Economia

Doze frigoríficos em Goiás são autuados em operação da Secretaria da Economia

A operação Carne Legal foi idealizada pela Superintendência de Controle e Fiscalização da Secretaria de Economia, em parceria com a Agrodefesa.

Por Ton Paulo
12/04/2019, 16h18

Uma operação deflagrada pela Superintendência de Controle e Fiscalização da Secretaria de Economia, em parceria com a Agrodefesa, autuaram na última quinta-feira (11/4) um total de 12 frigoríficos em Goiás que compram gado sem nota fiscal e sem o pagamento do ICMS. A operação começou ontem e se encerra hoje (12/4). A operação contou com várias delegacias regionais de fiscalização, e teve o apoio de servidores técnicos da Secretaria e também do Batalhão Fazendário da Polícia Militar (PM).

De acordo com a Secretaria da Economia (antiga Sefaz), na operação Carne Legal os fiscais chegaram de surpresa e encontraram aproximadamente 1.000 cabeças de gado para abate sem qualquer documentação fiscal. A operação poderá ser estendida a outros frigoríficos.

Em um único estabelecimento, de acordo com a pasta, em um frigorífico de Jaraguá, interior de Goiás, havia quase 770 cabeças de gado preparadas para o abate e sem documento fiscal. Foi a maior autuação da campanha. Foram vistoriados ainda frigoríficos em Rianápolis, Anápolis, Formosa, Caldas Novas e Sanclerlândia e em todos foram encontradas irregularidades fiscais. O auto de infração foi parcelado pelo proprietário que reconheceu o crédito ao valor de R$ 360 mil, incluindo ICMS e multas.

Após fiscalização de frigoríficos em Goiás, superintendência avalia que operação atingiu seu objetivo

De acordo com informações da Secretaria da Economia, foram encontrados animais abatidos, na espera para o abate e também em caminhões estacionados nos pátios dos frigoríficos. O valor total do gado vistoriado foi estimado pelo fisco em R$ 2,3 milhões. O valor previsto do ICMS sonegado mais a multa é superior a R$ 570 mil.

A Carne Legal foi executada por delegacias regionais de fiscalização, e também contou com o apoio de servidores técnicos da Secretaria e também do Batalhão Fazendário da PM. A Superintendência considera que a operação atingiu o objetivo esperado.

Depois da lavratura do auto de infração, a Agrodefesa ainda verifica a qualidade da carne apreendida para liberar a sua comercialização.

Via: Sefaz 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Tecnoshow Comigo 2019 supera expectativas

Números de visitantes e negociações durante a feira superaram os resultados de anos anteriores.
12/04/2019, 16h53

A 18ª edição da Tecnoshow Comigo que começou na última segunda-feira (8/4) e se encerrou nesta sexta-feira (12/4) e os resultados da feira são positivos, pelo menos é o que garante o vice-presidente da Comigo Aguilar, empresa responsável pela feira.

O vice-presidente da Comigo, Aguilar antes do início da divulgação dos resultados oficiais da feira deste ano, afirmou que a expectativa da Comigo foi superada neste ano. “Nós encerramos a feira com aquela sensação maravilhosa de dever cumprido e visto que a cada ano estamos melhorando e cada vez mais pessoas de longe vem nos visitar”, afirmou o vice-presidente da Comigo.

Antes do presidente Comigo, Antônio Chavagia anunciar os resultados da feira deste ano e anunciar o início da edição do próximo ano. O Secretário de Desenvolvimento Regional de Rio Verde, Denimarcio Borges de Oliveira, fez um balanço sobre o impacto da feira no município.

No balanço da secretaria foi registrado um aumento entre 30 e 250% em alguns restaurantes durante a feira, o que gerou a contratação de mão de obra temporária para dar conta da demanda. Segundo o secretário, o movimento nos shopping aumentou 40% e registro de 100% na rede hoteleira que beneficiou outras cidades da região. Denimarcio afirmou que houve um aumento na arrecadação do município de cerca de 12,4%.

