Goiás

Homem é preso suspeito de matar a mãe, em Aparecida de Goiânia

Suspeito disse ao Dia Online que não cometeu o crime.
16/04/2019, 12h53

Policiais militares levaram ao Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia na manhã desta terça-feira (16/4) um homem de 33 anos suspeito de matar a mãe, Valdina de Souza Santos, de 53 anos.

Debilitada por causa do alcoolismo, Valdina teria sido agredida na casa dela, onde vivia com o filho, no setor Serra Dourada, na segunda-feira.

A filha, Maria Fabiana, soube que a mãe estava machucada e ligou para o Copom de Aparecida ao constatar hematomas pelo corpo da mulher.

Quando os policiais foram à residência, no entanto, a vítima teria negado que tivesse sido agredida. A informação foi repassada ao delegado responsável pela investigação, Álvaro Melo Bueno.

“Ela tinha hematomas pelo corpo. O novo perito assumiu o plantão e foi à residência onde teria ocorrido as agressões. Ali vamos saber se o filho provocou a morte da mãe”, disse o delegado após ouvir os envolvidos na delegacia.

Como a mãe estava muito machucada, Maria Fabiana a levou ao Cais Colina Azul, onde foi medicada. Quando acordou, Maria se desesperou ao ver a mãe morta em sua casa, no Setor Independência Mansões, em Aparecida.

O filho tem passagens por roubo, cárcere-privado e Maria da Penha, conforme informou a PM ao Portal Dia Online.

“Eu quero Justiça”, irmã acusa irmão de matar a mãe em Aparecida de Goiânia

Maria Fabiana acusa o irmão de ter espancado a mãe, embora o delegado diga que nenhuma queixa tenha sido registrada.

Quando chegou na mesma viatura que levou o suspeito para ser ouvido na GIH, Maria Fabiana disse várias vezes que o irmão maltratava a própria mãe.

O Portal Dia Online perguntou para o suspeito se ele a agrediu a mãe e ele respondeu: “Não matei ninguém, não. Tudo que eu podia fazer por ela [mãe] eu fazia”.

A irmã, no entanto, o acusa de “judiar da mãe” depois de beber. “Eu quero Justiça”, dizia Maria, enquanto o suspeito era levado para a sala onde iria ser ouvido pelo delegado.

O delegado vai aguardar os laudos para encontrar elementos que comprovem que agressões teriam provado a morte de Valdina.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

Governo Bolsonaro escolhe delegado para a presidência do Inep, responsável pelo Enem

Inep está sem presidente desde o dia 26 de março deste ano.
16/04/2019, 14h19

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub, convidou o delegado da Polícia Federal (PF), Elmer Coelho Vicenzi para assumir a presidência do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão responsável pelas estatísticas e avaliações da educação e de examentes como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Vale ressaltar que o atual ministro assumiu a pasta na semana passada, após o ex-ministro da educação, Ricardo Vélez Rodríguez ser exonerado do cargo. Além do delegado da PF, Weintraub escolheu como secretários e auxiliares que não tem experiência para o debate envolvendo a educação no país.

Conforme reportagem da Folha de São Paulo, a escolha de Elmer para presidente do Inep pegou todos de surpresa e sua nomeação para o cargo deve ser publicada nos próximos dias pelo Ministério da Educação (MEC).

Ex-presidente do Inep foi exonerado em Março deste ano

No dia 26 de março deste ano, o ex-ministro Ricardo Vélez exonerou o então presidente do insituto Marcus Vinicius Rodrigues, desde então o Inep está sem presidente. A demissão de Marcos Vinicius foi em função de Ricardo Vélez jogar para o ex-presidnete do Inep a responsabilidade de suspensão da prova de alfabetização deste ano.

Indicado por Weintraub, Elmer Vicenzi é delegado da PF e foi diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Além disso o novo presidente do Inep é formado em direito e especialista em direito penal. Vicenzi ainda tem MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública pela Fundaçãp Getúlio Vargas, o delegado também foi professor da Academia Nacional de Polícia.

Imagens: Folha de São Paulo 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Após ser denunciado, ex-presidente da Agecom acusa promotor de retaliação

O ex-presidente da extinta Agecom chega a se referir ao promotor como "mau caráter", e diz que ele usa o MP-GO para "difundir suas calúnias".

Por Ton Paulo
16/04/2019, 14h20

Uma denúncia de peculato feita pelo promotor Fernando Krebs, do Ministério Público de Goiás (MP-GO), contra o jornalista e ex-presidente da extinta Agência Goiana de Comunicação, a Agecom, José Luiz Bittencourt Filho, está levantando uma verdadeira polêmica. Isso porque José Luiz, acusado de ter mantido uma servidora fantasma, alega retaliação por parte do promotor uma vez que o jornalista teria feito denúncias em seu blog envolvendo o mesmo.

