07/nov/2018

Johnny Depp: os 20 melhores filmes

Cercado de polêmica, JOHNNY DEPP assume o papel de vilão principal da franquia ´Animais Fantásticos´como o bruxo Gellerd Grindelwald. A trama se passa 60 anos antes dos acontecimentos do primeiro filme do Harry Potter, ´A Pedra Filosofal´, e nos leva de volta ao mundo místico criado pela britânica J. K Rowling, que também é responsável pelos roteiros dos novos longas.

Depp sempre foi um rebelde em Hollywood. Criou a imagem do playboy indiferente que nunca quis abraçar a fama. Figuras como Marlon Brando e Hunter S. Thompson compartilhavam do mesmo pensamento, e eram amigos pessoais e mentores de sua carreira.

Johnny Depp: os 20 melhores filmes
Johnny Depp como o vilão Gellert Grindelwald em ´Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald´

A questão é que Depp está com 55 anos e o comportamento de rebelde sem causa não possui o mesmo impacto de anos atrás. Os tempos mudaram, Hollywood está ingressa numa forte caminhada de regeneração, e as polêmicas em torno de uma possível violência doméstica contra a ex-mulher Amber Heard é cercado por uma nuvem cinza de incertezas. Heard o acusou, mas recuou aceitando o dinheiro milionário do divórcio e não quis fazer o exame de corpo e delito. Depp nega a violência e recebeu apoio publicamente das ex-mulheres. Soma-se a isso os processos judiciais contra advogados e empresários que são acusados pelo ator de terem usado indevidamente o seu dinheiro.

Os tempos não são bons para o eterno Capitão Jack Sparrow, mas diferente de outros casos onde acusações – comumente de assédio sexual, o que não se aplica aqui – levaram atores a serem completamente rejeitados de Hollywood, porém, o caso de Depp segue, sim, um caminho tortuoso mas sem a radicalidade exercida em outras carreiras.

Como o vilão principal dos novos filmes do universo de Harry Potter, Depp busca reajustar a carreira e resgatar os tempos de paz quando era sensação em Hollywood e protagonista de sucessos como ´Piratas do Caribe´, ´A Fantástica Fábrica de Chocolate´e ´Alice no País das Maravilhas´.

Com uma carreira repleta de obras independentes e sucessos comerciais, escolhi 20 filmes de sua carreira que foram marcantes para mim. Obras com um Depp dedicado, inventivo, cheio de estilo e presença cênica.

OBS: A lista está em ordem de preferência pessoal.

20. ERA UMA VEZ NO MÉXICO (2003)

era uma vez no méxico.jpg

Eu me divirto sempre com “Era Uma Vez no México”. Particularmente, é o melhor exemplar dos filmes da Trilogia Mariachi feita por Robert Rodriguez. E Depp faz um tipo de ação ótimo. E quando fica cego então… O exagero de Rodriguez cai com perfeição e diverte pra caramba.

19. ASSASSINATO NO EXPRESSO DO ORIENTE (2017)

assassinato no expresso do oriente

“Assassinato no Expresso do Oriente” é um filmaço, mas só não está mais pra frente na lista porque Johnny Depp não é o protagonista. Ele aparece pouco, mas está excelente como o gângster da história. É um daqueles filmes que brinca com o público sobre quem é o assassino. Dirigido e estrelado pelo ótimo Kenneth Branagh e com um elenco estelar de Hollywood. 

18. CRY BABY (1990)

cry baby.jpg

“Cry Baby” é o “Grease” dos anos oitenta. Não chega a ser um musical como o clássico filme de Travolta, mas tem seus momentos do gênero. E, claro, o estilo da década de 50 com os jovens e suas jaquetas de couro e cabelos cheios de gel. Depp estava novinho e ótimo na pele de um “eu quero ser James Dean. Algo que a juventude da época se inspirava. A cena em que Depp dubla e dança na prisão ao som de “Doin’ Time for Bein’ Young” é inesquecível!

17. A JANELA SECRETA (2004)

a janela secreta

Suspense baseado em conto de Stephen King, “A Janela Secreta” pode até parecer óbvio demais, mas é conduzido com destreza pelo diretor David Koepp. Não é a mais marcante adaptação de uma obra de King, mas a trama explora com afinco a imensa solidão e angustia do protagonista. E gosto, especialmente, de Depp neste filme. O ator trás sutileza a um personagem difícil, que poderia ser cansativo e chato de acompanhar. Depp está bem à vontade e enriquece mais ainda o filme com sua presença marcante. 