Tecnoshow Comigo 2019 registra R$ 3,4 bilhões em negociação durante o evento

Tecnoshow Comigo 2019 supera expectativas
FOTO: Reprodução

O presidente da Comigo, Antônio Chavaglia apresentou os resultados da feira deste ano, conforme divulgado pela cooperativa um conjunto de fatores permitiu que a feira superasse as expectativas em sua 18ª edição.

Em relação aos expositores foram 580 neste ano contra 550 no ano passado e empresas que quiseram participar, mas não havia mais espaço. Segundo Chavaglia foram 18 mil visitas e cada vez mais pessoas buscando por informações de tecnologia para o agronegócios.

Veja o vídeo com a divulgação do balanço da feira deste ano: 

Em relação aos veículos neste ano foram negociados 43 mil veículos contra 35 mil registrados no ano passado. O resultado de negócios da Tecnoshow Comigo 2019 em comparação com o ano passado foi superior ao do ano passado, quando foram registrados R$ 2,5 bilhões em negociação e neste ano chegou aos R$ 3,400 bilhões.

O presidente da Comigo deixou o recado para que os interessados em expor seus produtos na feira do ano que vem, procurei pela cooperativa e que não deixe para buscar com 90 dias faltando para o início do evento do ano que vem. A 19ª edição da TecnoShow Comigo começa no dia 30 de março e vai até o dia 3 de abril do próximo ano.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Dia Gourmet

12 lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia

Para quem adotou um estilo de vida mais saudável e procura se alimentar de forma natural, Goiânia conta com restaurantes que oferecem alternativas de muito bom gosto e qualidade.
12/04/2019, 17h00

Pesquisas comprovam que a alimentação dos brasileiros possui certa deficiência em nutrientes, o que não é grande surpresa, já que muita gente acaba trocando as principais refeições do dia por lanches ou fast foods. Em muitos casos, isso acontece devido a falta de tempo, já que a rotina apertada nem sempre permite o preparo de pratos mais saudáveis. Mas felizmente, muitos já estão atentos à importância de manter uma dieta mais nutritiva, tanto para manter o corpo em forma, quanto para manter a saúde em dia. Portanto, se você adotou uma vida mais natural em Goiânia e fica sem saber o que fazer quando precisa comer fora, temos aqui algumas opções que podem te ajudar bastante.

A cidade conta com diversos restaurantes especializados em oferecer uma alimentação mais natural e saudável, incentivando seus clientes a adotarem esse estilo de vida. Trabalham sempre com receitas inovadoras e capricham no preparo, fazendo até com que a verdura que você menos gosta se transforme em um prato saboroso e nutritivo.

Oferecem cardápios variados que agradam até os mais exigentes paladares, sendo que alguns ainda trabalham com opções vegetarianas e veganas. Pensando nisso, nós aqui do Portal Dia Online preparamos uma listinha com algumas alternativas que você pode gostar bastante. Dá uma olhada!

Conheça lugares para garantir alimentação natural em Goiânia:

1 – República da Saúde

X lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia
Foto: Reprodução

A República da Saúde é um dos melhores lugares para quem pretende manter uma alimentação mais natural em Goiânia. A ideia de montar um restaurante com proposta saudável nasceu em 2008 e desde então foi sendo adaptada para garantir o melhor modelo de negócio para seu público.

Atualmente, o local trabalha incentivando um estilo de vida mais saudável baseado em alimentos naturais. É considerado por muitos como um verdadeiro complexo gastronômico, onde é possível encontrar buffets variados, pães, café da manhã e vinhos, sem falar no empório encontrado ali. Vale a pena conhecer e experimentar! Clique aqui para saber mais.

