Goiás

Recuperação do Rio Araguaia acontecerá em 3 etapas, diz Caiado

O programa será lançado oficialmente no dia 5/6, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, na ponte que liga as cidades de Barra do Garças e Aragarças.

Por Ton Paulo
14/05/2019, 15h28

Através de um convênio com os governos Federal e do Estado do Mato Grosso, o governo de Goiás anunciou um plano ambiental para a recuperação do Rio Araguaia. De acordo com o governador Ronaldo Caiado (DEM), a revitalização da Bacia Hidrográfica do rio se dará em três etapas distintas, e deve começar no mês de junho.

Em reunião do governador Caiado com o presidente Jair Bolsonaro  hoje (14/5) no Palácio do Planalto, o chefe do Executivo Federal confirmou sua presença no lançamento do programa, que foi batizado de Projeto Juntos Pelo Araguaia.

O programa será lançado oficialmente no dia 5/6, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, na ponte que liga as cidades de Barra do Garças, no Mato Grosso, e Aragarças, Goiás.

A ação foi idealizada pelo Governo de Goiás e vai revitalizar a Bacia Hidrográfica do Rio Araguaia, por meio de convênio com os governos Federal e do Mato Grosso. A confirmação da ida do presidente foi dada pelo próprio Bolsonaro durante reunião do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, nesta terça-feira (14/5), no Palácio do Planalto.

“Veremos o Rio Araguaia respirar novamente”, diz Caiado

O governador, por hora, não quis adiantar maiores detalhes sobre o programa de recuperação do Rio Araguaia, mas garantiu que a recuperação se dará em três etapas. A primeira serão as nascentes.

Logo após a reunião com o presidente Bolsonaro, o governador Ronaldo Caiado se reuniu com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e com a secretária do Meio Ambiente, Andrea Vulcanis. “O Rio Araguaia pedindo socorro e coube ao destino conspirar a favor de sua revitalização. Caiado e Mauro Mendes (governador do Mato Grosso), anapolinos, do mesmo partido, juntos com o presidente Bolsonaro, que assumiu o comando dessa operação. Daqui a alguns anos veremos o Rio Araguaia respirar novamente“, disse Caiado, após a reunião no Ministério do Meio Ambiente.

De acordo com a assessoria do governador, nos próximos dias a Secretaria Estadual de Meio Ambiente irá detalhar o plano.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Placar no STJ já tem votos suficientes para dar liberdade a Temer

Como só votarão quatro ministros, se houver empate, prevalece o resultado a favor do réu, ou seja, Temer deverá sair da prisão.
14/05/2019, 15h29

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), acompanhou o relator e votou na tarde desta terça-feira, 14, para derrubar a prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer (MDB) e substituí-la por medidas cautelares, como a proibição de manter contato com outros investigados, de mudar de endereço ou ausentar-se do País, além de entregar o passaporte e ter os bens bloqueados. Dessa forma, Temer já tem votos suficientes para ser colocado em liberdade – ainda faltam votar outros dois ministros.

“A despeito da demonstração da gravidade (dos fatos apurados), da existência de indícios de autoria, não há nenhuma razão concreta para se impor a medida cautelar mais grave, de modo a justificar esta prisão cautelar”, disse Laurita Vaz.

O colegiado que julga Temer é composto pelos ministros Nefi Cordeiro (presidente da Sexta Turma), Antônio Saldanha (relator do caso), Rogério Schietti, Laurita Vaz e Sebastião Reis Júnior – este se declarou impedido de julgar o pedido de liberdade do emedebista. Como só votarão quatro ministros, se houver empate, prevalece o resultado a favor do réu, ou seja, Temer deverá sair da prisão.

Temer já obteve dois votos pelo fim da sua prisão preventiva, o que já é suficiente para colocá-lo em liberdade. Mesmo que os outros dois ministros que ainda não votaram (Nefi Cordeiro e Rogério Schietti) se posicionem em sentido contrário, o empate favorece o emedebista.

“O Brasil precisa ser passado a limpo e o Poder Judiciário possui importante papel nessa luta. Entretanto, essa luta não pode virar caça às bruxas, com tochas na mão, buscando culpados sem preocupação com princípios”, disse Laurita.

“É dever do poder Judiciário garantir em todos os casos e para todos os acusados o devido processo legal. Todos os cidadãos, sem exceção, sem privilégio, tem a favor de si a presunção de inocência. Responder o processo em liberdade é a regra, a exceção é a prisão preventiva”, frisou a ministra.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Homem que vendia drogas em porta de escola de Goiânia é preso

O homem trabalhava em outro lugar quando não estava vendendo drogas, e foi preso no local.

Por Ton Paulo
14/05/2019, 16h12

Uma denúncia obtida pela Polícia Militar (PM) possibilitou, na manhã desta quarta-feira (14/5), a prisão de um traficante que vendia drogas para estudantes na porta de uma escola de Goiânia, localizada no Setor Centro Oeste. O homem trabalhava em outro lugar quando não estava vendendo drogas, e foi preso no local.

Conforme informações da PM, a denúncia de que um homem vendia drogas na porta da Escola Estadual Damiana da Cunha, que fica no Setor Centro Oeste, chegou à corporação através do Disk Denúncia Escolar – que pode ser acessado pelo telefone 62 9 9628-9527. Atendendo à denúncia, uma equipe policial se deslocou até o ponto informado, em frente à escola.

