Brasil

Justiça decreta prisão preventiva de mulher que ateou fogo em morador de rua no Gama

Magistrado alegou que não há motivos para relaxar a prisão da indiciada.
18/04/2019, 19h31

Kelly Naiara do Nascimento mais conhecida pelo apelido de Carlinha, passou pela audiência de custódia nesta quinta-feira (18/04) e teve sua prisão convertida em preventiva, após ser apontada como autora e confessar que tentou matar carbonizado o morador de rua Dorivan da Silva Mota na madrugada da última quarta-feira (17/4) no centro do Gama, no Distrito Federal (DF).

Antes do início da audiência de custódia o juiz plantonista Mario Henrique Silveira de Almeida, questionou a autoridade policial se as algemas de Carlinha poderiam ser retiradas, ao que os policiais responderam não poder ser feito, devido ao risco da suspeita tentar agredir as pessoas presentes no Tribunal.

Após o diálogo do magistrado com os policiais, Carlinha conversou com o defensor público e foi informada que o Ministério Público se manifestou a favor da conversão da prisão em flagrante da pedinte em preventiva.

Ao justificar sua decisão o magistrado relatou que a prisão em flagrante não continha qualquer irregularidade, atendendo formalmente o que é pedido no artigo 310 do Código Penal Brasileiro (CPB). “Por essa razão deixo de relaxá-la, pois no caso em analise há elementos concretos que fundamentam e exigem a manutenção da prisão cautelar da indiciada”, justifica o juiz plantonista.

Mulher que ateou fogo em morador de rua no Gama vai ficar presa preventivamente
FOTO: Reprodução

Mulher ateou fogo no morador de rua após ele se negar a ir comprar mais bebidas

Na madrugada de ontem um grupo de moradores de rua, estava reunido no Centro do Gama no Distrito Federal, ingerido bebidas alcoólicas e fazendo o uso de entorpecentes. Entre eles estavam Carlinha e Dorivan.

A mulher pediu para que Dorivan fosse comprar mais bebidas, no entanto o pedinte recusou a atender o pedido. Nesse momento Carlinha pegou um galão com álcool, que segundo o delegado chefe do 14º Departamento de Polícia (DP), Welligton Barros, é usado por moradores de rua para fazer a comida e jogou o líquido na vítima e depois ateou fogo no corpo de Dorivan.

Outros moradores de rua que estavam no local no momento, se mobilizaram para apagar o fogo do corpo de Dorivan. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atendeu a ocorrência e encaminhou o pedinte para o Hospital Regional do Gama (HRG), em seguida Dorivan foi levado para o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), onde está internado com 16% do corpo carbonizado, e seu estado de saúde é regular conforme o último boletim médico.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Lissauer destaca alta produtividade da Alego e reforça medidas de economia da Casa

Apresentando um balanço altamente positivo dos trabalhos legislativos e reduzindo despesas da Casa de Leis, Lissauer se destaca à frente do Parlamento goiano.
18/04/2019, 20h15

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), o deputado estadual Lissauer Vieira (PSB) fez um balanço do início dos trabalhos na Alego e destacou a alta produtividade na Assembleia. Além disto, o presidente da Alego reforçou as medidas para garantir a economia ao máximo na Casa.

Nos dois primeiros meses da 19ª Legislatura, não houve nenhuma sessão que deixou de ser aberta pela falta de quórum e mais de 300 projetos de leis foram votados neste período. Ao destacar a alta produtividade na Alego, o presidente da Casa lembrou que os trabalhos representam um aproveitamento de 100% do Parlamento goiano.

“O primeiro bimestre pode ser classificado como positivo, pois tivemos excelentes resultados para a população do Estado de Goiás. Nós conseguimos deliberar 310 matérias importantes, além das mais diversas discussões de interesse da sociedade”, explica o presidente da Alego.

Lissauer ressaltou também que os parlamentares goianos tem demonstrado bastante empenho e que isso tem contribuído para o bom andamento do Poder Legislativo. “Vamos manter esse ritmo, buscando sempre corresponder os anseios da sociedade”, destaca o deputado.

Medidas para a economia no parlamento goiano também foram destacadas pelo presidente da Alego

Além do trabalho feito pelos parlamentares goianos destacados por Lissauer Vieira, as medidas adotadas para que a Casa possa economizar foram lembradas por Lissauer. Entre as ações adotadas estão a criação do terceiro turno, que tem como objetivo reduzir os gastos e acelerar a analise de matérias importantes. Com a medida, o presidente da Casa prevê que a Assembleia funcione até às 22h.