Horário de atendimento: todos os dias, das 8h às 21h

Telefone: (62) 3942-5576

Endereço: Rua 89, 655 – St. Sul, Goiânia – GO, 74093-140

2 – Slim Gastronomia Saudável

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia
Foto: Reprodução/ Slim

O restaurante nasceu como uma forma de proporcionar mais qualidade de vida ao público goianiense, atraindo aqueles que preferem manter uma alimentação mais natural. Assim, ainda mostram que é possível se alimentar bem ao mesmo tempo em que se experimenta sabores únicos.

Por ali é possível encontrar variedade em pratos leves, incluindo saladas deliciosas, proteínas e acompanhamentos integrais, com boas alternativas veganas. Tudo isso em um espacinho contemporâneo e bem tranquilo. Clique aqui e confira o cardápio.

Horário de atendimento: todos os dias, das 11h30 às 21h45

Telefone: (62) 3095-2220

Endereço: Rua 18, 282 Galeria Marfim – St. Oeste, Goiânia – GO, 74115-030

3 – Ateliê da Salada

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

Para os apaixonados por saladas, este é o lugarzinho certo! No mercado da cidade desde 2014, já se tornou uma das principais referências para quem não deixa a boa alimentação de lado. Sabendo que nem sempre as pessoas desfrutam do tempo necessário para se alimentar de forma saudável, a casa visa montar pratos naturais, oferecendo ainda wraps, sanduíches leves, crepiocas, tapiocas, omeletes e muito mais. Clique aqui e confira o cardápio.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 11h às 21h

Telefone: (62) 3996-1233

Endereço: Av. D, 650 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74140-160

4 – Rosas Cozinha e Sentimento

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

O próprio nome do restaurante já nos inspira bons sentimentos, o que dizer então dos pratos servidos por ali? Para quem não dispensa a comida natural em Goiânia, o lugar também representa uma boa alternativa.

A casa busca sempre inovar, oferecendo para seus clientes refeições leves e mais naturais possível, com boa diversidade de pratos e refeições. As saladas são deliciosas! O melhor é que tudo isso pode ser encontrado em um ambiente contemporâneo e com muita arte!

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 11h30 às 14h30 / sábado, das 11h30 às 15h

Telefone: (62) 3223-5676

Endereço: Rua 2, 488 – Quadra F1, Lote 43 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74110-130

5 – Cerrado Alimentos Orgânicos

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

O restaurante funciona como um self-service de comida brasileira, focado em produtos naturais. É possível encontrar alternativas de todos os sabores, para todos os gostos. Além disso, a casa ainda oferece uma feirinha orgânica bastante rica, com produtos dificilmente encontrados em mercados normais. O ambiente ainda conta com decoração rústica que deixa tudo ainda mais agradável.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 18h / sábado, das 8h às 16h

Telefone: (62) 3213-4388

Endereço: Quadra F 14 – Lote 60, Rua 10, 342 – St. Sul, Goiânia – GO, 74083-120

6 – Boali

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

Um dos primeiros a entrar no segmento de comida natural em Goiânia, a franquia nasceu em São Paulo e atualmente conta com mais de 30 unidades em todo o Brasil. Além de oferecem alternativas mais saudáveis e saborosas, ainda possuem um papel transformador perante a sociedade e a natureza, apoiando causas sustentáveis.

No cardápio os clientes encontram deliciosas opções de saladas, wraps, grelhados, crepes, bebidas e sobremesas. Clique aqui e confira os produtos oferecidos na casa.

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 10h às 22h30 / domingo, das 12h às 22h30

Telefone: (62) 3281-0562

Endereço: Av. Dep. Jamel Cecílio, 3300 – Loja 227 – Jardim Goiás, Goiânia – GO, 74810-907

7 – Go Box Food

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

Trazendo um conceito inovador no que tange a comida natural em Goiânia, a Go Box Food se define como um Fresh Fast Food, que nada mais é que um fast food de comida saudável. O objetivo da casa é fornecer deliciosas opções em alimentos naturais, incentivando os hábitos saudáveis em seus clientes.