Na ação oferecida pelo MP-GO através do promotor Fernando Krebs, foram denunciados José Luiz Bittencourt Filho; a servidora fantasma que teria sido contratada por ele, Maria Dulce Lopes Gonçalves; além de Luiz Carlos Faleiro, Marcos Araken D’Amico, Luiz José Siqueira e Antônio Augusto Passos Danin Júnior, servidores públicos que à época dos fatos, entre 2011 e 2013, teriam atestado indevidamente a frequência de Maria Dulce.

Ainda de acordo com a denúncia, Maria Dulce ocupou o cargo de Assessor Especial E – referência III, com carga horária de 40 horas semanais, lotada na presidência do órgão. A funcionária teria recebido remuneração durante todo o período sem, no entanto, ter prestado serviços para a administração pública. Conforme apurado pelo promotor, Maria Dulce seria empregada doméstica de José Luiz, que utilizou sua condição de presidente da autarquia para pagar a funcionária de sua casa com dinheiro dos cofres do Estado.

Conforme a investigação, antes de ser contratada na Agecom, Maria Dulce trabalhou quatro anos no gabinete do ex-deputado federal Luiz Bittencourt, irmão de José Luiz Bittencourt Filho, fato que para Krebs demonstra o vínculo pessoal da denunciada com a família de José Luiz e reforça os indícios de que era empregada doméstica do ex-presidente da Agecom.

Ex-presidente da Agecom nega teor da denúncia e diz que promotor do MP-GO busca “retaliação”

Procurado pela reportagem doa Dia Online, o jornalista e ex-presidente da Agecom, José Luiz Bittencourt Filho, alegou, em nota, que a denúncia em questão havia sido arquivada em 2016, e que o promotor do MP-GO, Fernando Krebs, teria trazido a mesma à tona novamente como uma forma de retaliação.

O jornalista conta que a motivação seria uma série de ‘denúncias’ publicadas em seu blog, onde fala sobre suposta “contratação da filha do promotor e de sua esposa em cargos comissionados (e portanto políticos) de altos salários na Assembleia Legislativa de Goiás” e chega a se referir ao promotor como “mau caráter”.

Veja a nota abaixo:

“Trata-se de uma denúncia irresponsável , sem comprovação, que repete, nos termos exatos, outra anterior, de dois anos atrás, que foi arquivada por decisão do Tribunal de Justiça e do Superior Tribunal de Justiça. É óbvio que a sua reiteração objetiva a difamar a minha pessoa, ação que caracteriza em Goiás o promotor Fernando Krebs – em relação a muitas outras vítimas -, que está reagindo a denúncias de blogs sobre a contratação da sua filha e da sua mulher em cargos comissionados (e portanto políticos) de altos salários na Assembleia Legislativa, com as quais nada tenho e, se tivesse, deveria ele o dr. Krebs esclarecer e não retaliar. Infelizmente, na condição de membro de uma instituição de respeito como o Ministério Público (que não honra), ele tem espaço para difundir suas calúnias. Já ganhei uma vez o mesmo caso e pretendo, com a consciência em paz, ganhar novamente, porque a Justiça – principalmente os tribunais superiores – não se curva aos desígnios de um mau caráter.”

Promotor nega que ação tenha sido arquivada e disse que ataques à sua honra serão apurados

Ao Dia Online, o promotor do MP-GO Fernando Krebs rebateu a afirmação de José Luiz Bittencourt de que a ação movida contra ele anteriormente pelo MP-GO tenha sido arquivada, e declarou ainda que as apurações continuam. Segundo ele, se houver indício de ataques à sua honra de sua família, os autores destes serão responsabilizados.

O promotor ainda adiantou à reportagem do Dia Online que uma outra investigação envolvendo o ex-presidente da Agecom, para apurar a difusão de fake news, está em andamento.

Via: MP-GO 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Lojas de fantasia em Goiânia: opções para arrasar no visual

Se você não pretende perder aquela festa a fantasia, dá uma olhada!
16/04/2019, 15h02

Não há tempo ruim para uma boa festa a fantasia! Embora esse tipo de festividade ocorra principalmente durante o período de festa junina e Halloween, sempre há aquela baladinha ou evento particular que adota um tema e exige que seu público abuse da criatividade para elaborar um bom traje. Portanto, se você não pretende perder a diversão, nós aqui do Portal Dia Online preparamos uma listinha com as melhores lojas de fantasia em Goiânia.

