Política

Marielle Franco deve virar nome de jardim em Paris

Inauguração do Jardim Marielle Franco deve ocorrer em outubro.
22/04/2019, 07h46

A comissão de denominação de ruas da prefeitura de Paris determinou que um jardim da cidade receba o nome da vereadora brasileira Marielle Franco, assassinada em 14 de março de 2018. Como informa a agência RFI, o local escolhido é uma praça suspensa no terraço de um hotel em construção junto à Gare de l’Est, uma das principais estações de trem da cidade.

Anne Hidalgo, prefeita da capital francesa, expressou à ONG RED.Br – Rede Europeia pela Democracia no Brasil, entidade à frente da iniciativa – seu desejo de nomear um local da cidade em homenagem a Marielle em fevereiro deste ano. Em 1º de abril, o Conselho de Paris votou a favor da proposta. Falta agora a ratificação pelo conselho do 10° distrito, bairro onde fica o futuro jardim, e depois pelo Conselho de Paris. A decisão final será tomada no dia 11 de junho.

A inauguração do Jardim Marielle Franco deve ocorrer em outubro, de acordo com a historiadora Juliette Dumont, que faz parte da RED.Br.

Marielle Franco, vereadora do PSOL, e o motorista do carro em que ela estava, Anderson Gomes, foram executados em 14 de março de 2018, no bairro da Lapa, centro do Rio de Janeiro. Desde então, a prefeita de Paris publica posts nas redes sociais em homenagem a Marielle e cobra a resolução do caso.

Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

Carreta com toneladas de nitrato de amônia tomba na BR-153, em Goiânia

O veículo de grande porte carregava 36 toneladas de nitrato de amônia quando acabou tombando na pista e espalhando a carga.

Por Ton Paulo
22/04/2019, 08h06

Um acidente envolvendo uma carreta bitrem carregada com nitrato de amônia foi registrado na BR-153 na tarde do último domingo (21/4), em Goiânia. O veículo de grande porte carregava 36 toneladas de nitrato de amônia quando acabou tombando na pista e espalhando a carga.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta tombou pouco antes  das 18h de ontem, no KM 491 da BR-153, no perímetro urbano de Goiânia.

A PRF ainda conta que a carreta bitrem que transportava o composto químico nitrato de amônia saiu de Cubatão, em São Paulo, com destino a Carajás, no estado do Pará, e seguia no sentido Goiânia para Anápolis, próximo à Ceasa, quando tombou fora da pista e parte da carga, em fardos de cerca de 1.600 kg, derramou na faixa de domínio da rodovia.

A carga ficou espalhada pela pista, e o Corpo de Bombeiros foi acionado, PRF e Concessionária no local controlaram o trânsito para evitar qualquer acidente.

O motorista da carreta bitrem, felizmente, teve apenas ferimentos leves.

Veja o vídeo da carreta bitrem com nitrato de amônia que tombou na BR-153

Usado como fertilizantes, herbicidas, inseticidas, absorvente para óxidos de nitrogênio, fabricação de óxido nitroso, como oxidante em propelentes sólidos para foguetes,explosivos e etc., o nitrato de amônia é obtido através da neutralização do ácido nítrico pela adição de hidróxido de amônio, ou ainda pode ser preparado com nitrato de sódio e hidróxido de amônio.

Quando contaminado com produtos orgânicos ou materiais oxidantes, aquecido, confinado, e ainda sob ação de agentes iniciadores, pode detonar, e existe o risco de ignição ou detonação ao expor o produto ao calor e a materiais incompatíveis.

Os agentes da PRF registraram em vídeo o momento em que a carreta estava tombada na pista, enquanto a carga era neutralizada e retirada da pista. Veja abaixo:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Após perda de título Goiano, Maurício Barbieri é demitido do Goiás

De acordo com o clube, o clima ficou "insustentável".
22/04/2019, 09h00

Maurício Barbieri deixou de comandar o Goiás logo após derrota de 1 a 0 para o Atlético Goianiense na final do Campeonato Goiano, no Estádio Olímpico. A demissão do técnico foi oficializada ainda na noite do domingo (21/4), pelo presidente do clube Esmeraldino, Marcelo Almeida.

A frente do Goiás, o ex-técnico comandou 20 jogos oficiais, com 14 vitórias, 2 empates e 4 derrotas; o aproveitamento foi de 73%. Durante o período, foram marcados 34 gols e sofridos 16. Em publicação no site oficial, o Clube agradeceu os serviços prestados pelo treinador.

“Maurício Barbieri vai para casa”, anuncia Goiás

Veja abaixo o texto na íntegra publicado no site oficial do vice-campeão do Goianão 2019:

O Goiás perdeu a chance de ser pentacampeão goiano pela segunda vez na história. Jogando no Estádio Olímpico, a equipe esmeraldina precisava reverter o placar de 3 a 0 construído pelo Atlético-GO no primeiro jogo. Apesar de dominar a partida, e ter inúmeras chances de gol, o Goiás não alcançou o objetivo e acabou derrotado por 1 a 0.

O Goiás ficou sem a taça e sem técnico. Maurício Barbieri vai para casa. Depois do jogo o presidente esmeraldino, Marcelo Almeida, oficializou a demissão do treinador. O clube já está no mercado a procura de um novo treinador.