No cardápio é possível encontrar pratos ricos em proteínas, saladas diversas e sanduíches leves, também com opções vegetarianas.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 10h30 às 20h / sábado, das 10h30 às 15h

Telefone: (62) 3241-9345

Endereço: Rua 1129 Qd 237 Lt 22 N 46 – St. Marista, Goiânia – GO, 74175-140

8 – Natural Alimentos

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

Diferente dos casos anteriores, temos aqui um mercadinho que oferece excelentes opções para quem pretende se alimentar de forma natural em Goiânia. Nem sempre é fácil encontrar produtos orgânicos e que condizem com uma dieta saudável, portanto o local funciona como uma solução para o problema. Vale a pena conhecer!

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 8h30 / sábado, das 8h às 13h30

Telefone: 

  • (62) 3429-1219
  • (62) 3089-0999

Endereço:

  • Rua 4, 134 – St. Central, Goiânia – GO, 74020-045
  • Av. Tocantins, 683 – St. Central, Goiânia – GO, 74043-020

9 – Por Você Alimentação Saudável

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

Aqui é possível encontrar uma das melhores opções de comida natural em Goiânia, com boa variedade e alimentos de qualidade. preparados com todo o cuidado e para servir a todos os gostos. Além disso, vale destacar ainda o bom atendimento e o clima acolhedor da casa, que trabalha com preços justos e acessíveis na cidade.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 11h às 15h e das 20h às 22h30 / sábado, das 10h às 14h30

Telefone: (62) 3432-5075

Endereço: Rua C-149, quadra 323, lote 10, n. 1195 – Jardim America, Goiânia – GO, 74275-080

10 – Nature Fit

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

E para quem está sempre pelo Jardim Goiás e busca por uma alternativa de alimentação natural em Goiânia, a Nature Fit pode ser a escolha certa! Na casa é possível encontrar boa variedade de alimentos produzidos da forma mais natural possível, evitando o uso de industrializados.

Vale destacar o sabor das refeições encontradas por ali, que é sempre maravilhoso. Além disso, os clientes ainda encontram bom atendimento, em um ambiente acolhedor e de clima bem agradável.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 18h

Telefone: (62) 3278-3585

Endereço: Quadra 14a Lote 10 020, Rua 24 – Jardim Goiás, Goiânia – GO, 74805-340

11 – Funzionale Comida Funcional

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

A casa é uma das mais queridas quando se trata de alimentação natural em Goiânia, principalmente para quem pretende não gastar muito. É possível encontrar sempre boa qualidade em pratos desenvolvidos com ingredientes saudáveis, no entanto, vale lembrar que a casa trabalha com pratos feitos, portanto é preciso verificar o cardápio do dia para ter certeza de que a comida será de seu agrado.

Horário de atendimento: segunda a quinta, das 11h às 17h30 / sexta, das 11h às 14h

Telefone: (62) 98211-9444

Endereço: Galeria Dona Dota – R. 18, 57 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74120-080

12 – Bapi

lugares para se alimentar de forma natural em Goiânia / alimentação / comida
Foto: Reprodução

Há mais de 40 anos no mercado, a Bapi é uma empresa tradicionalmente goianiense e nasceu como uma ideia saudável. Inicialmente trabalhava com uma simples produção de sucos naturais, mas não demorou muito para que a ideia se expandisse e entrassem também para o ramo de alimentos.

Os ingredientes utilizados são sempre fresquinhos e contam com o mais rigoroso padrão de qualidade. No cardápio é possível encontrar opções de wraps, sanduíches naturais, saladas, pratos fitness, omeletes e muito mais. Clique aqui e confira o cardápio.

