Trânsito

Colisão frontal na BR-020, em Formosa, deixa 7 feridos incluindo criança

Entre os feridos estava uma menina de 4 anos. Felizmente, nenhum óbito foi constatado.

Por Ton Paulo
13/04/2019, 09h55

Um acidente registrado no início da tarde da última sexta-feira (12/4) na BR-020, em Formosa, resultou em sete pessoas feridas. De acordo com os bombeiros, houve uma colisão frontal de veículos e que deixou as vítimas com fraturas e contusões. Entre os feridos estava uma menina de 4 anos. Felizmente, nenhum óbito foi constatado.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu ontem por volta de 12h15 no KM 34 da BR-020, zona rural de Formosa. Um veículo Hyundai Veloster e um Jeep Renegade bateram de frente. Testemunhas relataram que o Veloster veio a invadir a pista contrária, oocasionando a colisão frontal entre os carros.

Ainda conforme a corporação, houve sete vítimas: quatro foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o Samu, e três pelo Corpo de bombeiros. As vítimas apresentavam fraturas e contusões e ninguém veio a óbito.

Uma das vítimas foi uma criança de 4 anos. A menina, que estava no Jeep Renegade, apresentava contusão na face e  no abdômen, além de sangramento nasal. Ela foi transportada pelo Samu.

Além de Formosa, colisão frontal em Cristalina também fez vítimas, mas fatais

No dia 30/3 deste ano, uma colisão frontal entre Cristalina e Luziânia também fez vítimas. Quatro pessoas morreram e outra ficou gravemente ferida após colisão frontal entre dois carros. Acidente ocorreu na GO-436, entre Luziânia e Cristalina. Nomes das vítimas não foram divulgados na época.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros na ocasião, o acidente envolveu um Kia Magentis e um Fiat Strada, com placas do Distrito Federal (DF) e São Paulo. Dois casais, um em cada veículo, ficaram presos as ferragens e foram a óbito no local.

Um quinto envolvido no acidente foi reanimado pela equipe do Serviço de Atendimento de Urgência Móvel (Samu) e transportado pela aeronave do Corpo de Bombeiros do DF para um hospital da capital federal.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Sobe para sete número de pessoas mortas em desabamento de dois edifícios no Rio

Conforme o Corpo de Bombeiros, há 12 pessoas ainda desaparecidas.
13/04/2019, 10h35

O número de pessoas mortas no desabamento de dois edifícios construídos ilegalmente na comunidade da Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro, chegou a sete. Na madrugada deste sábado, 13, o adolescente Hilton Guilherme Sodré, que havia sido resgatado com vida dos escombros horas antes, morreu durante cirurgia no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea (zona sul do Rio).

Conforme o Corpo de Bombeiros, há 12 pessoas ainda desaparecidas. Desde a manhã de ontem (12), 100 militares da corporação atuam nas buscas. Eles trabalham com o auxílio de cães farejadores, drones e helicópteros.

Os bombeiros já resgataram 15 pessoas dos escombros, das quais cinco já sem vida. Outras duas morreram em hospitais – além do adolescente, um homem que havia sido levado a um hospital particular na zona oeste.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Homem se confunde no Whatsapp ao denunciar falso sequestro da mãe e é preso, em Trindade

O homem inventou tudo e, nas conversas de Whatsapp mostradas aos policiais como provas, ele se passava também pelo sequestrador.

Por Ton Paulo
13/04/2019, 11h42

Um homem que denunciou o sequestro da mãe foi preso na última sexta-feira (12/4) em Trindade, região metropolitana de Goiânia. O caso é que o sequestro jamais existiu. O homem inventou o falso sequestro e, nas conversas de Whatsapp mostradas aos policiais como provas, ele se passava também pelo sequestrador, e num ponto da conversa, acabou se confundindo e expondo a mentira.

Hemerson Alves da Costa, preso ontem, havia registrado o tal caso do “sequestro”de sua mãe na polícia. Segundo ele, a progenitora teria sido levada por três pessoas em frente ao Restaurante 1008, em Goiânia. Ainda conforme o estelionatário, os “sequestradores” teriam exigido dele a quantia de R$ 50 mil reais para liberar a vítima.

Ele contou que pagou o valor, mas mesmo assim os tais bandidos não soltaram a mãe que estaria em cativeiro. A Polícia Civil, em posse do registro, começou as investigações e as buscas pela mãe do rapaz que estaria nas garras dos bandidos. Entretanto, uma rápida análise das “evidências” apresentadas por Hemerson colocou a historinha do rapaz abaixo.

O homem, que disse que estaria se comunicando com os sequestradores pelo Whatsapp, entregou os prints para a Polícia Civil, mas deixou passar um detalhe. Na conversa, é possível ver a pessoa (supostamente o bandido) pedindo dinheiro e ameaçando a vítima, e Hemerson pedindo para que eles não a machucassem. Entretanto, em um dado ponto da negociação, os papéis se invertem e, curiosamente, o bandido começa a pedir clemência pela mãe e Hemerson começa a ameaçar e pedir dinheiro. Isso porque o homem, que se passava também pelo bandido, se confundiu e começou a responder de seu próprio telefone.

Homem se confunde no Whatsapp ao denunciar falso sequestro da mãe e é preso, em Trindade
Foto: Reprodução/PC

Os policiais, então, perceberam que tudo não passava de um truque. Ele foi preso pelo crime de estelionato e denunciação caluniosa.

