Brasil

Policiais abordam bandido, mas têm viatura e armas roubadas

A história parece um roteiro de cinema; leia.
20/04/2019, 19h45

Talvez Bráulio Mantovani, roteirista do filme Cidade de Deus, conseguiria contar esta história melhor. É que dois policiais militares tiveram viatura e armas roubadas quando abordaram um bandido no Centro de Três Rios, no Rio de Janeiro.

A dupla de policiais  do 38º BPM recebeu a informação de que traficantes se hospedaram em um motel da região na manhã deste sábado (20/4). Eles fazem parte do serviço reservado e permaneceram no local, monitorando os possíveis suspeitos.

Os policiais ficaram do lado de fora, aguardando a saída do criminoso. Pouco tempo depois, os policiais perceberam uma atitude estranha. Um táxi adentrou o motel e saiu logo depois.

Dentro do veículo, um conhecido criminoso e uma mulher. Os policiais, então, decidiram acompanhar o carro para depois abordá-lo.

Enquanto seguiam o carro em que o bandido iria para um lugar não revelado, os policiais pediram apoio de colegas pelo rádio, mas não foram atendidos. Dentro do carro, a mulher acompanhava o criminoso e não sabia que protagonizaria uma cena incomum.

Quando percebeu que os policiais estavam se aproximando, o criminoso ficou esperto. Ao receber a ordem de parada, por volta das 9h40, o criminoso abriu a porta do táxi e saltou.

Os policiais contaram que o homem lhes surpreendeu. Não se sabe como, mas o criminoso conseguiu escapar na viatura. A mulher foi detida.

Viatura de policiais que tiveram armas roubas por bandido foi encontrada

A viatura foi encontrada horas depois, sem as armas – um fuzil e uma pistola -, próximo ao Fórum da cidade.

O criminoso, que conseguiu abordar inexplicavelmente os policiais, é conhecido como “Lequinho”. Agora, policiais militares estão em busca do criminosa pela região Centro-Sul do Rio.

O carro, conforme a Polícia Militar carioca, pertence ao serviço reservado da PM, a P2. O Gol branco era um veículo descaracterizado.

Coma ajuda de policiais civis, os militares da cidade buscam pistas que possam levar ao criminoso. Até o início da noite de sábado, contudo, nada.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Pelo menos 207 cristãos morrem em explosões no Domingo de Páscoa em Sri Lanka

Pelo menos 450 pessoas ficaram feridas em igrejas católicas e hotéis.
21/04/2019, 11h07

Para o Cristianisno, a Páscoa é um dos dias mais importantes porque marca a ressurreição de Jesus Cristo de Nazaré, assassinado da forma mais desumana. É neste contexto que seis explosões simultâneas em Sri Lanka e deixou pelo menos 207 cristãos mortos e 450 feridas.

A série de explosões ocorreu na manhã de domingo em três igrejas onde fiéis celebravam a Páscoa e em três hotéis frequentados por turistas estrangeiros que foram à cidade relembrar a tortura – as chibatas, os cuspes, a coroa de espinho -, a crucificação e o sepultamento e, claro, a ressurreição.

Tetos e estilhaços se misturaram aos restos mortais que ficaram espalhados pelos cenários do horror, segundo agências de notícias.

Explosões em Sri Lanka no Domingo de Páscoa: três policiais mortos

Duas pessoas, conforme agências de notícias, morreram na 7° explosão em uma pousada. Em seguida, três policiais morreram ao chegarem perto de suspeitos de um 8° explosão próximo a um viaduto em Colombo, a capital. Os policiais morreram ao entrar em uma casa que logo depois explodiu.

Segundo o governo, 7 suspeitos foram preso até o momento. Ainda segundo informações oficiais, 27 estrangeiros morreram. Um turista chinês morreu e outros quatro estão hospitalizados, segundo a imprensa da China.

Pelo menos um cidadão português está entre as vítimas. Após os ataques e inumeráveis mortes, o governo do Sri Lanka solicitou que os cidadãos não saiam de casa entre 18h às 6h (horário local).

A Associated Press informou que a  SriLankan Airlines disse aos passageiros que viajam para fora do país que eles poderão voar apesar do toque de recolher imposto após os ataques. A companhia disse em comunicado que os passageiros de todas as companhias aéreas que operam no Aeroporto Internacional de Bandaranaike podem acessar o aeroporto mostrando seus bilhetes e passaportes nos postos de controle. A empresa afirmou ainda que a segurança foi reforçada no aeroporto e aconselhou os passageiros a chegar quatro horas antes de seus voos programados.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Corpo é encontrado em ribeirão em Corumbaíba

A vítima foi encontrada a três metros de profundidade.
21/04/2019, 13h58

O corpo de José do Nascimento Jesus de Souza, de 48 anos, foi encontrado na noite do último sábado (20/4) no Ribeirão Periquitos, na zona rural de Corumbaíba, a 220 quilômetros de Goiânia.

O Dia Online conversou com o Tenente Rômulo do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO), que participou do resgate do corpo da vítima e deu mais detalhes sobre a ocorrência.

“Nós recebemos o chamado por volta das 16h, a equipe agiu rápido e por volta das 18h20 estávamos no ribeirão e iniciamos o trabalho para retirar o corpo. Ao chegar no local, encontramos algumas pessoas que estavam com José, mas nenhum parente e eles afirmaram que ele desapareceu por volta das 16h de ontem”, conta o Tenente.