Horário de atendimento: todos os dias, das 11h30 às 23h (os horários podem variar de acordo com cada unidade)

Telefones: 

  • (62) 3095-6569
  • (62) 3093-3096
  • (62) 3942-6365
  • (62) 3546-2000

Endereços:

  • R Mil Cento E Quarenta E Cinco, 1 – St. Marista, Goiânia – GO, 74180-050
  • Av. T-10, 1300 – St. Bueno, Goiânia (Goiânia Shopping) – GO, 74230-100
  • Av. T-63, 1210 – Quadra 144 Lote 11 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74230-100
  • Av. Dep. Jamel Cecílio, 3300 – Loja 236 – Jardim Goiás, Goiânia (Flamboyant Shopping) – GO, 74810-907

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Em assembleia, Sintego decide suspender greve dos professores em Goiás

Aulas devem ser retomadas na próxima segunda-feira (15/4).
12/04/2019, 18h29

O Sindicato dos Servidores da Educação do Estado de Goiás (Sintego) fez uma assembleia geral na tarde desta sexta-feira (12/4) em frente ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira, no Centro de Goiânia e decidiu suspender a greve dos professores da rede estadual de ensino de Goiás.

Conforme o sindicato a decisão de suspender o movimento grevista da categoria, que teve início no dia 3 de abril deste ano, é para que pautas maiores possam ser discutidas e negociadas com o governo do Estado.

O Sintego afirmou que vai buscar agora negociar com o Estado os pagamentos dos salários de dezembro, do piso, progressão dos salários e as promoção de novos concursos em Goiás. Conforme a decisão do sindicato, os professores retornam as aulas na próxima segunda-feira (15/4), outras instituições de ensino vão se tentar organizar o cronograma das aulas, devido ao feriado da semana santa.

Secretaria Estadual de Educação aguarda Sintego para discutir novas reivindicações dos professores

Dia Online entrou em contato com a Secretaria Estadual de Educação de Goiás (Seduc) em busca de um posicionamento sobre o fim da greve e as novas demandas apresentadas pela categoria. Conforme assessoria de imprensa da Seduc, as conversas iniciais eram para que o movimento grevista tivesse um fim, o que ocorreu na tarde de hoje após a assembleia geral do Sintego.

Entres as pautas apresentadas pelo Sintego na Assembleia desta tarde está a promoção de novos concursos para a educação no Estado. Segundo a assessoria da Seduc novos concursos precisam ser feito para conseguir atender a demanda das 1121 escola estaduais que existem em Goiás.

Em relação 435 convocados pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) no dia 5 de fevereiro deste ano, a Seduc afirmou que 118 tomaram posse e que os outros chamados para assumir os cargos, estão no processo de apresentação dos documentos necessários para serem empossados.

A secretaria afirma que desde o início da greve o número de instituições que aderiram o movimento até a última quinta-feira (11/4) foram registradas 92 com paralisação total e 32 parcial. No entanto os números apresentados pelo Sindicato mostram que entre 250 a 400 escolas aderiram a paralisação nestes oito dias.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Em cerimônia com governador, Fla assina acordo para gerir Maracanã junto com Flu

O contrato assinado nesta sexta, porém, prevê que este compromisso com os dois clubes pode ser renovado por mais seis meses.
12/04/2019, 18h49

Em uma cerimônia realizada na tarde desta sexta-feira, no Palácio da Guanabara, sede do Governo do Estado do Rio, o Flamengo assinou contrato para assumir a gestão do Maracanã, em parceria com o Fluminense, pelos próximos seis meses.

Os clubes assumirão a administração do estádio a partir do dia 19 de abril e, neste período em que os times estarão à frente da mais tradicional arena do Brasil, o governo do Rio vai abrir um processo de licitação para escolher um gestor por um tempo maior. O contrato assinado nesta sexta, porém, prevê que este compromisso com os dois clubes pode ser renovado por mais seis meses.

O evento realizado nesta sexta contou com as presenças dos presidentes do Flamengo, Rodolfo Landim, e do Fluminense, Pedro Abad, e do governador do Rio, Wilson Witzel, que fez questão de esclarecer que o contrato só pôde ser assinado pelo rubro-negro, pois o clube tricolor não possui as certidões negativas de débito (CND) necessárias para firmar, no papel, este tipo de acordo com o Estado.