Homem que registrou falso sequestro da mãe em Trindade

Hermerson é o autor de outros golpes, estes em Goiânia. O homem é suspeito de registrar ocorrências falsas de furtos e roubos no site da Polícia Civil para, assim, receber do seguro o reembolso dos valores dos itens falsamente subtraídos.

Via: O Popular 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Com frota reduzida, Avianca cancela voos marcados em Goiânia; veja lista

Medida é consequência de decisão judicial que determinou a devolução de aeronaves alugadas por inadimplência da companhia aérea.
13/04/2019, 14h25

Por determinação da Justiça, a Avianca Brasil precisa devolver dez aeronaves alugadas por inadimplência. O cancelamento da matrícula dos aviões foi anunciado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que também determinou a suspensão da venda de bilhetes aéreos para as rotas prejudicadas.

Ainda conforme determinação da Anac, a Avianca deverá “divulgar amplamente os voos alterados e cancelados, comunicar previamente os passageiros para evitar que se desloquem ao aeroporto inadvertidamente e oferecer as alternativas de reembolso, reacomodação em outro voo ou execução do serviço por outra modalidade de transporte”.

Com a frota reduzida, a empresa comunicou o cancelamento de mais de 150 em todo o país, incluindo Goiânia, a partir deste mês de abril. No site oficial, a companhia aérea justificou que os cancelamentos ocorrem “devido a uma possível redução da sua frota.”

Lista de voos cancelados pela Avianca

Na lista, os voos cancelados em Goiânia até o momento são:

  • Voo: 6291 – Data: 15/04/2019 – Origem: Goiânia – Destino: Guarulhos (São Paulo)
  • Voo: 6291 – Data – 16/04/2019 – Origem: Goiânia – Destino – Guarulhos (São Paulo)
  • Voo: 6291 – Data: 17/04/2019 – Origem: Goiânia – Destino: Guarulhos (São Paulo)

Voos cancelados com Goiânia como destino:

  • Voo: 6290 – Data: 15/04/2019 – Origem: Guarulhos (São Paulo) – Destino: Goiânia
  • Voo: 6290 – Data: 16/04/2019 – Origem: Guarulhos (São Paulo) – Destino: Goiânia
  • Voo: 6290 – Data: 17/04/2019 – Origem: Guarulhos (São Paulo) – Destino: Goiânia

Confira neste link https://www.avianca.com.br/-/cancelamento-de-voos-a-partir-de-abril- a lista completa dos voos que foram cancelados pela Avianca em todo o país. A empresa pontua que a lista será atualizada diariamente de acordo com eventuais ajustes.

O que fazer?

De acordo com publicação, “a Avianca Brasil reforça que está tomando todas as medidas necessárias para manter a normalidade de suas operações. Os passageiros da companhia aérea podem seguir as seguintes orientações:

– Caso seu voo não esteja na lista, fique tranquilo. Nenhuma ação é necessária e seu voo será mantido conforme o programado;

– Caso seu voo esteja na lista e você tenha comprado sua passagem pelo site, aplicativo, call center ou lojas da Avianca Brasil, você pode solicitar seu reembolso em: www.avianca.com.br/reembolso. No formulário, selecione o motivo “Cancelamento de voo gerado pela Avianca”

– Caso seu voo esteja na lista e você tenha comprado sua passagem por meio de uma agência ou site de viagem, você deverá entrar em contato diretamente com essas empresas.

Via: Avianca 
Imagens: GYN Online 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Fim de semana continua com chuvas intensas em Goiás, alerta INMET

Não saia sem o guarda-chuva!
13/04/2019, 15h55

Neste sábado e domingo, 13 e 14 de abril, podem ocorrer chuvas intensas em diversas regiões do estado, conforme alerta publicado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Mesmo com sol no início das manhãs, há previsão de chuva forte a qualquer hora dos dois dias. Além de Goiás, no Distrito Federal o alerta também é para temporal.

O instituto publicou o Alerta Amarelo, que significa perigo potencial e situação meteorológica potencialmente perigosa, às 12:11 deste sábado (13/4), com duração de 16 horas. De acordo com a publicação, as regiões afetadas serão: Centro Goiano, Leste Goiano, Sul Goiano, Norte Goiano, Noroeste Goiano, Jalapão, Sudeste Tocantinense, Sul Tocantinense, Oeste Tocantinense, Centro Tocantinense, Sudeste Rondonense, Distrito Federal, Centrossul Mato-Grossense, Nordeste Mato-Grossense, Norte Mato-Grossense e Sudeste Mato-Grossense,

Também segundo previsão do site ClimaTempo, em Goiânia, neste dois dias, o calor e a alta umidade podem facilitar o crescimento de nuvens e as pancadas isoladas a partir da tarde que podem ser fortes e acompanhadas de raios e trovoadas.

Orientações para chuvas intensas em Goiás

Nas duas primeiras semanas de abril, já choveu 122 milímetros, o que corresponde a 94% dos 130 milímetros que eram esperados para todo o mês, de acordo com dados do Sistema de Meteorologia e Hidrologia do Estado de Goiás (Simehgo).

Ainda de acordo com alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), neste fim de semana, deve chover entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por metro quadrado por dia. Os ventos serão intensos, de 40 a 60 km/h.

Em caso de rajadas de vento, o órgão recomenda: não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda; se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia; obtenha mais informações junto à Defesa Civil, pelo telefone 199 e ao Corpo de Bombeiros, por meio do 193.

Via: Climatempo INMET 
Imagens: Brasil Caminhoneiro 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.