Goiás

Operação PC27 prende mais de 200 pessoas em Goiás

Ação tinha como objetivo recapturar foragidos da justiça.
24/04/2019, 18h49

A megaoperação da Polícia Civil (PC) batizada de PC27 deflagrada nesta quarta-feira (24/4) em todo território nacional, teve como objetivo prender criminosos que estavam foragidos da Justiça. Em Goiás por exemplo as equipe envolvidas, terminaram a ação com 202 pessoas presas, o número total de prisões e apreensões durante a operação no estado chega a 210.

O balanço da operação foi divulgado no fim da tarde de hoje, após o fim da ação. O delegado chefe da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) Odair José forneceu os detalhes sobre a PC27 em Goiás, durante uma entrevista coletiva. Inicialmente a PCGO, informou que haviam sido presas 59 pessoas e quatro menores apreendidos em Goiás após a ação ser deflagrada.

Os dados atualizados da operação trazem que foram presas em Goiás 202 pessoas e oito menores apreendidos. A ação mobilizou em Goiás 867 policiais, e 314 viaturas para efetuar as prisões e apreensões dos foragidos.

A megaoperação que ocorreu em todo país foi coordenada pelo Conselho Nacional de Chefes da Polícia Civil. O diretor do conselho, delegado Robson Cândido ressaltou no início da ação a importância de tirar os criminosos da rua para que eles não voltem a cometer atos ilícitos.

Operação tirou foragidos da rua e apreendeu armas e drogas com os detidos

A ação que tinha como intuito inicialmente tirar os foragidos da rua, para evitar que eles voltassem a cometer outros crimes, terminou também com a apreensão de drogas e armas em todo estado de Goiás.

Conforme planilha divulgada pela PCGO, entre os entorpecentes estão maconha, crack, cocaína. Segundo o relatório divulgado pela polícia a maior quantidade de entorpecentes apreendida foi de Cocaína, com cerca de 5479,45 gramas da droga.

Além dos entorpecentes os agentes envolvidos na Operação apreenderam ainda 22 armas sendo: 11 pistolas glock calibre nove milímetros, uma pistola glock calibre 45; seis fuzis e duas carabinas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Armas de grosso calibre são apreendidas na BR-060, em Guapó

Armas foram adquiridas no Paraguai por uma organização criminosa.
24/04/2019, 19h47

Um homem identificado como Gilson Cecote Cintra foi preso na tarde desta quarta-feira (24/4) durante uma operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com policiais da Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), transportando armas de grosso calibre e drogas em uma caminhonete, na BR-060, em Guapó.

Dia Online entrou em contato com o delegado da DRACO, Alexandre Bruno que deu mais detalhes sobre a ocorrência. “Nós já estávamos monitorando a situação e contamos com o apoio da PRF para fazer a apreensão dessas armas hoje”, explica o delegado.

“O armamento foi adquirido no Paraguai por uma organização criminosa e seria utilizado aqui em Goiás para atos ilícitos, mas conseguimos interceptar a carga”, conta o delegado. Alexandre Bruno afirmou que as investigações estão em andamento e por essa razão não poderia revelar qual associação criminosa adquiriu o armamento.

Armas e drogas estavam em uma caminhonete

Conforme as informações do delegado e da PRF, Gilson viajava sozinho em uma caminhonete modelo Chevrolet/S-10 no momento que foi abordado pela equipe policial. Segundo a PRF, ao ser abordado o suspeito apresentava estar nervoso durante a abordagem.

Veja o vídeo da apreensão das armas: 

Ao desconfiar do nervosismo de Gilson, os agentes da PRF fizeram uma vistoria minuciosa no veículo. Durante a revista veicular, a PRF encontrou na carroceria da S-10: 12 pistolas glocks de calibre nove milímetros e 45, duas carabinas de calibre 12, cinco fuzis de calibre 556 e um calibre 762 e 72 munições de calibre 12. A PRF afirmou também que alguns dos armamentos estavam com a numeração raspada.

Além do armamento adquirido pela organização criminosa apreendido pela polícia na tarde de hoje, os policiais encontraram na caminhonete aproximadamente seis quilos de pasta base de cocaína.

Gilson foi preso em flagrante por tráfico de drogas e comércio ilegal de armas de fogo. As armas, munições, drogas e a caminhonete foram apreendidos pela polícia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Suspeitos de matar homem e cravar pedaço de pau no pescoço são presos, em Goiânia

Trio confirmou em depoimento que gravou a ação no celular e divulgou as imagens pelo WhatsApp.
24/04/2019, 20h51

Matheus Gonçalves Marques da Silva, Michael Douglas Rodrigues e José Adão Ribeiro de Oliveira foram presos em flagrante nesta quarta-feira (24/4) suspeitos de matar a tiros e cravar um pedaço de pau no pescoço de João Victor Martins de Melo, conhecido pelo apelido de Pit Bull, na noite da última terça-feira (23/4) no Sítio de Recreio Bernado Sayão, em Goiânia.

O caso é investigado pela Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) teve início na noite de ontem, após o grupo roubar um veículo do modelo GM/Prisma, além do veículo os criminosos levaram o valor de R$ 2.500,00, um celular e um tablet.

Após a prisão dos suspeitos do assassinato, eles confessaram o crime e alegaram que a vítima os convidou para participar do assalto e que João Victor se propôs a pagar R$ 1.000,00 para cada um para eles participarem do roubo.

Homem que teve pedaço de pau cravado no pescoço pagou metade do valor combinado com o trio

O trio aceitou participar do roubo, após praticarem o assalto e levarem o carro, o grupo fugiu e no momento de acertar com os rapazes, João Victor pagou metade do valor combinado e não quis repartir o restante do dinheiro com os comparsas que ficaram irritados com a atitude de João.