Entretanto, o Flu, na prática, será parceiro do Fla na administração do estádio, cujo contrato para poder cumprir esta finalidade específica e estabelecer as condições para a mesma ainda está sendo elaborado pelos dois clubes. “O contrato é com o Flamengo. Se ele vai decidir com o Fluminense as decisões, isso é problema deles. Vou cobrar é o Flamengo”, revelou Witzel.

Porém, Landim fez questão de ressaltar também a validade da parceria com o rival das Laranjeiras para gerir o estádio. “Por uma questão transitória desse momento, o Fluminense não pode participar (do contrato assinado com o governo do Rio), por isso no formalismo o governador colocou o que está escrito no papel. Mas existe, sem dúvida alguma, um compromisso do Flamengo que ele vai honrar junto do Fluminense de estarmos juntos administrando o Maracanã”, afirmou.

E o dirigente rubro-negro ainda fez uma promessa a Witzel no seu breve discurso durante a cerimônia desta sexta. “Com a responsabilidade que estamos assumindo no dia de hoje, a gente vai fazer com o que o senhor, senhor governador, jamais se arrependa da decisão que o senhor tomou. O senhor pode estar certo de que nós vamos trabalhar incessantemente para prestar um serviço cada vez melhor para a sociedade, para os torcedores, e eu tenho certeza de que isso é a sua vontade”, ressaltou.

O presidente do Flu, por sua vez, qualificou esta parceria firmada com o Fla como “um momento histórico no qual duas instituições centenárias, de rivalidade, em 36 horas, conseguiram modelar uma parceria sem nenhum tipo de interesse acima daquilo que é razoável”. E Abad fez questão de enfatizar que as portas do Maracanã seguem abertas para o uso dos outros dois principais times do Rio, assim como também para ajudar a administrar o local. “Nosso parceiro Flamengo sempre atuou em conjunto, sem nenhum tipo de visão pessoal acima do clube. E não só Flamengo e Fluminense, mas Botafogo e Vasco também estão mais que convidados, também construíram a história do estádio, a gente prevê a participação deles”, reforçou.

Pelo compromisso formado, Fla e Flu vão arcar com o custo mensal de administração, de aproximadamente R$ 2 milhões, além do pagamento mensal de R$ 166.666,67 ao governo. Este valor será repassado ao complexo Célio de Barros e Júlio Delamare, anexos ao estádio. Para completar, os clubes poderão explorar o Tour Maracanã desde que devolvam ao Estado 10% do faturamento mensal desta atração ou paguem um valor mínimo de R$ 64 mil.

VASCO É CRITICADO

Depois do presidente do Vasco, Alexandre Campello, ter afirmado na última terça-feira que vai entrar na Justiça contra a decisão do Estado, pois considera que Fla e Flu foram favorecidos irregularmente, Witzel criticou a posição do clube de São Januário, que por causa deste acordo dos rivais com o governo do Rio levou para o Engenhão o jogo de ida da final do Campeonato Carioca, neste domingo, quando atuará como mandante contra os flamenguistas.

“Lamentável, o Vasco poderia ter participado (deste acordo com o governo), não participou porque não quis. Quando eu ainda estava no tribunal (enquanto era advogado e juiz federal), a gente (magistrados) chamava isso de ‘news sperniandi’ (sic). Ou seja, o sujeito não participou, teve reflexos negativos e agora está esperneando”, disse o governador do Rio, se referindo claramente a Alexandre Campello.

Por causa da decisão do governo, o presidente vascaíno afirmou que o seu time também só jogará em São Januário em suas partidas como mandante no próximo Campeonato Brasileiro, até mesmo nos clássicos. E isso só não vai acontecer neste domingo porque, no Estadual, o regulamento exige que cada clube envolvido na decisão da competição tenha direito a 50% dos ingressos, o que torna o uso do estádio vascaíno inviável, tendo em vista a sua capacidade reduzida.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.