Chegando lá, os policiais receberam a confirmação do teor da denúncia por alunos e pelo diretor da escola, mas não conseguiram a identidade do traficante. Entretanto, uma nova denúncia chegou à PM – também através do Disk Denúncia Escolar -, apontando Luís Miguel de Lima Oliveira, de 20 anos, como o traficante que vendia as drogas para os estudantes.

Ainda segundo informações da PM, as drogas eram vendidas na porta da escola nos horários em que os alunos chegavam e deixavam a instituição.

Traficante que vendia drogas na porta de escola de Goiânia foi preso no trabalho

O denunciante que acionou o Disk Denúncia Escolar apontou o local em que o suspeito de tráfico trabalhava. Os policiais deslocaram ao local, que fica no Setor dos Funcionários, e fizeram a abordagem do suspeito. No momento da entrevista, Luís Miguel confirmou vender drogas, e que a droga que comercializava estava em sua residência.

Quando a busca foi feita, a equipe policial encontrou cerca de 10 tabletes de uma substância semelhante à maconha e uma quantia de 1.320 reais em espécie, além de uma balança de precisão.

Diante dos fatos, o homem foi encaminhado à CGF para as providências cabíveis.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Homem é morto a tiros na porta de casa, em Caldas Novas

Suspeito foi identificado mas não chegou a ser preso e segue foragido da polícia.
14/05/2019, 16h19

Um homem identificado como Sebastião Vieira da Silva, de 54 anos, mais conhecido pelo apelido (Tião Boca Murcha), foi morto a tiros na porta de sua residência no bairro Estância Itaguí III, em Caldas Novas, na noite da última segunda-feira (13/5).

O delegado plantonista Wllisses Valentim registrou a ocorrência e deu mais detalhes ao Dia Online. “Nós levantamos que Sebastião foi morto devido a uma dívida de drogas, pois a vítima era usuária”, conta o delegado.

Conforme Wllisses Valentim Sebastião foi morto com três tiros, entretanto apenas a perícia e o laudo cadavérico vão determinar o modelo e o calibre da arma usada no crime. “Ele foi alvejado com três tiros na porta de sua residência. Levantamos também que quando Sebastião era mais novo, ele foi preso por tráfico de drogas”, relata o delegado.

O delegado afirmou que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU) esteve no local, mas infelizmente constatou o óbito de Sebastião no local. Conforme Wllisses Valentim afirmou que o suspeito do homicídio foi identificado, mas ainda não foi preso e segue foragido.

Em outros caso, um homem foi morto a tiros no meio da rua em Caldas Novas

No dia primeiro de maio de 2019, Thiago Raider Alves, de 18, foi morto a tiros na frente de dois amigos na rua 6, no Setor Estância Itaguaí III, em Caldas Novas. Na ocasião o delegado que esteve na cena do crime também foi Wllisses Valentim, que afirmou à reportagem na época, que os suspeitos passaram em um carro e atiraram contra a vítima.

“Nós acreditamos que possa ser uma execução, pois os suspeitos passaram em um carro e atiraram apenas contra Thiago que estava na companhia de dois amigos no momento do crime”, conta o delegado.

Thiago tinha passagens por receptação, furto qualificado e posse de drogas para consumo. O caso é investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Caldas Novas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Greve dos motoristas da Metrobus é suspensa até dia 21, em Goiânia

Assembleia geral para aprovar ou rejeitar a contraproposta da empresa foi marcada para o próximo domingo (19/5).
14/05/2019, 16h27

Após uma reunião de conciliação nesta terça-feira (14/5) no Tribunal Regional do Trabalho da 18ª região (TRT 18), os motoristas da Metrobus, responsável pela gestão do Eixo Anhanguera,  suspenderam a greve da categoria até a próxima terça-feira (21/5), em Goiânia.

Inicialmente a paralisação estava programada para ocorrer na última segunda-feira (13/5), entretanto uma reunião entre os representantes dos motoristas com diretores da empresa, fizeram com que a paralisação fosse suspensa devido a audiência de conciliação que ocorreu na data de hoje.

Os motoristas cobram o pagamento integral do ticket alimentação que havia sido cortado pela metade há alguns dias, o fim do corte do anuênio de 3% dos salários, além de um reajuste salarial. Após as exigências dos motoristas, a empresa apresentou na audiência de conciliação desta terça-feira uma contraproposta a categoria.

A proposta da Metrobus inclui um reajuste de 2% do salário dos funcionários, o aumento de R$ 827 no ticket alimentação, a permanência do anuênio de 3% nos vencimentos dos servidores da empresa e o pagamento da cesta básica natalina de forma integral aos servidores.

Assembleia dos motoristas da Metrobus para aprovar ou rejeitar a proposta ocorre no próximo domingo (19)

Após a audiência de conciliação, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes (Sindittransporte) marcou uma assembleia geral para discutir a proposta da empresa para às 9h do próximo domingo (19), na Associação dos Servidores da Metrobus (Asbus).

Conforme a assessoria do sindicato a proposta vai ser discutida para aprovação ou rejeição da categoria. Caso a contraproposta não seja acatada pelos motoristas, a greve vai ter início a partir das 00h de terça-feira (21/5).

A assessoria do sindicato afirmou que este foi um pedido do juiz responsável pela audiência de conciliação, pois como o tribunal só vai ser informado do resultado da assembleia na segunda pela manhã, é possível que nesse caso uma nova audiência seja marcada para tarde do dia 20 de maio.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.