Mundo

Após falhas de conexão, Facebook, Instagram e WhatsApp voltam a operar

Não foi esclarecido, até o momento, o que causou o problema.
14/04/2019, 14h02

Após falhas de conexão na manhã deste domingo registradas nos Estados Unidos, Europa e Filipinas, as redes sociais Facebook, Instagram e WhatsApp voltaram a operar normalmente há cerca de uma hora, segundo o Downdetector.com. O site monitora problemas de conexão na internet.

Por volta de 6h30 pelo horário oriental (7h30 pelo horário de Brasília), o Downdetector apontava interrupções de sinal na maior parte do mundo. Não foi esclarecido, até o momento, o que causou o problema.

O Facebook adquiriu o Instagram em 2012 e o WhastApp em 2014. Mais de 1,52 bilhão de usuários acessam diariamente o Facebook no mundo, segundo informações do site da rede social.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

COD desarticula associação criminosa que roubava e vendia peças de caminhonetes, em Goiânia

Caminhonetes eram roubadas no Mato Grosso e trazidas para Goiânia para serem desmanchadas e as peças revendidas.
14/04/2019, 15h02

Uma operação deflagrada na manhã deste domingo (14/4) acabou com cinco membros de uma associação criminosa, sendo quatro homens e uma mulher, presos pelo Comando de Operações de Divisas (COD), especializada no roubo, desmanche e comercialização de peças de caminhonetes no Mato Grosso e em Goiás.

Dia Online entrou em contato com o Capitão Castanheira que participa da operação e conta como é feito o roubo das caminhonetes. “Eles roubava a caminhonete através de uma tecnologia via o módulo do veículo, para que o mesmo não viesse a parar durante o furto e traziam os veículos para Goiânia, onde eles eram desmanchados e as peças comercializadas”, explica o capitão.

Em vídeo a polícia explica a maneira de agir dos envolvidos, veja o vídeo: 

Conforme o Capitão, as caminhonetes eram roubadas nas cidades de Barra do Garça e Primavera do Leste no Mato Grosso e em seguida trazidas para Goiânia. De acordo com as informações da polícia, ao menos 15 roubos nos dois municípios foram cometidos pelo grupo criminoso.

Caminhonetes furtadas pela organização criminosa eram desmanchadas e peças revendidas em lojas de Goiânia e pela internet

Além da prisão dos integrantes da associação criminosa, com os suspeitos a polícia apreendeu sete veículos produtos de furtos feitos pelo grupo, que estavam sendo trazidos para Goiânia, para serem desmanchados e as peças vendidas.

“Após roubar as caminhonetes e trazer para Goiânia, aqui elas eram desmanchadas e as peças repassadas para lojas geralmente na região da Vila Canaã para serem vendidas. Outras peças nós encontramos em anúncios na internet em aplicativos de venda“, explica o Capitão Castanheira.

Segundo as informações divulgadas pela polícia, além dos cinco presos em flagrante hoje, outros membros da quadrilha deve ser presos a qualquer momento, pois a Polícia Civil do Mato Grosso (PC-MT) solicitou os mandados de prisão contra os suspeitos.

Conforme a Capitão os cinco integrantes do grupo presos em flagrante foram autuados por associação criminosa, receptação e adulteração do sinal identificador.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Suposta vítima de sequestro transmitido pelo facebook é presa temporariamente, em Rio Verde

Durante as investigações a polícia desconfiou que a suposta vítima forjou o próprio sequestro.
14/04/2019, 15h57

A vítima do provável sequestro em Rio Verde na noite da última segunda-feira (8/4) e transmitidos por meio de uma live no Facebook, Herlândia Nunes Rodrigues, de 26 anos, foi presa temporariamente na tarde do último sábado (13/4) pela Polícia Civil do Estado de Goiás suspeita de ter forjar o sequestro e tentar matar jovem que segundo ela teria invadido a casa dela para roubar a residência.

Conforme o delegado responsável pelo caso, Danilo Fabiano Oliveira, a prisão da mulher foi necessária, pois há indícios concretos de que Herlândia forjou o sequestro. Danilo afirmou que na ocasião, o jovem Matheus Campos de Oliveira, de 23 anos, preso como suspeito de ser o seqüestrador foi baleado na boca e que aguarda o laudo técnico, pois pode ser atribuído a suposta vítima o crime de tentativa de homicídio.

Por meio de nota divulgada na imprensa, a advogada de Herlândia, Wdineia Oliveira informou que não vai adiantar nada em relação ao depoimentos dos acusados e que vai a sua cliente vai prestar outros esclarecimentos no momento que o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) se manifestar sobre o caso.

Depoimento do suposto sequestrador e levantamento de provas fez polícia desconfiar que o sequestro foi forjado

O delegado explicou em entrevista a um portal de notícias da região que no depoimento do provável sequestrador e o levantamento de provas, a equipe que investiga o caso, suspeitou que o sequestro foi forjado e diante da situação pediu ao Poder Judiciário a prisão de Herlândia pelos crimes de falsa comunicação e tentativa de homicídio.

Na ocasião do suposto sequestro transmitido pelas redes sociais, Herlândia alega que foi surpreendida pelo rapaz que segue preso na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Rio Verde. O jovem Matheus exigiu na transmissão que a polícia chamasse a mãe dele e um advogado para que se entregar. Após três horas de negociação o suposto sequestrador foi preso, após ser baleado na boca pela provável refém.