Corpo foi encontrado a três metros de profundidade

Conforme o comandante do resgate, José é natural de Catalão e aproveitou o feriado para descansar e foi até o ribeirão com alguns conhecidos, mas morreu afogado, após desaparecer no ribeirão na tarde de ontem e o corpo foi encontrado na noite de ontem.

“Foi repassado inicialmente que eles estavam fazendo o uso de bebidas alcoólicas, mas ao questionar as testemunhas presentes e que estavam com José eles negaram, então só a perícia para poder constatar se eles estavam fazendo o consumo de bebidas”, explica.

O Tenente afirmou também que o corpo de José foi encontrado a três metros de profundidade de onde ele se afagou. A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) fez o isolamento da área e o Instituto Médico Legal (IML) foi chamado para retirar o cadáver.

Conforme o Tenente quem for passar o feriado em clubes, lagos ou rios deve sempre estar atento no momento que for entrar na água e evitar entrar no meio líquido após comer alguma coisa. Ele lembra ainda que o cuidado precisa ser redobrado com as crianças, pois qualquer descuido pode ocasionar uma tragédia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Bombeiros encontram corpo da última vítima desaparecida na Muzema

O número de mortos na tragédia chega a 23.
21/04/2019, 14h14

As equipes de resgate do Corpo de Bombeiros encontraram, nos primeiros minutos deste domingo, 21, o corpo da última vítima desaparecida no desabamento de dois prédios na comunidade da Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro, no último dia 12. Com isso, o número de mortos na tragédia chega a 23. Há oito sobreviventes.

Com isso, os bombeiros encerraram as buscas por vítimas do desabamento de dois prédios na Muzema. Desde a tragédia, foram retirados 21 corpos dos escombros. Outras duas pessoas que foram resgatadas com vida acabaram morrendo quando recebiam atendimento em hospitais do Rio.

A Polícia Civil procura três pessoas que são apontadas como responsáveis pelos edifícios que ruíram. São considerados foragidos José Bezerra de Lima, conhecido como Zé do Rolo, responsável pela construção dos edifícios, e Renato Siqueira Ribeiro e Rafael Gomes da Costa, que atuavam como vendedores. Eles respondem por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.

Segundo os bombeiros, o último corpo encontrado é de uma mulher. Na tarde de ontem foram resgatados os corpos de dois meninos. Ao todo, morreram no desabamento cinco homens, sete meninos, dez mulheres e uma menina. Em nota, a corporação informou que foram mais de 200 horas ininterruptas de buscas.

Dois oito feridos, três permanecem internados. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a vítima que estava no Hospital Lourenço Jorge foi transferida para um hospital da rede particular a pedido da família.

A secretaria informou que Paloma Paes Leme, internada no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, foi transferida na noite de quinta-feira, 18, para um leito ao lado do filho, Rafael, também sobrevivente do desastre. Os dois estão na Unidade Intermediária Pediátrica e apresentam quadro clínico estável.

Máquinas

Desde a tarde de sábado, 19, o trabalho de resgate passou a utilizar máquinas capazes de erguer as lajes que desabaram, possibilitando aos bombeiros acessar locais não vasculhados com o trabalho manual.

A prefeitura anunciou que vai demolir imediatamente pelo menos três prédios no condomínio Figueiras do Itanhangá, que ficam ao lado dos dois que desabaram. Mais 15 prédios poderão ser demolidos também, pois não têm licença de construção.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Corpo de professor é encontrado amarrado em Goiatuba

Professor Sebastião estava sem contato com a família há três dias.
21/04/2019, 15h37

Sem notícias do professor Sebastião há três dias, familiares decidiram ir a casa onde ele morava na manhã deste domingo (21/4) em Goiatuba, a 178 quilômetros de Goiânia e o encontraram amarrado dentro da residência e sem vida. O carro do educador foi levado pelos suspeitos, mas encontrado logo depois na GO-210.

Dia Online entrou em contato com a delegacia de Goiatuba e o agente Rodrigo confirmou a história. “Os parentes só deram por  falta dele hoje, desde quinta-feira a noite eles não tinham notícias dele, pois ele morava sozinho”, explica o policial civil.

Segundo o agente, os familiares após sentirem falta do ente querido, decidiram ir até a residência onde ele morava. “Ao chegar lá eles encontraram ele amarrado e sem os sinais vitais, a casa estava toda revirada, inclusive ele estava com um cordão de ouro que os suspeitos não levaram, eles levaram apenas o veículo da vítima”, conta o policial.

Suspeitos de matar o professor bateram o carro da vítima na fuga

Segundo apurou a reportagem, o latrocínio (Roubo seguido de morte) vai ser investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Goiatuba.

Pelo que a polícia informou, o professor foi morto provavelmente na quinta a noite, mas apenas a perícia através do laudo cadavérico vai precisar a hora e como o educador foi morto pelos suspeitos.

De acordo com a polícia, durante o levantamento das primeiras informações sobre a morte do professor Sebastião, a equipe policial conseguiu encontrar o veículo levado pelos indivíduos.

O agente Rodrigo afirma que o veículo roubado foi encontrado no trevo da Serrinha na GO-210, após os suspeitos do latrocínio terem se acidentado e abandonado o carro. Dentro do veículos os policiais encontraram documentos pessoais e o celular da vítima.

A autoria do crime é desconhecida pela polícia, o caso é investigado pelo GIH de Goiatuba.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.