16. MEDO E DELÍRIO EM LAS VEGAS (1998)

louca despedida em las vegas

“Medo e Delírio em Las Vegas” é um filme surtado de todas as maneiras. Dirigido pelo sempre excêntrico Terry Gilliam, o longa adapta o clássico livro do jornalista gonzo Hunter S. Thompson, que relata sua vida sob o efeito de drogas e bebidas quando viajou à Las Vegas para trabalhar. Depp está em um de seus mais diferentes personagens. O ator anda, fala e gesticula com trejeitos forçados que ressaltam os efeitos das drogas, e apresenta um Hunter Thompson bastante elogiado pelo próprio Hunter Thompson. Vale a viagem!

15. DEAD MAN (1995)

dead man

Faroeste dirigido por Jim Jarmusch falta ritmo, mas é um filme belo e envolvente. Trabalha com temas clássico do faroeste de maneira introspectiva, e Johnny faz o tipo sem jeito com maestria. Mas o melhor? A trilha sonora feita por Neil Young. Que guitarra maravilhosa!

14. A LENDA DO CAVALEIRO SEM CABEÇA (1999)

a lenda do cavaleiro sem cabeça

Esta aí um filme onde o estilo visual de Burton e o carisma e excentricidade de Depp combinam perfeitamente. Uma fantasia gótica sombria que diverte horrores e vale cada momento.

13. A NOIVA CADÁVER (2005)

a noiva cadaver

Para quem não sabe, Tim Burton já trabalhou, antes da fama, no departamento de animação da Disney. E “A Noiva Cadáver” é o seu primeiro projeto como diretor no formato. O primeiro, na realidade, foi “O Estranho Mundo de Jack” que Burton idealizou e produziu, mas não dirigiu. Já aqui ele está em total controle e usa todo seu estilo gótico e sombrio com excelência em uma deliciosa aventura sobrenatural. Depp faz a voz do protagonista.

12. BENNY E JOON – CORAÇÕES EM CONFLITO (1993)

benny e joon

“Benny e Joon” é uma comédia romântica agridoce de sucesso com um Johnny Depp impossível de não gostar. Seu personagem é Sam, alguém que aparece inesperadamente na vida de Joon – que mora com seu irmão Benny e sofre de esquizofrenia -, e aos poucos conquista a moça com seu humor caricatural e cheio de referências a Buster Keaton, Chaplin e por aí vai. Um filme singelo, simples, delicado e inesquecível. 

11. ALIANÇA DO CRIME (2015)

aliança do crime

Não existe muita ação em “Aliança do Crime”, mas isto pouco importa. Temos aqui um filme de máfia sujo, violento e que adentra com afinco no mundo de John “Whitey” Bulger – que foi um dos nomes mais poderosos da máfia em Boston. Johnny Depp está irreconhecível sob uma forte maquiagem, e passa medo na pele de Bulger. A voz e a postura imprevisível complementam o personagem. É um filme que não trás nada de original ao gênero, mas prende a nossa atenção do começo ao fim. Tenso e angustiante!

10. GILBERT GRAPE – APRENDIZ DE SONHADOR (1994)

gilbert grape

Um dos dramas mais queridos da carreira de Johnny Depp e um novinho Leonardo DiCaprio – que, aliás, recebeu sua primeira indicação ao Oscar de Ator Coadjuvante -, “Gilbert Grape” é um drama profundo, e sutil, sobre diversas ocasionalidades da vida. Família, amor, companheirismo, união… Assuntos abordados com sensibilidade, e sem artificialidade pelo diretor Lasse Hallström. Depp está ótimo como o irmão mais velho da casa. 

09. EM BUSCA DA TERRA DO NUNCA (2004)

em busca da terra do nunca

História real de J. M. Barrie, criador do Peter Pan, o filme acompanha suas inspirações e processo criativo para formular uma das histórias mais inesquecíveis do planeta. Johnny Depp recebeu sua segunda indicação ao Oscar de Melhor Ator e estrela um de seus trabalhos mais emocionantes. Choro na certa! 

08. INIMIGOS PÚBLICOS (2009)

inimigos publicos

Dirigido pelo fenomenal Michael Mann, “Inimigos Públicos” conta a história de John Dillinger, que chegou a ser o assaltante de bancos mais procurado dos EUA. Apesar das ótimas cenas de ação, o que mais interessa no filme é acompanhar este homem ao mesmo tempo odiado pela polícia, mas aclamado pelo povo. Perseguido pelo agente do FBI Melvin Purvis – interpretado por Christian Bale -, “Inimigos Públicos” é um exímio thriller policial com elenco excelente e condução magistral de Mann. 