São opções que atendem a todos os públicos e necessidades, sendo que em alguns casos, você ainda pode criar sua ideia e a loja desenvolve do jeitinho que você preferir. Há sempre boa variedade e peças produzidas com alto padrão de qualidade, garantindo conforto e um look de arrasar! Ficou curioso? Então dá uma olhada!

Encontre as melhores lojas para comprar sua fantasia em Goiânia:

1 – Reino da Fantasia

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

Há mais de 30 anos no mercado, é uma das lojas pioneiras na área de fantasia em Goiânia. Por ali é possível contar com venda e locação de fantasias para festas escolares, aniversários, eventos, teatro, ballet e outras ocasiões, sem falar nas tradicionais datas comemorativas, como no período de festa junina e halloween.

São diversos tipos de trajes para todas as necessidades, atendendo o público feminino, masculino e infantil. Como se não bastasse, ainda trabalham com acessórios diversos e disponibilizam uma lojinha virtual. Para conferir, basta clicar aqui.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 18h / sábado, das 9h às 13h

Telefone: (62) 3223-5460

Endereço: Rua 20, 973 – St. Central, Goiânia – GO, 74020-170

2 – Lojas Fantasia.com

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

A loja oferece excelente variedade em fantasias, para todos os gostos e necessidades. Seja para festas particulares ou para época de datas comemorativas, é possível encontrar vários temas, sem falar que o atendimento é bastante atencioso e acolhedor. Os clientes possuem a opção de alugar ou comprar fantasias e acessórios, disponíveis para o público feminino, masculino e infantil. Para mais detalhes, clique aqui.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 19h / sábado, das 8h às 15h

Telefone: (62) 3609-4142

Endereço: Avenida Paranaíba, 495 Próximo ao cruzamento com a, Av. Araguaia – St. Central, Goiânia – GO, 74015-125

3 – Fantasias Goiânia

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

Uma das mais lembradas lojas de fantasia em Goiânia, aluga diversos trajes para as mais distintas necessidades, incluindo opções para adultos e casais, além de acessórios para festas. Vale lembrar ainda que os preços são bastante acessíveis e representa uma boa opção para garantir aquele look perfeito!

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 19h / sábado, das 8h às 15h

Telefone: (62) 3092-8286

Endereço: Mercado Municipal do Setor Pedro Ludovico – Viela Circular, Quadra 61, Lote 10 237 – St. Pedro Ludovico, Goiânia – GO, 74823-020

4 – Ada Fantasias

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

Se você procura diversidade em fantasia em Goiânia, esta também é uma das lojas que precisa conhecer! Localizada no setor Jardim América, oferece inúmeras opções de trajes femininos, masculinos e para casais, com opções cômicas e temáticas.

Além disso, ainda é possível contar com acessórios específicos para finalizar sua fantasia. É possível comprar ou alugar peças, embora o ponto forte da casa seja realmente a locação. Vale a pena conhecer!

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 9h às 18h / sábado, das 9h às 13h

Telefone: (62) 3086-1786

Endereço: Rua C-217, 233 – Jardim America, Goiânia – GO, 74270-310

5 – Recoma Fantasias

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

Entre as lojas de fantasia em Goiânia, esta também é uma excelente alternativa. Apenas para que você tenha ideia, a Recoma oferece mais de 10 mil modelos para você escolher e montar seu visual, tudo de acordo com o tema escolhido. Há opções de fantasias femininas, masculinas e infantis.

O melhor é que as formas de pagamento são facilitadas, sendo possível pagar com cartão. Você ainda tem a facilidade de escolher seu look pelo site, sem ao menos sair de casa. Para mais detalhes, clique aqui.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 9h às 18h15 / sábado, das 9h às 12h30

Telefone: (62) 3287-3343

Endereço: Av. T9, 4145 – Jardim Planalto, Goiânia – GO, 74333-010

6 – Joli & Jolie Fantasias

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

Presente em Goiânia desde 2001, a loja de fantasia em Goiânia foi desenvolvida para atender principalmente o público infanto-juvenil. No entanto, com o decorrer do tempo houve a necessidade de atender também o público adulto.

Atualmente, a loja trabalha com variedade em fantasias, mas é especializada em desenvolver trajes de festa junina, atendendo grande demanda durante o período. Apesar disso, é possível encontrar peças para todos os gostos e necessidades, incluindo fantasias para casais. Para conferir as fantasias disponíveis, clique aqui.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 9h às 18h15 / sábado, das 9h às 12h30

Telefone: (62) 3251-0245

Endereço: Av. T-2 com T-8 nº 1146 – St. Bueno – Goiânia – GO CEP 74210-005

7 – Espetáculo Fantasias e Festas

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

Criada em 2011, a loja tem o propósito de trazer inovação, beleza e qualidade em seus produtos (fantasias e artigos para festas) e serviços (decoração) oferecidos. Por aqui você encontra uma das melhores opções de fantasia em Goiânia, desenvolvidas sempre com alto padrão de qualidade, visando atender um mercado mais exigente.

Detalhe é que, além de escolher entre os trajes já prontos e produzidos pela loja, o cliente ainda tem a opção de construir sua própria fantasia, de acordo com seus gostos pessoais. A loja também decora festas, em especial festinhas infantis. O melhor de tudo é que organizadores e aniversariantes possuem descontos especiais. Vale a pena conhecer! Clique aqui e saiba mais.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 9h às 18h / sábado, das 9h às 13h

Telefone: (62) 3594-1868

Endereço: Av. T-7, esquina c/ R-11, nº 215 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74140-110

8 – Fantasias Toque de Mágica

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

Localizada no Setor Leste Universitário, a loja oferece boa variedade de fantasias para os mais diversos temas e ocasiões, com trajes femininos, masculinos e infantis. Destaque também para os preços da locação, que são bastante acessíveis.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 18h / sábado, das 8h às 15h

Telefone: (62) 3208-6412

Endereço: Avenida Universitária Quadra H, R. L-1, Número 2468 – Setor Leste Universitário, Goiânia – GO, 74605-010

9 – Happy Day Fantasia e Acessórios

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

Localizada no Setor Nova Suíça, é uma das lojas mais completas em Goiânia. Por aqui também é possível encontrar excelente variedade de fantasias e acessórios, especialmente para compra. Vale destacar ainda o atendimento do local, que é sempre bastante atencioso e te ajuda a encontrar exatamente o que está buscando.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 19h / sábado, das 8h às 15h

Telefone: (62) 3922-0877

Endereço: Av. C-233, Qd.576 , Lote 16 – St. Nova Suica, Goiânia – GO, 74290-040

10 – Brum Fantasia

lojas de fantasia em Goiânia
Foto: Reprodução

Presente no mercado de fantasia em Goiânia há mais de 12 anos, também é considerada como uma das lojas mais completas da cidade. É possível contar com ofertas de trajes para todos os gostos e idades, com a possibilidade de compra ou locação. Os preços também são bastante acessíveis e a qualidade das peças é alta.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 9h às 19h / sábado, das 9h às 15h

Telefone: (62) 3642-2400

Endereço: Av. Gonzaga Jaime, Quadra 39 – Lote 08 – Vila Redencao, Goiânia – GO, 74845-360

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Votação do aumento da tarifa da passagem suspende sessão da Câmara de Goiânia

Reunião que vai definir o novo valor da passagem ocorre no paço municipal nesta quarta-feira às 10h.
16/04/2019, 15h06

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo (PROS), acatou um pedido do vereador Lucas Kitão (PSL) para que a sessão extraordinária da casa desta quarta-feira (17/4) seja suspensa em função da reunião da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC), que vai votar a aumento da tarifa da passagem para Goiânia e região metropolitana da capital.

A reunião foi adiada três vezes após a Agência Goiana de Regulação (AGR) aprovar os cálculos do reajuste feito pela Companhia Metropolitana do Transporte Coletivo (CMTC). Pelas contas da CMTC o reajuste varia entre 7,2% e 7,5%, que pode aumentar o preço da passagem de R$ 4 para R$ 4,30.

Dia Online conversou com o vereador Lucas Kitão (PSL) que afirmou que recebeu a informação que a reunião foi marcada para esta quarta-feira (17/4) a partir das 10h, no Paço Municipal de Goiânia com estranheza.

“Eu recebi a informação ontem a tarde e estranhei a data pois foi marcada em um dia que antecede o feriado. Então solicitei ao presidente da Casa que a sessão fosse suspensa para que o maior número de vereadores pudesse participar da reunião”, conta o parlamentar.

Vereador afirma que vai contestar os cálculos para o reajuste da passagem, mas se for direto para votação vai pedir para que ela seja aberta

O vereador afirmou também que convidou os parlamentares da região metropolitana para fazer coro junto a frente de resistência ao aumento da tarifa. “Nós vamos tentar contestar os cálculos feitos e tentar barrar esse aumento, pois no momento ele não é oportuno”, salienta o Kitão.

Além de contestar os cálculos feitos pela CMTC, Lucas Kitão afirma que caso não seja possível evitar ir direto para a votação do reajuste, por ser integrar a minoria que compõe a CDTC ao lado do deputado estadual Alysson Lima (PRB), vai solicitar que a votação seja aberta a imprensa e que os votos sejam abertos.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.