O clima ficou insustentável para Barbieri após a derrota para o rival Atlético-GO nos dois clássicos da final do Goianão. Contudo, a eliminação precoce na segunda fase da Copa do Brasil, também fez com que Barbieri ficasse ameaçado no cargo, até ter de fato saída decretada pela diretoria esmeraldina.

Aos 37 anos de idade, Maurício Barbieri foi contratado no dia 2 de dezembro de 2018 após a saída do técnico Ney Franco. A passagem dele como treinador do Goiás durou por exatos 20 jogos oficiais. Nestes, Barbieri obteve 14 vitórias, 2 empates e 4 derrotas, totalizando o aproveitamento de 73%. Foram 34 gols marcados sob seu comando e 16 sofridos. O técnico deixa o Goiás com o vice-campeonato Goiano. O clube agradece os serviços prestados e deseja sucesso ao treinador.

Agora o foco do time é no Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (28/4), o esmeraldino estreia contra o Fluminense, às 19h, no Estádio Maracanã.

Imagens: Goiás E.C 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Grupo islamita está por trás dos atentados no Sri Lanka, diz porta-voz do governo

Apesar dos sete autores serem do Sri Lanka, há suspeitas de eventuais vínculos da organização com grupos estrangeiros, segundo o porta-voz.
22/04/2019, 10h23

O porta-voz do governo do Sri Lanka, Rajitha Senaratne, anunciou nesta segunda-feira, 22, que um grupo islamita local, chamado National Thowheeth Jama’ath (NTJ), está por trás da série de atentados em igrejas e hotéis que deixou 290 mortos no último domingo, 21.

Apesar dos sete autores serem do Sri Lanka, há suspeitas de eventuais vínculos da organização com grupos estrangeiros, segundo o porta-voz. “Não acreditamos que uma organização pequena deste país possa fazer tudo isso. Estamos investigando o apoio internacional e outros vínculos”, disse Senaratne.

Uma nota divulgada há dez dias à polícia cingalesas alertava que o NTJ estava preparando atentados contra algumas igrejas e a embaixada da Índia na capital, Colombo. O grupo, que é pouco conhecido, praticou atos de vandalismo contra estátuas budistas no ano passado.

As explosões coordenadas em três igrejas e quatro hotéis colocam em evidência a ameaça à coexistência religiosa na Ásia, onde governantes têm chegado ao poder enfatizando suas origens étnicas e religiosas.

O governo do Sri Lanka informou que vários terroristas se suicidaram nos atentados em série do domingo de Páscoa. “A maioria foi de ataques suicidas. Com base nisso, estamos fazendo operações e detenções. Também foram realizadas inspeções em seus lugares de treinamento”, disse Rajtha Senraratne em entrevista coletiva.

Nesta segunda-feira, o governo decretou a entrada em vigor do estado de emergência. “O objetivo é autorizar a polícia e as três forças (armadas) a garantir a segurança pública”, afirmou a presidência do país em comunicado oficial. (Com agências internacionais).

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

PRF flagra mais de 5 mil infrações nas rodovias goianas durante a Semana Santa

Foram flagradas 179 ultrapassagens proibidas e 3.009 motoristas dirigindo em excesso de velocidade.
22/04/2019, 11h06

Durante o feriado da Semana Santa em Goiás, mais de 5 mil motoristas foram flagrados cometendo infrações de trânsito nas rodovias goianas, sendo mais 3 mil por excesso de velocidade. O Balanço da Operação Semana Santa, deflagrada na última quarta-feira (17/4) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi divulgada hoje (22/4).

Segundo a corporação, durante esse período, foram feitos 1.932 testes de bafômetro, dos quais 40 condutores foram autuados por embriaguez ao volante e 11 presos. Das 5.019 infrações flagradas, 101 foram por falta do uso do cinto de segurança e 18 por falta de cadeirinha nos veículos.

Ainda conforme o balanço, foram flagradas 179 ultrapassagens proibidas e um total de 3.009 motoristas dirigindo em excesso de velocidade. Foram registrados 34 acidentes, com 48 feridos e 1 morto. Em relação ao mesmo feriado de 2018, o número de acidentes e feridos foi maior, sendo registrados no ano passado 28 acidentes e 34 feridos.

Operação Semana Santa em Goiás

A (PRF) dá início na última quarta-feira (17/4) à Operação Semana Santa em Goiás, com o objetivo a fiscalização e acompanhamento das principais incidências do feriado nas rodovias federais que cortam o estado. A “largada” da operação foi dada pelo arcebispo de Goiânia, que, tradicionalmente, benze a rodovia.

De acordo com a PRF, a operação é um esforço conjunto para a redução das mortes no trânsito, uma vez que o Batalhão Rodoviário e o Detran de Goiás também estarão unidos à PRF nas ações de fiscalização e conscientização dos motoristas na BR-060, quilômetro 132, na unidade operacional da PRF na saída para Brasília.

O Arcebispo de Goiânia, Dom Washington, fez uma pequena celebração e a tradicional “Bênção das Estradas” por volta das 8h30 de hoje, momento em que a rodovia recebe a água benta simbolizando a proteção divina sobre todos os usuários da via, que pegarão as estradas especialmente por ocasião do final de semana prolongado.

O foco da operação foi o combate a comportamentos de risco e causadores de acidentes no trânsito, como excesso de velocidade, a ultrapassagem proibida, transporte irregular de crianças, falta do cinto de segurança e condução de veículo sob efeito de álcool.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.