“Queremos dar mais espaço para a discussão de matérias importantes, pois os debates têm sido intensos e queremos reduzir ainda mais os custos da Casa de Leis, principalmente com o pagamento de horas extras para servidores que tiverem que participar das atividades feitas na Casa após às 18h”, explica o Lissauer.

Conforme o presidente da Alego, vai ficar a cargo dos diretores e chefes de departamento organizar quem vai trabalhar em cada turno. “Assim que a proposta me for entregue, nós vamos divulgar o quanto iremos economizar com a medida”, destaca o deputado.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Grupos de caminhoneiros decidem por paralisação no dia 29

Os caminhoneiros decidiram antecipar a paralisação, anteriormente prevista para 21 de maio, em virtude do novo aumento do diesel.
18/04/2019, 20h33

O representante dos caminhoneiros Wanderlei Alves, conhecido como Dedéco, disse em entrevista ao Broadcast Agro, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, nesta quinta-feira, 18, que a categoria iniciará uma paralisação a partir da meia-noite do dia 29 de abril.

“A maioria dos grupos de caminhoneiros já decidiu pelo dia 29 de abril, tem uns ou outros que acham que é pouco tempo, que devemos esperar ainda, mas a maioria concorda sobre o dia 29 porque chegamos num ponto que não tem mais condições de trabalhar”, disse.

“Isso não foi uma decisão só minha, foi decidido em grupo por várias lideranças de caminhoneiros”, ressaltou. Ele acredita que, a exemplo do que ocorreu no ano passado, o movimento deve atingir o Brasil inteiro, crescendo à medida que os dias passam.

Segundo ele, os caminhoneiros decidiram antecipar a paralisação, anteriormente prevista para 21 de maio, em virtude do novo aumento do diesel. “Com esse aumento do óleo diesel não tem mais condição”, afirmou. “Os caminhoneiros estão cientes de que, dentro de 14, 15 ou 16 dias vai ter outro aumento do diesel, e esse aumento de R$ 0,10/litro já afetou em R$ 1 mil o lucro mensal, e o frete continua o mesmo.”

A Petrobras informou na quarta que decidiu aumentar o preço do diesel em R$ 0,10/litro, o que implica uma variação mínima de 4,518% e máxima de 5,147%, nos seus 35 pontos de venda no Brasil. O aumento começou a vigorar nesta quinta.

Para Alves, o dispositivo da lei do piso mínimo de transporte rodoviário de carga que associa o incremento do frete ao aumento do diesel não adianta porque a tabela de frete não está sendo cumprida. “Se estivessem pagando o piso mínimo, o aumento do óleo diesel não iria nos afetar. Mas não estão cumprindo”, disse. A lei indica que, sempre que ocorrer oscilação no preço do óleo diesel no mercado nacional superior a 10%, para mais ou para menos, nova norma com pisos mínimos deverá ser publicada pela Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), considerando a variação no preço do combustível.

O representante defende a melhora na fiscalização do cumprimento do piso mínimo do transporte rodoviário. Ele citou que o governo vai testar no Espírito Santo o documento de transporte eletrônico, quando poderia fazê-lo no Brasil inteiro. “Isso obrigaria embarcadores a repassar o valor correto e a transportadora pagar piso mínimo aos autônomos.”

Segundo Alves, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, interrompeu o diálogo com parte dos caminhoneiros. “Somos uma espécie de linha dura da categoria e exigimos nossos direitos. Não vemos sentido em pedir esmola para quem elegemos. Brasília foi feita para atender aos anseios da população. E é esse grupo linha dura que o governo quer isolar”, disse. “Estamos aqui abertos ao diálogo e, se o governo atender à nossa expectativa, cancelamos a paralisação. Está na mão deles. Por isso demos o nome da paralisação de Onyx Lorenzoni.”

A mobilização, assim como a greve do ano passado, está sendo feita por grupos de WhatsApp fechados apenas para caminhoneiros, conforme o representante. Segundo Alves, o efeito da greve na economia poderia ser evitado. “O que eu vejo é o seguinte: o prejuízo da paralisação da economia é o valor que o governo poderia desembolsar para oferecer subsídio no diesel até que o piso mínimo do frete funcionasse para valer.” Alves reforçou ainda que a categoria espera uma resposta do governo. “Bolsonaro falou com os índios, será que vai conversar com a gente?”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Abertas inscrições para triagem de paciente que querem fazer canal na Unip, em Goiânia

Inscrições foram abertas nesta quinta-feira (18/4) para triagem de pacientes na Clínica de Odontologia da UNIP.
18/04/2019, 21h08

O Curso de Especialização em Odontologia da Universidade Paulista (Unip) abriu nesta quinta-feira (18/4) as inscrições para pacientes que estão interessados em fazer o tratamento de canal, implantes dentários e enxertos.