07. DONNIE BRASCO (1997)

Donnie Brasco (1996) Directed by Mike Newell Shown: Al Pacino, Johnny Depp

Johnny Depp e Al Pacino juntos! Como dar errado? “Donnie Drasco” é outro filme de máfia estrelado por Depp e também baseado em uma história real. Depp interpreta o policial Joe Pistone (Depp), que sob o pseudônimo de Donnie Brasco vira amigo de um dos mafiosos mais antigos e conhecidos da região, Benjamin Ruggiero (Pacino). A amizade entre os dois cresce e coloca em risco tanto a vida pessoal de Pistone quanto a missão de desmantelar o grupo de criminosos. Filmaço!

06. PROFISSÃO DE RISCO (2001)

profissao de risco

O diretor Ted Demme ao mesmo tempo em que narra com ritmo, dinamismo e fluidez a história real de George Jung – que foi comerciante de drogas e se tornou o maior importador mundial de cocaína do cartel colombiano -, cria momentos emocionantes que se aprofundam nas consequências na vida pessoal de Jung – o relacionamento com seus pais, sua esposa e filha. Momentos que valorizam mais ainda o filme. Johnny Depp está impecável. 

05. A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE (2005)

willy wonka

As pessoas gostam de criar confusão entre as duas versões de “A Fantástica Fábrica de Chocolate”. Particularmente, nunca fui fã da primeira adaptação com Gene Wilder no papel, apesar de ter suas qualidades – a música “Pure Imagination” é magistral! No entanto, gosto muito mais desta versão de Tim Burton. Já assisti inúmeras vezes e não me canso. Muito mais fiel ao livro de Road Dahl, o humor negro e cheio de ironia presente no longa combinam maravilhosamente bem com todas as estranhezas dos personagens e deste universo criado por Dahl. Johnny Depp de Willy Wonka é hilário, e o cinismo tão latente em sua performance é mais próximo da versão literária.

04. FRANQUIA PIRATAS DO CARIBE (2003, 2006, 2007, 2011, 2017)

jack sparrow

Eu sei que a franquia tem seus altos e baixos, mas quem me conhece – ou me acompanha pela internet – sabe que sou fã incondicional de “Piratas do Caribe”. Todos os filmes tem lugar cativo no coração. Por isso fiz um combo com todos juntos. “Piratas” é uma imersão alegórica à um mundo de fantasia singular. Com elementos de várias mitologias misturados, a franquia é diversão garantida, possui cenas de ação memoráveis e foi onde se concebeu Capitão Jack Sparrow, simplesmente, O MEU PERSONAGEM FAVORITO DE JOHNNY DEPP!

03. ED WOOD (2007)

Ed Wood

Mais uma parceria entre Tim Burton e Johnny Depp neste filmaço que conta a história daquele que foi considerado o pior diretor de cinema de Hollywood: Ed Wood! O longa consiste no período em que ele lutou bastante para produzir e dirigir sua pior obra-prima “Plano 9 do Espaço Sideral”. Johnny Depp esbanja simpatia, mergulha de cabeça nas excentricidades de Wood e entrega uma das melhores performances de sua carreira. Feito em preto e branco, Burton acerta mais uma!

02. SWEENEY TODD – O BARBEIRO DEMONÍACO DA RUA FLEET (2007)

sweeney todd.jpeg

Sou apaixonado por filmes musicais, e “Sweeney Todd”, desde que assisti no cinema em 2007, tornou-se um dos exemplares do gênero que revejo com mais frequência. Adaptado da peça da Broadway composta pelo gênio Stephen Sondheim, o filme nos mergulha em uma Inglaterra vitoriana sombria para contar uma macabra história de vingança. O visual de Burton se encaixa como luva à temática da obra e o elenco é maravilhoso. Todo ele. Sem dúvida é uma obra-prima do gênero musical. 

01. EDWARD MÃOS DE TESOURA (1990)

edward maos de tesoura.jpg

Primeira parceria entre Tim Burton e Johnny Depp é um conto de fadas moderno que esbanja toda a criatividade visual de Burton, trás um dos personagens mais inesquecíveis de Depp e é um filme emocionante. Um desses trabalhos que consagra uma carreira e nos conquista eternamente. 


´Animais Fantásticos e os Crimes de Grindelwald´estreia dia 15 de novembro. Veja o trailer: