs ganhou mais um episódio nesta quinta-feira (11/4) na Corregedoria Nacional do Ministério Público (CNMP) que arquivou a reclamação de Marconi contra o promotor.

A decisão é do corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel, que consideram sem procedência a reclamação do ex-governador e do então presidente do Departamento Nacional de Trânsito (Detran), João Furtado Neto.

Tanto Marconi Perillo como o ex presidente do Detran acusaram o promotor do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), de usar a sua função para fazer sua promoção pessoal e atacar o ex-governador e João Furtado Neto nas redes sociais, além de outra irregularidades.

No entanto ao analisar a reclamação contra o promotor, Rochadel contou com o apoio do auxiliar Bernardo Maciel Vieira, que recomendou o arquivamento da reclamação. Conforme a análise do documento enviado pelo ex-gestor do Estado, não foi possível verificar nenhuma pratica ilícita por parte do promotor de Justiça.

Decisão é a segunda derrota de Marconi Perillo em uma ação contra o promotor, a primeira foi em fevereiro deste ano, quando teve um pedido de indenização por danos morais negado pela Justiça

O auxiliar do CNMP, lembrou que no documento apresentado pelos solicitantes, não existe elementos necessários para mostrar que o promotor cometeu algum ato ilícito e não há evidências que possam provar o desvio da sua função.

Vale lembrar a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), negou o pedido de indenização por dano moral feito por Marconi Perillo contra o promotor. A decisão foi tomada em primeiro grau, após o ex-chefe do executivo entrar com uma ação contra o membro do MPGO, após uma publicação de Krebs no Twitter, que Marconi alegou ser difamatória.

A postagem que gerou o pedido de indenização por parte de Marconi Perillo, foi feita por Krebs em julho de 2014 e ele pergunta ao então governador se ele havia ligado para o contraventor Carlinhos Cachoeira e Demóstenes Torres para desejar feliz Dia do Amigo.

A decisão de negar o pedido do ex-governador foi tomada pelo juiz substituto, Maurício Porfírio Rosa, que afirmou não haver provas de ofensa ou prática ilícita, pois o promotor agiu dentro do seu direito de crítica.

Via: O Popular 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Bombeiros retomam buscas por funcionário da Saneago desaparecido no Meia Ponte

Incidente ocorreu no fim da manhã de quinta-feira (11/4). Ao menos 12 bombeiros atuam na ocorrência.
12/04/2019, 07h56

Doze bombeiros retomaram, por volta das 5h desta sexta-feira (12/4), as buscas pelo funcionário da Saneago que desapareceu no Rio Meia Ponte, no Bairro São Domingos, em Goiânia. O incidente ocorreu no fim da manhã de ontem (11/4), enquanto Flávio Leonel Moraes, de 36 anos, e outro colega faziam medição na parte de cima da contenção do rio.

Segundo o tenente Alisson Oliveira, que comanda o resgate no local, as buscas serão ampliadas. “Hoje o perímetro de buscas vai avançar. Ontem foi em torno de três as cinco quilômetros do local do acidente, não tem como precisar, mas hoje a buscas são feitas do perímetro terceiro para frente”, explicou ao Dia Online.

Ainda conforme a corporação, as buscas são feitas tanto pela terra quanto pela água, entretanto, são “buscas cegas” devido à turbidez da água do rio a visibilidade é quase nula. “Já fizemos buscas pela mata com a equipe de salvamento terrestre e agora estamos fazendo pela água. Mas por causa da água turva, que impede a visibilidade, são buscas cegas”, disse o tenente.

Funcionário da Saneago desaparece no Meia Ponte, em Goiânia

O incidente com o funcionário da Saneago ocorreu na manhã desta quinta-feira (11/4). O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 10h40 para fazer o resgate.

Dois funcionários que faziam medição na parte de cima da contenção do rio pularam na água devido o forte fluxo de água. A embarcação dos colaboradores estava sendo arrastada para uma vala do rio. Um deles conseguiu chegar até a margem do Meia Ponte, mas o outro, identificado como Flávio Leonel Moraes, de 36 anos, que atua na Supervisão de Hidrologia, foi arrastado pela água.

Em nota, a Saneago informou que o socorro foi acionado imediatamente após o acidente. Equipes da empresa acompanham as buscas, além de prestar apoio à família. Veja abaixo a nota na íntegra:

A Saneago informa que equipes do Corpo de Bombeiros continuam com a operação de resgate do agente de sistemas Flávio Leonel Moraes. Flávio trabalhava na Supervisão de Hidrologia e estava no local conferindo o nivelamento de uma das réguas de medição da estação fluviométrica, que fica acima da área de captação da Companhia no Rio Meia Ponte. No momento, a Companhia aguarda mais informações da operação, prestando todo o apoio à família.

A Saneago ressalta que oferece todos os equipamentos de proteção, individuais e coletivos, voltados para a segurança os seus funcionários, faz treinamentos periódicos e cobra o uso desses equipamentos quando sua atividade assim o exige. No caso de Flávio, a Companhia está averiguando os motivos de o agente de sistema não estar utilizando o colete salva-vidas no momento do acidente.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.