Após a triagem dos pacientes, o tratamento vai ser fornecido pela Unip pelo preço de custo, o que deixa o procedimento com um valor mais acessível. Para participar da seleção, os interessados precisam entrar em contato pelo número de WhatsApp (62) 99980-5001 e esperar alguns minutos a mensagem que informar a data e horária que a triagem do paciente foi marcada.

O que são implantes dentários?

Implantes dentários são suportes ou estruturas de metal feita com titânio e colocadas através de procedimento cirúrgico nos maxilares abaixo da gengiva, com o intuito de substituir as raízes dos dentes. Vale lembrar que ao ser colocados os implantes, eles possibilitam o dentista montar os dentes sobre as estruturas metálicas e dependendo da necessidade do pacientes, instalar próteses fixas ou móveis para substituir os dentes perdidos.

Além do implante do dentário, também é feito o enxerto. O enxerto por sua vez ocorre quando há perda do osso ou da gengiva e é feito com uma pequena cirurgia, após a aplicação de anestesia local. O tratamento tem início após o paciente retornar da primeira consulta com os exames necessários para iniciar o procedimento.

Canal do dente quando fazer e os sintomas?

Em relação ao canal, o que o paciente precisa ter ciência é que o mesmo é necessário a partir do momento que o canal do dente está comprometido. O primeiro passo para identificar a necessidade do canal é a famosa dor de dente, que incomoda bastante.

Além da dor de dente, outro ponto importante a ser observado é que a sensibilidade no dente danificado aumenta e ao ingerir bebidas quentes ou frias a dor se intensifica. Além da sensibilidade do dente, a região afetada fica inchada e ainda registra inchaço ou uma sensibilidade maior na gengiva em que o dente está.

A dor pode ser moderada ou grave, e varia sua intensidade durante o dia. Além disto, a situação pode se agravar durante a mordida. Alterações de cor do dente, bolsa de pus na gengiva, trauma nos dentes, cáries profundas, inchaços e febre podem indicar que o dente precisa de um canal.

Faça sua inscrição para triagem

Para participar da triagem, os interessados precisam entrar em contato pelo whatsapp (62) 99980-5001 e aguardar a mensagem para confirmar o dia e o horário do procedimento. O tratamento vai ser feito pelo valor de custo operacional pela Clínica de Odontologia da UNIP, situada no KM 503 da BR-153, em Goiânia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Meninas são apreendidas transportando drogas na BR-364, em Jataí

Quando percebeu que haviam sido pegas pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal, uma das garotas pegou seu aparelho de celular e jogou ao chão.

Por Ton Paulo
19/04/2019, 09h39

Duas adolescentes de 17 anos foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde da última quinta-feira (18/4) na BR-364, municípios de Jataí, transportando cerca de 20 quilos de maconha. Elas viajavam em um ônibus clandestino enquanto levavam os entorpecentes.

De acordo com informações da PRF, as duas adolescentes, que têm a mesma idade, são residentes em Nova Olímpia, cidade do Mato Grosso, e se deslocaram até a cidade de Barra do Bugres, no mesmo estado, onde pegaram a droga e embarcaram no coletivo que seguia para Maceió, em Alagoas.

De acordo com a PRF, o ônibus em que elas seguiam era clandestino e não tinha autorização para circular.

Em Jataí, o veículo que transportava 47 passageiros, dentre os quais 7 crianças, foi parado pela corporação policial e, ao ser fiscalizado, os agentes encontraram nas mochilas das garotas cerca de 20 quilos de maconha.

Ao serem questionadas, as adolescentes não quiseram adiantar nenhuma informação sobre a origem e responsáveis pelo entorpecente, elas informaram apenas que receberiam uma boa importância pelo transporte.

Um das adolescentes flagradas transportando drogas na BR-364, em Jataí, destruiu o próprio celular para dificultar as averiguações

Uma situação durante a apreensão das meninas que chamou a atenção dos policiais foi o ato de uma delas para dificultar as averiguações.

Quando percebeu que haviam sido pegas pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal, uma das garotas pegou seu aparelho de celular e jogou ao chão, destruindo o aparelho para dificultar qualquer informação sobre o caso.

O Conselho Tutelar local foi acionado e o caso foi encaminhado à Central de Flagrantes do município. O coletivo que é irregular foi apreendido e a Agência Nacional de Transportes Terrestres, a ANTT, foi acionada para conseguir outro ônibus para dar continuidade à viagem dos passageiros.

A reportagem do Dia Online segue apurando o destino final das adolescentes que transportavam as drogas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.