Conforme o delegado não é possível fornecer mais detalhes sobre o caso, pois a investigação ainda está em andamento. Uma coletiva de imprensa foi marcada para manhã desta segunda-feira (15/4), em que o delegado vai dar mais detalhes sobre a prisão da suposta refém e da reviravolta na investigação do falso sequestro.

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

ONU afirma que 120 pessoas morreram desde início dos confrontos na Líbia

Mais de 13.500 pessoas tiveram de deixar suas casas segundo a ONU.
14/04/2019, 16h37

Mais de 120 pessoas morreram desde que um comandante militar da Líbia lançou um ataque à capital do país, dez dias atrás, iniciando confrontos com milícias rivais, afirmou neste domingo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

O Exército Nacional Líbio, liderado por Khalifa Hifter, lançou uma ofensiva surpresa contra Trípoli em 5 de abril e confronta milícias rivais vinculadas ao governo – este é apoiado pela Organização das Nações Unidas. A OMS diz que 121 pessoas foram mortas nos confrontos e outras 561 pessoas se feriram, sem especificar se eram combatentes ou civis.

O Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários informou que mais de 13.500 pessoas tiveram de deixar suas casas e que números “significativos” de civis seguiam presos em áreas nas quais houve piora nos confrontos.

Enviado da ONU, Ghassan Salame afirmou que uma escola foi bombardeada na cidade de Ain Zara, cerca de 15 quilômetros a sudeste de Trípoli, sem dizer quem seria responsável. Os dois lados já realizaram ataques aéreos na cidade e um porta-voz do Exército Nacional Líbio disse que ampliou os ataques aéreos contra seus rivais nos últimos dois dias.

Hifter pretende unificar o país imerso em anos de caos, após um levante em 2011 que derrubou o ditador Muamar Kadafi. Ele já liderou campanhas anteriormente contra militantes islâmicos e outros rivais no leste da Líbia e recebeu apoio de Emirados Árabes, Egito, Rússia e França.

O presidente egípcio, Abdel-Fattah el-Sissi, se reuniu com Hifter no Cairo neste domingo, informou a presidência local, sem dar detalhes.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Atlético goleia Goiás na primeira partida da Final e precisa de um empate para ficar com o título

Com o resultado, o rubro-negro goiano pode perder por até dois gols no próximo domingo que fica com o título.
14/04/2019, 18h08

O jogo é de torcida única, no entanto parece que não apenas de torcida, mas de um único time, o Atlético Goianiense que venceu o Goiás na primeira partida da final do Goianão 2019 neste domingo (14/4) pelo placar de 3 a 0.

O Jogo

O torcedor rubro-negro que compareceu ao Estádio Olímpico viu um time aguerrido desde o início da partida, e que foi premiado antes dos 15 minutos da primeira etapa. O atacante Matheuzinho lançou o meia Jorginho que invadiu a área deu um corte seco no zagueiro Rafael Vaz, que derrubou o meia, pênalti marcado pelo árbitro Eduardo Thomaz, Gilsinho foi para cobrança e abriu o placar para o rubro-negro goiano.

Após abrir o placar, o time comandado por Wagner Lopes tentou aproveitar os contra ataques para matar o jogo, mas sem sucesso. O Goiás por sua vez apareceu pela primeira vez, após o chute de Marlone de fora da áreas aos 35′ da etapa inicial. A partir daí o esmeraldino goiano passou a chegar, mas sem muito perigo.

E como diz o velho ditado de que acompanha e joga futebol que não faz leva, o dragão aproveitou para jogar mais um balde de gelo no Goiás, após jogada de Jorginho, a bola chegou a Mayke que invadiu a área, escorregou, seguiu a jogada e tocou para Matheuzinho que girou e bateu no canto do goleiro Sidão ampliando a vantagem do rubro-negro carioca para 2 a 0 aos 44′ do 1ºT.

O Goiás até melhorou no segundo tempo, mas no apagar das luzes Madson fechou a conta para o Atlético Goianiense

Com o placar em seu desfavor, o técnico do Goiás, Maurício Barbieri fez duas substituições para reverter a situação do time, saiu Renatinho para entrada de Marcinho e Gilberto Júnior deu lugar ao meia-atacante Geovane Augusto.

Com as mudanças feitas por Barbieri, o Goiás melhorou e aos cinco da etapa complementar Marcinho aproveitou que tinha espaço e bateu para a defesa do goleiro rubro-negro. Três minutos depois foi a vez do zagueiro Rafael Vaz aproveitar a cobrança de escanteio e fazer o goleiro adversário trabalhar novamente.

Enquanto o Atlético perdeu o volante Moacir lesionado que deu lugar a André Luiz, o Goiás criou sua grande chance do jogo, aos 15 da etapa final, a bola foi alçada dentro da área, o atacante Brenner apareceu para cabecear e Kozlinski apareceu mais uma vez para defender e impedir o gol adversário.

O Goiás até melhorou no segundo tempo, no entanto aos 45′ da etapa final, Matheuzinho lançou Reginaldo que rolou para Madison dar números finais ao jogo, Atlético 3 x 0 Goiás.

O jogo de volta a torcida vai ser apenas do Goiás e o esmeraldino goiano vai ter que devolver o placar para levar a decisão para os pênaltis ou golear o rubro-negro pelo placar de 4 a 0 para ficar com o título. O Atlético por sua vez pode perder por até dois gols que vai se sagrar campeão Goianão de 2019.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.