No depoimento o trio conta que pararam o carro roubado que era conduzido por Matheus e então a vítima desceu do veículo, nesse momento José Adão atirou diversas vezes contra a vítima que caiu no chão ainda com vida.

No relato dos suspeitos, eles narram que em seguida José Adão e Michael Douglas pegaram um pedaço de pau e começaram a agredir João Victor, insatisfeitos em apenas bater na vítima com o pedaço de madeira, os envolvidos decidiram cravar o pedaço de pau no pescoço de João Victor.

Os autores confessaram também que gravaram o assassinato no celular e divulgaram o vídeo pelo aplicativo de mensagens WhatsApp.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Mais de 20 mil servidores de Goiás recebem salários de dezembro no próximo dia 30

Recebem os salários: servidores ativos e inativos da Segurança Pública; ativos das seções socioeducativas; e ativos e inativos da Secretaria da Educação.
25/04/2019, 08h26

A segunda parcela escalonada dos salários de dezembro de 2018 será liberada na próxima terça-feira (30/4), de acordo com comunicado do Governo de Goiás. Em média, 23 mil servidores públicos terão os salários depositados em conta, o que complementa o percentual de 70% das folhas de dezembro quitadas. A verba será repassada aos órgãos da administração estadual na segunda-feira (29/4).

Conforme o cronograma, na próxima semana as folhas pagas serão dos servidores ativos e inativos da área da Segurança Pública com salários de até R$ 7 mil; os servidores da ativa das seções socioeducativas que recebem até R$ 7 mil; os servidores ativos da Secretaria da Educação que recebem até R$ 5.197,29; os inativos da Seduce que recebem até R$ 3.593,36 e ainda todos os funcionários civis ativos e inativos que recebem até R$ 2.900.

Pagamento dos salários de dezembro

O pagamento das folhas de dezembro, que teve início em março, só deve ser concluído em agosto, segundo cronograma divulgado pela Secretaria da Economia, antiga Secretaria da Fazenda de Goiás (Sefaz).

Confira abaixo as datas previstas para quitação dos salários em atraso:

  • Março: até R$ 3.500 líquido
  • Abril: de R$ 3.500 até R$ 4800
  • Maio: de R$ 4.800 até R$ 6.100
  • Junho: de R$ 6.100 até R$ 8.800
  • Julho: de R$ 8.800 até R$ 17.400
  • Agosto: acima de R$ 17.400

No último mês, de acordo com a gestão estadual, foi liberado o salário de dezembro para a primeira faixa salarial, que variou entre R$ 3.685 para alguns e até R$ 7 mil , para a área de Segurança Pública, que engloba SSP, Corpo de Bombeiros, Casa Militar, Polícias Civil e Militar e Superintendência Geral de Administração Penitenciária.

Governo anterior prometeu quitar folhas em atraso

Antes de perder o posto como governador de Goiás, Zé Eliton (PSDB), afirmou que pagaria os salários de dezembro dos servidores do estado, após o então candidato ao governo, Ronaldo Caiado (DEM), dizer, durante entrevista coletiva, que tentava resolver suposto calote de Zé Eliton no funcionalismo público.

Imagens: bxblue 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Caiado cria comitê com ações de emergência para o Entorno do DF

Comitê foi apresentado pela primeira-Dama, Gracinha Caiado, na última quarta-feira (24/4).

Por Ton Paulo
25/04/2019, 08h51

governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), determinou recentemente a implantação de um comitê que deverá apresentar propostas de ações de emergência e projetos para os municípios goianos do Entorno do Distrito Federal (DF). O órgão vai reunir oito secretarias do Estado, entre elas a pasta da Saúde, Educação, Indústria e a Goinfra.

A apresentação do comitê foi feita pela primeira-dama Gracinha Caiado durante reunião semanal do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), na última quarta-feira (24/04). O comitê terá o prazo de 60 dias para apresentar as propostas e projetos, e será formado pelas secretarias de Saúde, de Educação, da Segurança Pública, do Desenvolvimento Social, de Desenvolvimento e Inovação, além da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), da Saneago e da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços. Também podem participar os gestores de municípios que apresentarem interesse em integrar o grupo da Ride.

A criação do comitê ocorre logo após o governador articular a criação do Conselho Administrativo da Rede Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride), anunciada pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

A coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais lembrou que o governo do Distrito Federal apóia a criação de uma Região Metropolitana do Entorno, proposta que tramita no Congresso Nacional. Segundo ela, esse projeto de lei eximiria o Distrito Federal e Minas Gerais de realizarem investimentos na região.

Após articulação, Caiado teve êxito na criação de conselho para desenvolvimento do Entorno do DF

Após intensa articulação de Ronaldo Caiado, o governador saiu vitorioso na questão dos municípios do Entorno do DF. O governo federal decretou o fim da Região Metropolitana do Entorno e acolheu o pleito do governador goiano pela estruturação da Ride (Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno). A decisão foi confirmada no início da semana, após uma reunião onde participaram o governador de Goiás, o vice-governador de Brasília, um representante do governo de Minas Gerais e os ministros Onyx Lorenzzoni, General Augusto Heleno (GSI) e General Santos Cruz (Secretaria de Governo).

Ao final da reunião, o ministro Onyx Lorenzzoni informou que nos próximos dez dias será editado um decreto que irá reestruturar o Conselho de Administração da Ride, que será o ponto de partida para um estudo com os prefeitos dos municípios do Entorno de Brasília, juntamente com os governos de Goiás, de Brasília e de Minas Gerais, para determinação das prioridades.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.